27 outubro 2020

Arte na Rua - Arte Popular - Arte da Rua

Espalhados por todo mundo, uma arte sem fronteiras, o grafite mostra que se expressar é a condição básica para aqueles que buscam sua voz, através de uma pichação politica ou mesmo para mostrar sua arte. E essa simplesmente é uma tentativa reconhecimento para se fazer notar. 

Desenhos que tem objetivo de mostrar os erros de uma sociedade excludente, muitas vezes nem mesmo isso, apenas estar mostrando que existem, que fazem parte desse mundo, quer queiram ou não. Sociedade que exclui, que separa, que esmaga, que diz: Quem manda somos nós.


Grafite é um assunto polêmico. Na maioria dos países, marcar ou pintar propriedades sem permissão é considerado pelos proprietários e autoridades cívicas como desfiguração e vandalismo, que é um crime punível, citando o uso de pichações por gangues de rua para marcar território ou para servir como um indicador de gangues relacionadas a gangues. atividades. O grafite tornou-se visualizado como um "problema" urbano crescente para muitas cidades de nações industrializadas, que se espalhou do sistema de metrô da cidade de Nova York no início dos anos 70 para o resto dos Estados Unidos, Europa e outras regiões do mundo. Por outro lado, os grafiteiros, principalmente os marginalizados sem acesso à mídia convencional, resistem a esse ponto de vista para exibir sua arte ou suas opiniões políticas em locais públicos.

https://en.wikipedia.org/wiki/Graffiti

Arte Urbana Poética
https://www.facebook.com/ArteUrbanaPoetica/

Blog Cidadania 
www.victorsgomez.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caso tenha gostado do que encontrou aqui, comente o artigo que acabou de ler.

Passo a passo de como criar uma ONG