Pesquise Modelo de Projeto Social

27 abril 2022

Escritor Poeta | A Rua dos Cataventos - Mário Quintana

Mário Quintana poeta das coisas simples, irônico, jornalista e tradutor, nasceu em Porto alegre em 30 de julho de 1906. Seu primeiro livro de poesias, A Rua dos Cataventos, foi lançado em 1940, tendo início ai sua carreira de poeta. 


Publico aqui o poema "A Rua dos Cataventos", pois me lembra Conservatória, aqui em Valença - RJ, aonde fiz essa foto.


A Rua dos Cataventos 
Da vez primeira em que me assassinaram,
Perdi um jeito de sorrir que eu tinha.
Depois, a cada vez que me mataram,
Foram levando qualquer coisa minha.
Hoje, dos meu cadáveres eu sou
O mais desnudo, o que não tem mais nada.
Arde um toco de Vela amarelada, Como único bem que me ficou.
Vinde! Corvos, chacais, ladrões de estrada!
Pois dessa mão avaramente adunca
Não haverão de arrancar a luz sagrada!
Aves da noite! Asas do horror! Voejai!
Que a luz trêmula e triste como um ai,
A luz de um morto não se apaga nunca!

Obra poética
  • A Rua dos Cataventos - Porto Alegre, Editora do Globo, 1940
  • Canções - Porto Alegre, Editora do Globo, 1946
  • Sapato florido - Porto Alegre, Editora do Globo, 1948
  • O aprendiz de feiticeiro - Porto Alegre, Editora Fronteira, 1950
  • Espelho mágico - Porto Alegre, Editora do Globo, 1951
  • Inéditos e esparsos - Alegrete, Cadernos do Extremo Sul, 1953
  • Poesias - Porto Alegre, Editora do Globo, 1962
  • Caderno H - Porto Alegre, Editora do Globo, 1973
  • Apontamentos de história sobrenatural - Porto Alegre, Editora do Globo / Instituto Estadual do Livro, 1976
  • Quintanares- Porto Alegre, Editora do Globo, 1976
  • A vaca e o hipogrifo - Porto Alegre, Garatuja, 1977
  • Esconderijos do tempo - Porto Alegre, L&PM, 1980
  • Baú de espantos - Porto Alegre - Editora do Globo, 1986
  • Preparativos de viagem - Rio de Janeiro - Editora Globo, 1987
  • Da preguiça como método de trabalho - Rio de Janeiro, Editora Globo, 1987
  • Porta giratória - São Paulo, Editora Globo, 1988
  • A cor do invisível - São Paulo, Editora Globo, 1989
  • Velório sem defunto - Porto Alegre, Mercado Aberto, 1990
  • Água - Porto Alegre, Artes e Ofícios, 2001

26 abril 2022

Projeto "De Conversa em conversa"

Projeto "De Conversa em conversa."
http://www.casaleapentagna.org.br/programacao.html
Celebrando os talentos da cultura em Valença.

Vejam os vídeos no nosso canal do Youtube
Valença Youtube: Fundação Lea Pentagna oficial
https://www.youtube.com/channel/UCl789qxKtT6t4AhaeQTmrvQ


Vídeos: Março de 2021
1- Presidente Gilberto Monteiro e Dilma Dantas - Diretora de Eventos.

2- Artistas Visuais: Zirley Ávila, Antonio Toledo e Sílvio Fernandes.

3- Artesanato: Sônia Macedo, Creuza Cunha e Regina Cotrim.
 

Vídeos: Abril de 2021
4- Música: José Maria Ferr e Marcos Valério de Souza
 

Vídeos: Maio de 2021
5- Dança: Clébio Santos Leite.

6- Artes Visuais: Ubiratan Lima.
 

Vídeos: Junho de 2021
7- Professor Luiz Francisco Moniz Figueira.
 

Vídeos: Julho de 2021
8- Artesanato: Silvia Monteiro Fernandes, Angela Regina e Adelaide Pragana.

9- Teatro: Márcia Valença.
 

Vídeos: Agosto de 2021
10- Música: Marcos Reis e Fernando Corrida Junior (Nando).
 

Outros eventos:
Youtube por Dilma DantasMoreira Mazzeo
Aniversário de Lea Pentagna - 04 de agosto
1- Entrevista na Rádio Alternativa sul F.M.
2- Publicação de mensgem, Jornal Local, 04/08/2021, pelo Presidente Gilberto Wilson Lima Monteiro.
3- Contação de história, por Andrea Alves, Youtube.
 

Durante a pandemia a Fundação Lea Pentagna estará fechada para visitação.
Mais informações:
Rua Vito Pentagna, 213
Valença (Rio de Janeiro)
Tel: 024 2453-4178
E-mail: lea.pentagna@uol.com.br 

25 abril 2022

Artes Plásticas | A Arte Prazerosa de Zaqueu Pedroza

Zaqueu Pedroza, Artista Plástico de Volta Redonda, transcende as cores e as formas com seus traços e respingos, nos mostrando que a arte vai além das fronteiras do normal, se enveredando por mundos desconhecidos, longínquos, mas não menos lindos e prazerosos de se ver.

Zaqueu Pedroza por Zaqueu Pedroza:
Sou artista plástico autodidata e fotografo. Tenho formação em enfermagem técnica e trabalhei durante 19 anos em são Paulo. Saindo de volta redonda deixei muitas coisas que gostava de fazer dança, teatro, cenografia e moda.

Mas não durou muito tempo e comecei a fazer parte de grupos de arte em sampa. Minha primeira exposição me deu uma alavancada nas artes plásticas e oportunidades de conhecer artistas em muitas áreas. Aprendi muito e pesquisei muito. Por oportuno do destino precisei voltar para volta redonda. Hoje não trabalho mais com enfermagem, 19 anos já deu.
Atuo somente com artes e gosto muito do que faço.

Como não acredito em seres ecléticos, existe muita coisa que não gosto, fora gastronomia, gosto de tudo, pelo menos o que já provei.

Gosto de fazer amigos e ser amigo na hora certa, coisa que a gente não sabe qual é a hora certa.
Me perguntaram certa vez que tipo de música eu gostava - gosto de boa música, resposta errada. Tem pessoas que acham que funk é uma boa música. Nada contra. Penso que as pessoas têm liberdade de fazer ou gostar de qualquer coisa, não entro em discussões. Não tenho uma opinião formada sobre tudo nem tenho pretensão a isso.

E como todo ser humano sou sensível.

Acredito em Deus como iluminação para nossas frustrações.

Gosto de filosofia.

Gosto de um bom bar com pessoas de boa índole e carisma.

Confiante numa frase que - fala demais quem não tem nada a dizer - para o momento é isso.




24 abril 2022

Mario Sérgio T- shirt Foto Literária

Bom dia!

Um grande homem que tem ajudado demais, desde o principio, ao Projeto Valença Troca livros. Pessoa de caráter, um ser humano fantástico e um grande escritor. Mario Sérgio T- shirt Foto Literária https://www.facebook.com/marioepalavras,  micro empresário. Você não precisa ter rios de dinheiro para ajudar alguém, basta apenas ter amor dentro de si. 

Ele não gosta de aparecer, mas publiquei assim mesmo.

#leitura #literatura #livros #escritor #incentivoaleitura #biblioteca #frases #modelodeprojetosocial #Arte #Artesanato #Artesão #Meioambiente #cidadania #ONGs #marketingdigital





22 abril 2022

Conservatória Valença RJ | Museu Vicente Celestino



Passando por Conservatória, não deixe de visitar o Museu Vicente Celestino, obra mantida pelo abnegado voluntário, Wolney Porto.

O Museu Vicente Celestino fica situado no centro da cidade de Conservatória, distrito de Valença, RJ, rua Pedro Gomes, nº 50.

Inaugurado no dia 13 de março de 1999, em parceria com a Prefeitura de Valença e a Secretaria de Turismo e Cultura, o museu Vicente Celestino conta com um vasto material pessoal de Vicente Celestino e sua esposa Gilda de Abreu. Conta também com a discografia do artista, figurino de filmes e roupas de casamento. Há também uma Galeria dos Imortais, com acervo de outros artistas, e uma sala de pesquisa da MPB, com mais de 2000 fotos, títulos, recortes de jornais e revistas.

O amor perdido cantado com dor, sentimento que brota em todos que amam cegamente, todos os dias, transformando esse imenso sentimento em belas canções.


Com certeza o tempo passou por aqui, mas de certo, nunca conseguira tirar de nós o melhor do nosso passado.


A Diva cantou e nos deixou mais que uma canção, deixou um passado de beleza, luz e muita musica, para que possamos sempre nos lembrar dos melhores momentos de nossas vidas.


Religiosidade, crença, arte, lembranças, juntas, fazendo nos acreditar em uma força superior, que nos faz amar cada vez mais nossos semelhantes e tudo o que é belo.


As luzes se apagaram, mas a memória continua acessa. É tudo lembrança, guardada com todo cuidado, para que jamais sejam esquecidas.


21 abril 2022

Projeto Mais um Ponto de Cultura

Dessa vez foi o Cambota a receber mais um ponto de cultura. 

Foi inaugurado o Ponto de Cultura do Cambota, um projeto que pretende atender crianças daquela região, levando cultura e cidadania para um futuro melhor.



20 abril 2022

Conservatória Amor e Fé

Amor e fé andam juntos em Conservatória.

Quem não se lembra da Igreja da Matriz. A fé e o amor também passam por aqui.


Túnel que Chora

Quem chega por ele trás o amor, quem se vai por ele leva a saudade.


Conservatória Cidade da Seresta - Valença - RJ
Quem ama Conservatória compartilha!

18 abril 2022

Todas as Frases | 14 Frases 05

Frases de Victor S. Gomez

1- Nunca esqueça que tudo pode mudar a qualquer momento para melhor, basta apenas que mudemos nossa forma de pensar e de nos comportar.

2- Todo dia é um bem que recebemos, devemos utilizá-lo da melhor maneira possível, distribuindo mais amor, compartilhando nosso conhecimento, espalhando cidadania para todos.

3- Eu não quero ser o melhor, eu não quero saber tudo, eu só quero poder ajudar, eu só quero compartilhar o que eu sei. Se isso é bom ou não, Deus é quem podem dizer.

4- Mostrar informações sobre o meio ambiente, com qualidade e comprometimento, é essencial para a melhoria da qualidade de vida.

Autor desconhecido

5- O tamanho do espaço que ocupamos no mundo deve ser do tamanho do amor que compartilhamos, do tamanho do bem que queremos para todos.

6- Eu não quero ser o melhor, eu quero que todos sejam iguais.

7- Se você errou, tenha a grandeza de reconhecer seu erro. Essa atitude faz com que você cresça e acrescenta coisas boas a sua vida.

8- As transformações ocorrem quando você se equilibra emocionalmente, quando você toma consciência de que as mudanças só acontecerão com a mudança do seu pensamento e do seu comportamento, e quando você assume uma postura correta diante da vida.

9- A autocrítica é fundamental para o crescimento intelectual e espiritual do ser humano. Refletir sobre nossos erros e acertos é o caminho mais curto para o crescimento pessoal.

10- Amo o que faço, mesmo sem reconhecimento continuo gostando cada vez mais, eu sou assim, feliz por ter um espírito voluntário.

11- O escritor se perpetua naquilo que escreve. Bom ou mau, o que ele escreve é o seu legado para o futuro. Espero escrever sempre o melhor possível. Sempre incentivando e fazendo com que mais pessoas se interessem pela leitura.

12- O que espero da vida? Ser feliz, poder trabalhar, ajudar mais.

13- Ainda me falta muita coisa, então busco aprender o máximo possível. Procuro sempre aproveitar tudo o que as outras pessoas apresentam, pois acredito que todos têm condições de compartilhar coisas boas que nos ajudem a crescer mais.

14- Coragem é tomar atitudes inteligentes que protejam você ou outras pessoas. Qualquer coisa depois disso que possa prejudicar você mesmo ou alguém, é loucura. Isso é o que penso, mas nem todos concordam.

17 abril 2022

Todas as Frases | 23 Frases 04

23 Frases 04

 Frases de Victor S. Gomez

1- Siga sempre o caminho da leitura, ele abre portas, janelas e muito mais.

2�- Quando não gostamos de algo, temos que trabalhar para mudarmos o que está ruim. Juntos, somos mais fortes. A divisão só interessa aqueles que nos querem fracos, para nos controlar melhor, ou para aqueles que querem apenas o poder pelo poder.

3- Leio todo dia. Um jornal, uma revista, um livro, na internet. Isso só faz bem.

4- Não acredito em política partidária, nem acredito que ficar falando só dos problemas pode resolver algo

5- O caminho certo é o que faz mais pessoas felizes, e eu fiz muitas pessoas felizes em minha caminhada

5- A mentira nunca prevalece, machuca. Mas um dia a mascara cai e sua verdadeira face é mostrada para todos. Siga sempre o melhor caminho, o caminho da verdade.

6- Quando você tem um objetivo, você deve segui-lo até o fim, principalmente se ele for trazer benefícios para outras pessoas.

7- Sempre pense que você pode conseguir o que quiser, isso vai te dar mais força para o caso de você encontrar alguma pedra pelo caminho, e acredite, você vai encontrar algumas.

8- Não deixe de acreditar nunca naquilo que você pretende fazer, mesmo que digam que é difícil, não desista e siga sempre em frente.

9- Sensibilidade, motivação, esperança, amor, tudo que eu preciso pra ser uma pessoa feliz.

10- Nada fica esquecido para sempre, sempre podemos nos lembrar dos bons momentos, mesmo que tenha passado muito tempo, devemos nos lembrar das coisas boas, principalmente se nos fez bem.

11- Um projeto cultural e ambiental de qualidade deve ser bem consistente e ter participação da comunidade onde será implantado, só assim ele terá sucesso e poderá trazer resultados concretos que efetivamente ajudarão nossos jovens na conquista da sua cidadania.

Sobre a copa:

12- Bom dia à todos!
Tô acordando agora.
Alguém conseguiu anotar a placa?

Sobre a copa:

13- Aplicamos tantas goleadas em nossos irmãos latino-americanos durante tantas décadas, que, com certeza, Deus foi piedoso conosco, e deixou que nossa punição fosse nos dada pelo nosso melhor rival.

Humildade é reconhecer a força de nosso rival, mas nunca desistir de enfrentá-lo.

Sobre a copa:

14- Deus é brasileiro, por isso parou no 7.
Obrigado Senhor!

15- A cultura preservada, mostra nossas origens e nos torna cidadãos.

16- O retorno é maior quando fazemos algo com amor, isso transforma nossa alma, além de nos mostrar que o melhor de tudo é fazer outras pessoas felizes.

17- Tudo tende a dar certo quando você se dedica de corpo e alma naquilo que acredita.

18- Fundar uma instituição é algo sério e de grande valor, um trabalho que dignifica. Nada mais gratificante do que encaminhar e dar opções de escolha para crianças e jovens que frequentam a sua instituição. Ensinar valores, dar dignidade e cidadania para todos.

19- Quando nos dedicamos com afinco ao trabalho voluntario, conquistarmos uma vida melhor para todos.

20- São os professores, educadores e a família, que acrescentam a cidadania em nossas crianças, transformando-as em multiplicadores do bem.

21- Os erros serão sempre erros, mas se a vontade de acertar for maior, eles serão superados.

22- A arte, a cultura e a educação são valores com grande poder de mudança, e eles se expressam através da luta constante de nossos educadores por uma sociedade mais justa. Grandes são aqueles que lutam em prol desses valores, pois seu legado é a transformação dos jovens em cidadãos de primeira classe.

23- A cultura ao alcance de todos. Livro é para ser lido, não é para ficar guardado.

15 abril 2022

Artes Plásticas | Pintor Timóteo Perez Rubio

O pintor Timóteo Perez Rubio que viveu em Valença RJ por cerca de 30 anos e era um grande amigo da família Pentagna, montou, aqui, uma fábrica de tijolos refratáveis que se localizava na Rua Getúlio Vargas com o nome de Keramic.

Timóteo Perez Rubio:
Nascimento: 24 de janeiro de 1896, Oliva de la Frontera, Espanha
Falecimento: 8 de agosto de 1977, Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Cônjuge: Rosa Chacel (de 1921 a 1977)

Pintou inúmeros quadros de retratos da família Pentagna e, em Belo Horizonte, com o patrocínio do Dr. Lúcio Pentagna Guimarães, que forneceu recursos para restauração da Casa Lea Pentagna, também montou exposições.


Foi sepultado no Cemitério do Riachuelo e depois, teve seus restos mortais transladados para a Espanha, na Extremadura.

Atualmente é motivo de estudos na sua terra natal com o grande mérito de ter salvo um imenso patrimônio artístico cultural durante o governo de Franco. O patrimônio foi levado em comboios de caminhões e trens para Suíça e quando arrefeceu a guerra civil espanhola, retornou a Espanha, fazendo parte, hoje, do acervo dos Museus do Prado e Santa Sophia.


No seu Boletim Informativo nº 103, a Casa já fez grande referência a Timóteo Perez Rubio. Aqui ele viveu com o apelido de Timo.

Timo foi casado com a escritora espanhola Rosa Chacel.


O Presidente da Casa Lea Pentagna, Gilberto Monteiro e a Diretora de Eventos, Dilma Dantas Moreira Mazzeo,  já haviam feito contato com a Escola Nacional de Belas Artes com a finalidade de ser levantada a vida de Perez Rubio, no Brasil.

Também um livro – Êxodo Y Exílio del Arte “La Odissea del Museo del Prado durante la Guerra Civil”, de autoria de Arturo Colorado Castellary, foi importado pela direção da Casa Lea Pentagna.

http://muba.badajoz.es/pinturaperezrubio.html

Informações:
Rua Vito Pentagna, 213
Valença (Rio de Janeiro)
Tel: 024 2453-4178
E-mail: lea.pentagna@uol.com.br

Curta a página da Fundação Lea Pentagna
Compartilhe!

Visite nosso site: 
http://www.casaleapentagna.org.br/ — em Valença (Rio de Janeiro).

Artes Plásticas | A Arte de Sonia Madruga

Como tem gente boa na Feira de Hippie de Ipanema, e Sonia Madruga é uma delas. 

Há 40 anos a Feira Hippie, vem mostrando para o mundo a competência e o talento dos artesãos e artistas plásticos brasileiros. 

Artista super premiada, Sonia Madruga trabalha com aquarelas e vem conquistando prêmios com criatividade e beleza. Suas obras primam pela delicadeza, colorido, e sensibilidade; e trazem visões que nos transportam a outros lugares, mostrando que o belo está em todo lugar, é só saber enxergar.



Pinto as aquarelas com água que vem do céu, e com água que brota da terra.

Recolho água de chuva, de nascentes, de regatos - para pintar.
Com isso, aflora em mim um sentimento de sincronia com o momento, e de pertencimento ao lugar onde estou.
Seguir esse princípio, praticar essa silenciosa opção - tanto na coleta, realizada com critério e atenção, da água que emprego, quanto na própria experiência de pintar - implica, para mim, numa dança amorosa com a existência.
Para saber mais sobre minhas atividades, exposições, fortuna crítica, premiações;
ou para aquisição de originais e réplicas;
ou para simplesmente conhecer minhas aquarelas, verificar se gosta delas ou não, por favor, visite meu site.
(Ele contem também fotos e material de imprensa.)

Sonia Madruga

... sonhei que um dia ia pelo mundo pintando...




  • Paris, maio-2009 - Sonia Madruga é laureada pela Société Académique des Arts, Sciences et Lettres" e recebe Medaille D'Argent pelo conjunto de sua obra. (Veja IMPRENSA)
  • Sonia Madruga é "designada para ser uma das laureadas para a nossa próxima Cerimônia Solene de Entrega das mais altas insígnias, no mês de Maio de 2009 em Paris." Société Académique des Arts, Sciences et Lettres. Assina Diva Pavesi, Membre et Deleguée. Para ver a carta completa, por favor, visite a opção Imprensa, neste site.
  • Troféu em Aquarelas no I Salão de Artes Plásticas do Espaço Cultural do Palacete Laguna, Rio de Janeiro. JUN 2008. Apresentando a aquarela Retrato de Fernanda Canaud.
  • Homenagem Especial em Aquarelas no Salão de Artes Plásticas do Forte Copacabana, Rio de Janeiro, em FEV 2008. Apresentando as aquarelas Toque de Estrelas e Passeio Completo IV.
  • Premio Especial em Aquarelas no Salão de Artes Plásticas do Museu Conde de Linhares - Dezembro de 2007. Em 4 anos, a décima medalha de Ouro consecutiva em Aquarelas. Apresentando as aquarelas Flor da Prosperidade e Ave Maria Gratia Plena.
  • OURO e Troféu do Salão de Artes Plásticas do Clube Comary - CBF, Teresópolis. NOV-2007. Apresentando as aquarelas O Profeta, homenagem à Khalil Gibran e Jardins de Lulu.
  • OURO em Aquarelas (Troféu do Salão) e OURO em Arte Contemporânea, no Salão do Museu Militar Conde de Linhares Jun-2006. Apresentando a aquarela Salle Pleyel e pintura em acrílica e tecnica mista, A dança.
  • OURO em Aquarelas (destaque) e OURO em Arte Contemporânea, no Salão de Artes Plásticas ABD do Centro Cultural Theophilo Massad, 1 - Jun-2006. Apresentando em acrílica e técnica mista Evolução da Mangueira! e a aquarela Salle Pleyel.
  • OURO em Aquarelas e OURO em Arte Contemporânea, no Salão de Artes do Clube Comary em Rio das Ostras. 15-Abr-2006. Apresentando Olhares de Fevereiros.
  • OURO (destaque) no V Salão de Artes Plásticas CREA-RJ - 02-Jun-2004. Apresentando as aquarelas Passeio Completo.
  • OURO (destaque) no IV Salão de Artes Plásticas CREA-RJ - 20-Ago-2003. Apresentando aquarelas com o tema Jardins Tropicais.
  • Bronze IX Salão Contemporâneo de Artes Plásticas Academia Brasileira de Belas Artes-RJ 25-Jun-2003
  • Prata II Salão de Artes Plásticas ABD-FCEB, RJ - 12-Jun-2003
  • Prata I Salão de Artes Plásticas CREA-ABD-RJ 26-Mar-2003
  • Prata III Salão de Artes Plásticas Elisabeth Kinga, RJ 10-Dez-2002
  • Menção Honrosa VIII Salão de Verão - Museu Conde de Linhares, RJ 26-Nov-2002
  • Bronze VI Salão de Artes Plásticas Feirense, RJ 25-Out-2002
  • Menção Honrosa, II Salão de Artes Plásticas Primavera na ABI-RJ 10-Set-2002
  • Menção Honrosa I Salão de Artes Plásticas ABD-FCEB, RJ, 20-Ago-2002
  • Rio Transições - Trabalho Selecionado para representar as Oficinas de Criação Artística UERJ - segundo semestre 2002
  • Menção Honrosa, XXI Salão de Artes Plásticas Conora Itatiaia Hotel, 29-Jun-2002

14 abril 2022

Promoção no Projeto Valença Troca Livros

Sábado, dia 16 de abril, começa uma promoção no Projeto Valença Troca Livros.

Quem trocar um livro no Valença Troca Livros, estará concorrendo a uma sacola retornável, como essa da imagem abaixo:

Não perca a oportunidade de divulgar nosso projeto e de colaborar com o meio ambiente.

Ajude a divulgar o Projeto Valença Troca Livros.

A ideia do projeto é incentivar à leitura e conscientizar para que todos conservem os livros e compartilhem o que aprenderam.
Projeto Valença Troca Livros,  doação, amor.
Se você tem algum livro guardado que não queira mais, acumulando poeira, traças, mas em bom estado de conservação. Quer colocá-lo para circular? Então venha trocá-lo no projeto Valença Troca Livros.
A troca é 1x1, a pessoa traz um livro e troca por outro. Tem também retroca. Se você já leu o livro que trocou, pode trazê-lo e trocá-lo por outro.
Os livros que devem ser trazidos para troca podem ser de: Poesia, Romance, Contos, Crônicas, Biografia em bom estado de conservação.
Um projeto do Grupo de Escritores Flor e Poesia
Escritor Victor S. Gomez, Escritora Déia Sineiro e Escritor Mário Sérgio Sigall Estamparia.



#leitura #literatura #livros #escritor #incentivoaleitura #biblioteca #frases #modelodeprojetosocial #Arte #Artesanato #Artesão #Meioambiente #cidadania #ONGs #marketingdigital

Livro Mexendo no Baú - Livro - Sobre nós que falo...

Mexendo no Baú - Jorgenete Pereira Coelho - Livro para Troca.
 

Livro da amiga Jô Coelho disponível para troca no Projeto Valença Troca Livros. Quem se interessar mande e-mail para victorsgomez@gmail.com

#leitura #literatura #livros #escritor #incentivoaleitura #biblioteca #frases #modelodeprojetosocial #Arte #Artesanato #Artesão #Meioambiente #cidadania #ONGs #marketingdigital

________________________________

Livro - Sobre nós que falo... - João Crispim Victorio

João Crispim Victorio é formado em quica e pedagogia, professor das redes públicas e privada de educação. Nasceu na cidade do Rio de Janeiro, no bairro de Campo Grande, em 05 de dezembro de 1964. por suas ruas de terra e praças, brincou, jogou bola, soltou pipas com outros meninos de sua época.


"Angústia

O dia começa
A angústia permanece...

Não há novo alvorecer
Não vejo flores no jardim
Nem pássaros no ninho...

A dor é persistente
Preciso decidir o caminho...

Melhor seria
Tirar o sorriso sem graça dos lábios
Forçado entre os dentes
E partir...

O livro aborda, por meio da poesia, nossa vida cotidiana, o amor, a amizade, a natureza e a espiritualidade. Trata desses assuntos através das dimensões política, social, econômica e romântica. Aborda, também, a esperança utópica e necessária para construção de um país justo, livre dos preconceitos e das discriminações. Por fim, aborda a ousadia que nos movimenta, faz levantar, sacudir a poeira e dar a volta por cima.
Características do Produto

Autor : Victorio,Joao Crispim

Peso : 0.133

I.S.B.N. : 9788541113083

Altura : 21

Largura : 14

Profundidade : 1

Número de Páginas : 100

Idioma : Português

Acabamento : Brochura

Número da edição : 1

Ano da edição : 2017

País de Origem : Brasil

13 abril 2022

O Projeto Valença Troca Livros Continua Trocando Livros

O Projeto Valença Troca Livros Continua Trocando Livros

Não espere nada de ninguém, principalmente se eles não se dedicam a nada.

Não espere que políticos vejam que seu projeto tem algum valor, principalmente se ele for transformador, eles não o aceitarão por medo. Victor S. Gomez

O Projeto Valença Troca Livros Está localizado na rua do Barroso, 08, no bairro do Barroso, em Valença RJ.

 

Ajude a divulgar o Projeto Valença Troca Livros.
Projeto Valença Troca Livros, sem custo algum, apenas doação, amor.
Se você tem algum livro guardado que não queira mais, acumulando poeira, traças, mas em bom estado de conservação. Quer colocá-lo para circular? Então venha trocá-lo no projeto Valença Troca Livros.
A troca é 1x1, a pessoa traz um livro e troca por outro. Tem também retroca. Se você já leu o livro que trocou, pode trazê-lo e trocá-lo por outro.
Os livros que devem ser trazidos para troca podem ser de: Poesia, Romance, Contos, Crônicas, Biografia em bom estado de conservação.
Um projeto do Grupo de Escritores Flor e Poesia
Escritor Victor S. Gomez, Escritora Déia Sineiro e Escritor Mário Sérgio Sigall Estamparia.

#Cultura, #dicadelivros, #escritores, #incentivoàleitura, #literatura, #livro




12 abril 2022

Mudando de Vida - Um texto de Victor S. Gomez

Mudando de Vida - Um texto de Victor S. Gomez


Seus passos a levaram embora dali,

para lugares distantes,

mesmo sem querer estava sempre indo,

para onde nem todos gostariam de estar,

eram outros mares.

Vultos corriam de um lado para outro,

vozes muitas vezes murmuraram seu nome,

e ela fingia não ouvir,

quase sempre queria nem existir.

Talvez precisasse de mais tempo,

queria se testar mais,

saber até quando aguentaria,

até quando resistiria.

A verdade existe lá fora,

mas nem todos querem vê-la,

fingem o tempo todo,

desacreditam de tudo.

O medo de todos é não aguentar o que está por vir,

mesmo que seja apenas uma visão distante,

que não chega nunca,

isso paralisa muitas vezes até o mais forte.

Mesmo assim continuou seguindo,

viu cavalos que riscavam fogo quando corriam,

viu aves que entravam e saiam da água,

animais de todos os tipos, 

pedras macias,

outras mais duras que o diamante,

manhãs mais escuras que a noite,

cometas brilhantes como o ouro.

Tudo engano,

tudo mentira,

sua mente a traiu muitas vezes,

aquilo que via era apenas fantasia,

como tudo que passou em sua vida,

e parou de acreditar até nas pessoas.

Pensou em voltar,

talvez conseguisse se sua força fosse maior do que era.

O preço que pagou por tudo a deixou mais sábia,

então pegou novamente seu violão,

fez sua mala 

e voltou para casa.

Pela primeira vez fez algo que a deixou orgulhosa.

Pensou de uma forma diferente,

pensou de um jeito que nunca tinha pensado.

O que ela faria se todas as suas forças se esvaíssem?

Ficaria parada esperando todo tempo do mundo se acabar, 

ou tentaria fazer tudo novamente, 

mas de uma forma diferente?

Finalmente descobriu o que precisava fazer.

Justiça para Víctor Jara, afinal

A obra de um artista se perpetua, não por sua arrogância, nem pela indiferença pelo que passa seu povo, mas por sua capacidade de amar a vida e superar a todos que se acham superiores e que em nenhum momento serão. Victor S. Gomez

Justiça para Víctor Jara, afinal

Militar acusado pelo assassinato do músico chileno será processado nos EUA por crimes de tortura e execução extrajudicial

Contam os que acompanharam Víctor Jara nas suas últimas horas de vida dentro do Ginásio Chile, um dos mais sinistros símbolos da ditadura de Augusto Pinochet, que os torturadores não conseguiram apagar totalmente o sorriso do trovador do Governo de Salvador Allende – nem mesmo quando o golpearam brutal e repetidamente, antes de fuzilá-lo a tiros. Mais de 40 perfurações de bala foram identificadas em seu cadáver.

https://brasil.elpais.com/brasil/2015/04/16/cultura/1429213015_071741.html

#leitura #literatura #livros #escritor #incentivoaleitura #biblioteca #frases #modelodeprojetosocial #Arte #Artesanato #Artesão #Meioambiente #cidadania #ONGs #marketingdigital

Bairro São José das Palmeiras, Valença RJ, um bairro abandonado

Que triste isso. Bairro São José das Palmeiras, um bairro abandonado. Tiraram quase todos os horários dos ônibus. Podemos sair mas só podemos voltar de táxi, Uber ou a pé. E tem mais: faltam lâmpadas em várias ruas do bairro. Temos dois vereadores, para que servem?

https://www.facebook.com/victorsgomez/

Essa é a hora de cobrar desses caras um comprometimento com as necessidades da população. É obrigação de todo eleitor cobrar os compromissos para os quais foram eleitos.

https://www.facebook.com/mauroreis.mauro.1










#leitura #literatura #livros #escritor #incentivoaleitura #biblioteca #frases #modelodeprojetosocial #Arte #Artesanato #Artesão #Meioambiente #cidadania #ONGs #marketingdigital 

Passo a passo de como criar uma ONG