Pesquise Modelo de Projeto Social

31 agosto 2020

Projeto Valença Troca Livros Valença RJ

    O Projeto Valença Troca Livros está parado por causa da pandemia. Durante a pandemia não acontecerá o Valença Troca Livros na rua dos Mineiros, em Valença RJ, mas nas redes sociais e no Blog Cidadania (www.victorsgomez.com), estamos sempre postando matérias relevantes sobre literatura e dicas de livros, para entreter aqueles que não podem sair de casa e tem poucas opções de leitura. 

    O Projeto Valença Troca Livros publica no Blog Cidadania (www.victorsgomez.com) e nas redes sociais o seu Boletim Informativo (Poesia na Calçada), que tem como finalidade informar, entreter e incentivar à leitura de todos os aficionados por livros.



28 agosto 2020

Modelo de Estatuto para Criar uma ONG


Capítulo primeiro - Da denominação, da sede, duração e finalidade
Artigo 1º Deverá conter o nome da instituição, seguido de sua sigla, endereço (incluindo rua, número e estado) e seu regime jurídico. Por exemplo: o (nome da entidade) a seguir denominado pela (sigla), é uma associação civil, de direito privado, de caráter sócio ambiental (ou descreva a outra natureza da entidade), sem fins lucrativos, de duração indeterminada, regida pelo presente Estatuto e pelas demais disposições legais que lhe forem aplicadas. 

Artigo 2º Deverá conter os principais objetivos e finalidades da entidade. Por exemplo: o (nome ou sigla) tem como objetivos principais: promover a defesa de bens e direitos sociais, coletivos e difusos relativos ao meio ambiente, ao patrimônio cultural, aos direitos humanos e dos povos; estimular o aperfeiçoamento e o cumprimento de legislação que instrumentalize a consecução dos presentes objetivos; promover projetos e ações que visem a preservação, bem como a recuperação de áreas degradadas no meio ambiente urbano e rural, bem como a proteção da identidade física, social e cultural de agrupamentos urbanos com recursos próprios ou advindos de convênios ou outras formas jurídicas possíveis; estimular a parceria, o diálogo local e solidariedade entre os diferentes segmentos sociais, participando junto a outras entidades de atividades que visem interesses comuns. 

Artigo 3º O (nome ou sigla) é isento de quaisquer preconceitos ou discriminações relativas à cor, raça, credo religioso, classe social, concepção política - partidária ou filosófica, nacionalidade em suas atividades, dependências ou em seu quadro social. 

Artigo 4º O (nome ou sigla) não remunera os membros do Conselho Diretor e Fiscal, não distribuindo lucros ou dividendos a qualquer título ou sob nenhum pretexto, sendo que os excedentes de receita, eventualmente apurados, serão obrigatória e integralmente aplicados no desenvolvimento dos objetivos institucionais. Dependendo se a entidade é caracterizada como OSCIPs, esta poderá remunerar seus diretores. 

Artigo 5º O (nome ou sigla) poderá aceitar auxílios, contribuições ou doações (depois de examinados e aprovados pela diretoria), bem como firmar convênios (nacionais ou internacionais) com organismos ou entidades públicas ou privadas, contanto que não impliquem em sua subordinação a compromissos e interesses que conflitem com seus objetivos e finalidades ou arrisquem sua dependência. 

Artigo 6º Diz respeito ao patrimônio da entidade. Por exemplo: o material permanente, acervo técnico, bibliográfico, equipamentos adquiridos ou recebidos pelo (nome ou sigla) através de convênios, projetos ou similares, são bens permanentes da sociedade e inalienáveis, salvo autorização em contrário expressa pela Assembléia Geral de Sócios. 

Capítulo Segundo - Da Constituição Social 
Artigo 7º A sociedade será formada de um número ilimitado de sócios, que se disponham a viver os fins da sociedade, não respondendo pelas obrigações sociais do (nome ou sigla). 

Artigo 8º Deverá conter as categorias de sócios existentes, ou seja, o quadro social da entidade. Como por exemplo: a) Sócios fundadores: os que participaram da Assembléia Geral de Fundação da Associação e assinaram a Ata da Fundação, com direito a votar e ser votado em todos os níveis ou instâncias; b) Sócios efetivos: cidadãos dispostos a colaborar com a melhoria da qualidade de vida da população; qualquer associado ou pessoa que não seja fundador do (nome ou sigla), aprovados pela Assembléia Geral dos Sócios. Possuem direito a votar e ser votado em todos os níveis ou instâncias da sociedade; c) Sócios beneméritos: pessoas físicas ou jurídicas que, pela elaboração ou prestação de relevantes serviços às causas da organização, fizerem jus à este título, a critério da Diretoria (e ratificados pela Assembléia Geral); d) Sócios colaboradores: pessoas físicas que, identificadas com os objetivos da entidade, solicitarem seu ingresso e pagarem as contribuições correspondentes, segundo critérios determinados pelo Conselho Diretor. 

Artigo 9º Deverá conter os direitos de todos os sócios fundadores e efetivos. Por exemplo: a) fazer à Diretoria da Associação, por escrito, sugestões e propostas de interesse socias e/ou ecológicos; b) solicitar ao presidente ou à Diretoria reconsideração da atos que julguem não estar de acordo com os estatutos; c) tomar parte dos debates e resoluções da Assembléia; d) apoiar, divulgar, propor e efetivar eventos, programas e propostas da entidade; e) ter acesso às atividades e dependências do (nome ou sigla); f) votar e ser votado para qualquer cargo eletivo, após um ano de filiação como sócio efetivo; g) convocar Assembléia Geral, mediante requerimento assinado por 1/3 dos sócios efetivos. 

Artigo10º Deverá conter os deveres de todos os associados, como por exemplo: a) prestigiar e defender a Associação, lutando pelo seu engrandecimento; b) trabalhar em prol dos objetivos da sociedade, respeitando os dispositivos estatutários, zelando pelo bom nome do (nome ou sigla) agindo com ética; c) não faltar às Assembléias Gerais; d) satisfazer pontualmente os compromissos que contraiu com a associação, inclusive mensalidades; e) participar de todas as atividades sociais e culturais, estreitando os laços de solidariedade e fraternidade entre todas as pessoas e nações; f) observar na sede da Associação ou onde a mesma se faça representar as normas de boa educação e disciplina. 

Capítulo Terceiro - Da Organização Administrativa 
Artigo 11º Deverá conter os órgãos da administração do (nome ou sigla), que são: - Assembléia Geral - Conselho Diretor - Secretaria Executiva - Conselho Fiscal Da Assembléia Geral dos Sócios 

Artigo 12º A Assembléia Geral é o órgão máximo da entidade, dela participando todos os sócios fundadores, e os sócios efetivos que estejam em pleno gozo de seus direitos, conforme previstos nos estatutos. 

Artigo 13º A Assembléia Geral de Sócios elegerá um Conselho Diretor e Fiscal, definindo suas funções, atribuições e responsabilidades através de Regimento Interno. 

Artigo 14º A Assembléia Geral se reunirá ordinariamente, no final de cada ano para apreciar as contas da Diretoria, aprovação de novos sócios efetivos e a cada dois anos para eleger os Conselhos fiscal e diretor; e extraordinariamente, a qualquer período, convocada pelo Conselho Diretor, Fiscal ou por 1/3 dos sócios em pleno gozo de seus direitos, por motivos relevantes. 

Artigo 15º Deverá conter as atividades competentes à Assembléia Geral, como por exemplo: - deliberar sobre o relatório de atividades, balanço e demais contas da sociedade, a serem apresentadas pelo Conselho Diretor; - propor e aprovar a admissão de novos sócios efetivos; - eleger o Conselho Diretor e Fiscal; - autorizar a alienação ou instituição de ônus sobre os bens pertencentes ao (nome ou sigla); - determinar e atualizar as linhas de ação da sociedade; - estabelecer o montante da anuidade dos sócios. 

Do Conselho Diretor 
Artigo 16º O Conselho Diretor é um órgão colegiado, com o mínimo de três membros, subordinado à Assembléia Geral de sócios, responsável pela representação social do (nome ou sigla), bem como possui a responsabilidade administrativa da sociedade, composto de sócios efetivos, com mandato de 02 anos, permitindo-se reeleição. 

Artigo 17º O Conselho Diretor nomeará uma Secretaria Executiva para responder pela gerência administrativa, legal e financeira da sociedade, em juízo ou fora dele. 

Artigo 18º Deverá conter as atividades competentes à Diretoria, como por exemplo: - cumprir e fazer cumprir os presentes Estatutos e as resoluções da Assembléia; - aprovar a criação ou extinção de programas e órgãos gestores; - elaborar o orçamento anual (da receita e da despesa); - definir seus cargos, funções, atribuições e responsabilidades mediante Regimento Interno próprio; - nomear, contratar e destituir a qualquer tempo a Secretaria Executiva; - elaborar programas de trabalho a serem desenvolvidos pelas diversas diretorias; - emitir parecer sobre as operações de crédito, aquisição ou alteração de imóveis, ouvido o Comitê Científico. 

Da Secretaria Executiva 
Artigo 19º A Secretaria Executiva é o órgão de administração da entidade, composto por dois ou mais secretários, nomeados pelo Conselho Diretor e referendados pela Assembléia Geral. Os secretários podem ser, por exemplo: a) Secretário Executivo: representa a sociedade ativa e passivamente em juízo ou fora dele, podendo contratar e organizar o quadro administrativo, instituir programas, projetos, contratar serviços e terceiros, etc.; b) Secretário Institucional: coordena a execução das atividades institucionais, programas, atividades administrativas gerais do (nome ou sigla), substituindo o Secretário Executivo e o Administrativo em qualquer impedimento; c) Secretário Administrativo: coordena as atividades da sede social, do quadro de sócios e responde pela gerência administrativa e financeira da sociedade. 

Artigo 20º Deverá conter as atividades competentes à Secretaria Executiva, como por exemplo: - formular e implementar a política de comunicação e informação da sociedade, de acordo com as diretrizes emanadas da Assembléia Geral; - coordenar as atividades de captação de recursos da entidade; - elaborar pareceres técnicos, em conjunto ou isoladamente, sobre projetos e atividades da entidade e de terceiros; - elaborar a política geral de cargos e salários para aprovação pelo Conselho Diretor; - aceitar doações e subvenções, desde que as mesmas não comprometam a autonomia e independência da entidade; - elaborar o Regimento Interno para aprovação do Conselho Diretor; - coordenar a elaboração de projetos. 

Do Conselho Fiscal 
Artigo 21º O Conselho Fiscal, composto de três membros efetivos e dois suplentes, será eleito simultaneamente ao Conselho Diretor, na mesma Assembléia Geral Ordinária, com mandato de dois anos. 

Artigo 22º Deverá conter as atividades competentes ao Conselho Fiscal, como por exemplo: -auxiliar o Conselho Diretor na Administração do (nome ou sigla); -analisar e fiscalizar as ações do Conselho Diretor e a prestação de contas da Secretaria Executiva e demais atos administrativos e financeiros; -convocar Assembléia Geral dos Sócios a qualquer tempo. 

Capítulo Quarto - Das eleições Artigo 
23º As eleições para a Diretorias ocorrerão a cada ( ) anos, pela Assembléia Geral, podendo compor chapa todos os sócios efetivos, mas concorrendo apenas para uma única chapa, e podendo seus membros serem reeleitos por igual período. 

Capítulo Quinto - Das Disposições gerais e transitórias 
Artigo 24º Por exemplo: Os bens patrimoniais do (nome ou sigla) não poderão ser onerados, permutados ou alienados sem a autorização da Assembléia Geral dos Sócios, convocada especialmente para esse fim. 

Artigo 25º Por exemplo: O Conselho Diretor deverá baixar regimentos especiais para a regulamentação deste Estatuto. 

Artigo 26º Por exemplo: Nenhuma categoria dos sócios responde, nem mesmo subsidiariamente, pelas obrigações ou compromissos assumidos pelo (nome ou sigla). 

Artigo 27º Por exemplo: Os casos omissos serão resolvidos pelo Conselho Diretor, com recurso voluntário para a Assembléia Geral.

26 agosto 2020

Na Rua com Amor e Cidadania

Ocupar a rua, as paredes, com cores, traços e poemas, Arte urbana poética faz tudo isso. Nos trás lembranças, e o que está escondido no interior de cada um. O dia se torna colorido, a noite fica cheia de luz. O ser humano fica mais politizado, e vai despejando seus desejos, anseios, necessidades, com as cores e as pinceladas mais do que artísticas, pinceladas de cidadania e cheia de amor.

 Victor S. Gomez - Escritor


Arte Urbana Poética
https://www.facebook.com/ArteUrbanaPoetica

Blog Cidadania 

25 agosto 2020

Frases, Cidadania, Vida, Altruísmo

01- Todo dia o sol brilha, mesmo que não o vejamos, ele está presente. Uma bênção de Deus para todos os seres do planeta Terra. Espero que um dia todos possam ser como o sol, sempre brilhando e só fazendo o bem.

02- Acredite você pode chegar mais longe! Todos nós somos capazes de vencer nossos desafios, basta nos prepararmos e não nos esquecermos de que nada se consegue sozinho. Seja solidário, compartilhe seu conhecimento.

03- O tempo passa, mas o que fazemos fica impresso nas imagens, certo ou errado, mais adiante teremos que nos explicar.

04- A flor nos transmite alegria, luz e felicidade. Ilumine sua vida e de seus amigos com flores.

05- Nós só conseguiremos algo realmente bom em nossa vida, quando compartilhamos nosso saber, sem atitudes ocultas ou mesquinhas, que visem apenas destruir, mas sim com sentimento de pura doação e altruísmo.

23 agosto 2020

Projeto Valença Troca Livros e sua parceira Professora Roseli Moreira

     Tem pessoas que não conseguimos ver de tão rápidas e eficientes que são. Não vemos, não porque somos cegos, mas porque elas são dinâmicas demais e porque agem com uma velocidade extraordinária. Alguns tentam acompanhá-las, mas o máximo que conseguem é seguir seus passos, e chegar um pouco depois delas. Pessoas não são invisíveis, mas quando fazem seu trabalho porque acreditam, e o fazem com o coração carregado de amor, tudo flui mais rápido. Existem pessoas assim e eu conheço algumas, são poucas mas existem. Roseli Moreira, Secretária de Assistência Social de Valença RJ, é assim, as vezes até parece que está chateada com os outros, mas não é nada disso, ela é assim, trabalha ao extremo, luta e se dedica ao seu trabalho como minguem. Que ela tenha sempre essa disposição para lutar por aqueles que acreditam nela, apenas tentando realizar o melhor para todos. "Deus nos ajuda, mas se ficarmos parados olhando o tempo passar nada vai acontecer." Victor S. Gomez


22 agosto 2020

O Naturalista Francês e a Serra dos Mascates

    O naturalista francês Auguste de Saint-Hilaire, em sua viagem ao Brasil, já tinha preocupações com o meio ambiente e condenava as queimadas.

    Em janeiro de 1822, ao regressar a cidade do Rio de Janeiro após ter explorado, em diversas viagens cientificas, territórios do sul e centro-sul do Brasil, o naturalista francês Auguste de Saint-Hilaire constatara que parte de sua coleção coletada nas províncias de do Rio de Janeiro e Minas Gerais havia se estragado. Aborrecido, porém resignado, resolveu empreender sua última viagem antes de regressar a França. Assim, entre os meses de janeiro e maio de 1822, voltou atravessar as trilhas de mulas que cortavam a Serra do Mar, o Vale do rio Paraíba do Sul e Mantiqueira em direção ao sul de Minas, tendo a oportunidade de percorrer o “Caminho do Comércio”, aberto há poucos anos com o objetivo de articular a então sede do Império português à zona de produção de mantimentos das terras altas da Mantiqueira. Em quatro de fevereiro quando se aproxima da futura cidade de Valença, observou a paisagem e anotou em seu diário:

    “Um pouco antes de chegar à Aldeia, avista-se o pico de elevada montanha imensa extensão de terreno, notando-se de todos os lados montanhas cobertas de mato”.

    Saint-Hilaire já havia passado por Valença antes, em 1819, quando realizou sua primeira viagem a província Minas Gerais. Comparando, observou o aumento da população:

    “As terras nos arredores da Aldeia estão um pouco mais povoadas; atualmente nelas se contarão umas sessenta casas”.

    Como foi dito, o ilustre naturalista percorreu o caminho do Comércio que em Valença chagava-se pela atual Serra da Glória, descendo por onde fica atualmente o Hospital de Clínicas da Unimed e Rua Vito Pentagna, no Bairro do Benfica.

17 agosto 2020

Frases, Reflexos do Pensamento

01- Quem nunca teve pensamentos ruins? Mas sempre dá tempo de fazer um novo começo e viver feliz.

02- Acho que tudo que é para o mal, mais hora, menos hora, acaba dando errado.

03- Pensando ser incapaz de fazer qualquer coisa por sentir-se muito fraco, insistiu e insistiu, até que de repente consegui. Quem verdadeiramente se esforça, eleva o espírito e consegue, até o que muitos enxergam como impossível.

04- Meus escritos: Melancólicos lugares dos confins da minha mente ou apenas solidão.

05- Nada é impossível para quem quer realmente alcançar um objetivo e levá-lo firmemente adiante.

Frases de Victor S. Gomez


Blog Cidadania

14 agosto 2020

O Artista Plástico Fernando Gabriel Bertazzoli

O sentimento do artista alegra nossa alma e nos mostra as formas e cores do dia a dia, quadros que nos dizem muito sobre a vida urbana, como grafites, mas muito além de simples pinturas em muros. Arte pura e agradável, que nos expõe questões sociais, que talvez um dia sejam resolvidas.

O Artísta Plástico Fernando Gabriel Bertazzoli nasceu em Buenos Aires em 1962. Na década de 80 estudou na Escola de Belas Artes Manuel Belgrano e nos anos 90 realizou trabalhos de figurinista, iluminação e cenografia.

 Victor S. Gomez - Escritor


Arte Urbana Poética
https://www.facebook.com/ArteUrbanaPoetica/


Blog Cidadania 

09 agosto 2020

Um Projeto de Arte que Transita pela Pixel Art

Eu também faço intervenções na rua, mas não chega nem perto do que esse menino e essa menina fazem. Eu estou na rua todos os sábados trocando livros, conversando com pessoas sobre livros, mas vai até aí. Eles saem por aí mostrando sua arte, pelo Brasil, muitas vezes até ingênua, mas enorme de tão simples e linda que é. Isso é a arte da rua, o caos urbano poético. Essa coisa maravilhosa, essa arte nos muros, que diz o que o artista é, grandes poetas do mundo espalhando cultura e cidadania, e que se expressam, no caso desses meninos, de forma tão lúdica que até parece um sonho. São simples como sua arte, mas formidáveis como seus sonhos e seus corações. O que eles me passam com seu jeito juvenil e meigo me trás felicidade, a ponto de quando eu vejo seus vídeos, até sorrio sem nem saber porque, mas eu sei o porque.


"Somos 8-bitch project, um projeto de arte que transita pela pixel art, estética glitch e a abstração geométrica. Criado no Rio de Janeiro em 2014, por Luca Bastolla e Maria Carolina Mello, nosso atelier está em São Paulo desde o início de 2017. Nossas obras nascem da apropriação e da ressignificação de ícones e elementos dos vídeo games e da internet. Acreditamos que a arte é uma forma de comunicar-se. Por isso criamos um canal no YouTube chamado “life is a bit”, que tem o intuito de registrar nosso processo artístico e criativo enquanto interagimos com a cidade e seus personagens."
8-bitch project




06 agosto 2020

O Nascer do Sol no Açude da Concórdia

Concórdia pela manhã. Quase 06 horas. Nesse dia eu estava fazendo guarda voluntária no Açude da Concórdia. Acho que foi em 2012. O Henrique Luth sabe a data certa. Nessa época ele ainda era um dos dirigentes da Instituição que administrava esse parque. E era muito bem administrado. 80% dessa bela foto se deve ao cuidado que ele tinha com esse lugar.

A fotografia é muito particular, cada pessoa vê o que lhe interessa, alguns olham uma paisagem e não conseguem ver nada, outros olham e viajam no que veem, eu dou o meu toque e cada um tem a sua opinião. Eu prefiro a minha visão, gosto da coisa perturbadora que desperta o interesse dos outros. Minha visão pode não ser a melhor, mas é minha e eu a aprecio muito, dela tiro minhas histórias, meus contos, minha vida. É pessoal, é minha, gosto dela e outras pessoas também, mas quero sempre aprender mais. Me esforço sempre para buscar o original, sem copiar ninguém. Abraços a todos.

05 agosto 2020

Festa Nossa Senhora da Glória em Valença RJ

Devido a pandemia a Festa Nossa Senhora da Glória desse ano, em Valença RJ, terá apenas a parte religiosa e será online.

Todas as celebrações serão transmitidas ao vivo pela 
página da Catedral de Valença no Facebook: 
e pela Rádio Alternativa (FM 102.5).


A cantina do Padroeiro será pegue e leve / Delivery


04 agosto 2020

Aniversário da Fundadora da Fundação Lea Pentagna

Hoje, 04 de agosto, é o dia de nascimento de nossa Fundadora Sra. Lea Pentagna. 

Artistas valencianos nos enviaram suas homenagens em forma de música. Reunimos as homenagens em um vídeo. 

Vídeo: Ena Jannuzzi


 

 - 4 de agosto: Celebrando o aniversário de Lea Pentagna:
Vídeos com apresentações musicais:
- Antonieta Gemellaro Piano
"A valsa da despedida" de Robert Bruns

- Antonio Carlos S. Rocha - Flauta
"Fantasia nº 03 em si menor" Telemann

- Jô Macedo - Voz e violão
"Canto do coreto calado" de Rosinha de Valença

- Nilo Canêdo - Lembrando a Itália, pátria da família Pentagna
"Io che non vivo senza te" de Primo Donaggio

- Paulinho Lima - Voz e violão
"Eu não existo sem você" de Tom Jobim e Vinícius de Morais

- Zé Maria Ferr - Voz e violão
"As rosas não falam" de Cartola

 
 - Passeio Virtual pela Casa Lea Pentagna.

 
 - Passeio virtual pelos jardins do Museu Casa.

01 agosto 2020

A Sociedade que nos Oprime

A opressão surge como um monstro destruidor de vidas, que nos suga, que nos devora sem dó nem piedade. Qual dragão devorador nos incinera antes de nos comer, sem que possamos ao menos esboçar qualquer tipo de reação. A sociedade que oprime, que nos machuca, é a mesma que nos oferece pão e circo, que como escravos romanos aceitamos "felizes", para com isso seguirmos "vivendo".


Passo a passo de como criar uma ONG