Pesquise Modelo de Projeto Social

18 junho 2021

Projeto Valença Troca Livros Agora no Bairro São José das Palmeiras

Livros disponíveis para troca no Projeto Valença Troca Livros.

Valença Troca Livros agora no bairro São José das Palmeiras Toda terça e sábado de 9:00 às 17:00h. Agora no bairro São José das Palmeiras, na rua João Antonio de paiva, 44. É só tocar a Campainha, ou entre em contato pelo WhatsApp - 24988487002 Victor S. Gomez

Ajude a divulgar o projeto Valença Troca Livros.

Se você tem algum livro guardado que não queira mais, acumulando poeira, traças, mas em bom estado de conservação. Quer colocá-lo para circular? Então venha trocá-lo no projeto Valença Troca Livros. 

A troca é 1x1, a pessoa traz um livro e troca por outro. Tem também retroca. Se você já leu o livro que trocou, pode trazê-lo e trocá-lo por outro.

Os livros que devem ser trazidos para troca podem ser de: Poesia, Romance, Contos, Crônicas, Biografia em bom estado de conservação.

Um projeto do Grupo de Escritores Flor e Poesia 

Escritor Victor S. Gomez, Escritora Déia Sineiro e Escritor Mário Sérgio Sigall Estamparia. 


Leite Derramado - Chico Buarque
Um homem muito velho está num leito de hospital. Membro de uma tradicional família brasileira, ele desfia, num monólogo dirigido à filha, às enfermeiras e a quem quiser ouvir, a história de sua linhagem desde os ancestrais portugueses, passando por um barão do Império, um senador da Primeira República, até o descendente, garotão do Rio de Janeiro atual. Uma saga familiar caracterizada pela decadência social e econômica, tendo como pano de fundo a história do Brasil dos últimos dois séculos. A visão que o autor nos oferece da sociedade brasileira é extremamente pessimista: compadrios, preconceitos de classe e de raça, machismo, oportunismo, corrupção, destruição da natureza, delinquência.
https://pt.wikipedia.org/wiki/Leite_Derramado


A Sétima Maldição Livro de Pedro Veludo
A Sétima Maldição é ambientado em um lugarejo "perdido" onde várias linhas narrativas correm paralelas: a paixão entre o personagem principal e uma jovem do lugar; os estranhos fatos que ocorrem setenta dias após Dona Eronquínea acordar com o maxilar inferior destroncado e a cabeça para os pés da cama; as descobertas e dificuldades de um autor, às voltas com a sua primeira obra de fôlego...

Beirando o realismo mágico, essas linhas se entrelaçam e enriquecem mutuamente, levando a um final surpreendente.


O Repouso do Guerreiro - C. Rochefort
Literatura francesa. O repouso do guerreiro e a história de um alcoólatra inveterado e a submissão de Genieve a um amor sem limites que se desespera, aniquila e a destrói.


O Fantasista - Hermán Rivera Letelier
O chileno Hernán Rivera Letelier, um dos escritores mais vendidos e premiados do Chile, fala do otimismo que sobrevive mesmo em meio à aridez de um lugar onde tudo acaba. Na trama, um inusitado time de futebol, formado por moradores de Coya Sur, uma das comunidades que sobrevivem da extração de salitre no deserto...


Mosaico - Gilberto Monteiro
Poeta Valenciano, Presidente de Fundação Lea Pentagna.
Mosaico
Pedras, pessoas, palavras
e o tempo que passa...
Mosaico
nas pedras as cores
nas pessoas os amores
nas palavras flores e dores.


Imprensa Valenciana de Gustavo Abruzzini de Barros
Do Provincianismo da era dos barões e coronéis, ao engatinhar do Profissionalismo do século XXI.
Esta obra é um dos trabalhos nascidos da oportunidade gerada pelo incentivo da Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro, com o objetivo de resgatar a memória da imprensa fluminense. Logo, o que o senso comum tomaria como tema menor ou de significância duvidosa, desfaz-se diante do brilho dos acervos encontrados. E a falsa impressão, se desfaz de vez, diante rico conteúdo dos pioneiros jornais do século XIX, com suas reveladoras tensões políticas e econômicas. Personagens pouco conhecidos e estudados, aqui se apresentarão para trazer, a luz de nosso tempo, rivalidades e conflitos, até então, desconsiderados por nossa historiografia. Em Imprensa Valenciana descortinam-se as influentes e, por vezes, dissimuladas presenças da colônia e da maçonaria nas iniciativas da imprensa e da política Liberal, em oposição ao Partido Conservador, ao regime escravocrata e ao clero do século XIX. Mais tarde, os jornais evoluem para empresas, em geral, a serviço da política ou do entretenimento, até que, com o afastamento da emblemática figura dos redatores, a partir do Golpe Militar, vivenciam crise de identidade e de objetivos.
A Imprensa Valenciana é uma história recheada de singeleza e de ações estratégicas, mas, sobretudo, é a história do constante renascimento da atividade, que, por mais de 180 anos, capitulou e ressurgiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caso tenha gostado do que encontrou aqui, comente o artigo que acabou de ler.

Passo a passo de como criar uma ONG