Pesquise Modelo de Projeto Social

26 março 2020

Livro "Outros Mundos" de Victor S. Gomez

Sempre achei que livro é para ser lido e não para ficar guardado, por isso criei o Projeto Valença Troca Livros, um projeto de incentivo à leitura, que tira seus livros da estante, evitando que ele sejam comidos por traças e cupins e também deixe de acumular poeira. Como dizia Sergio Sampaio em uma de suas músicas: "Um livro de poesia na gaveta não adianta nada, lugar de poesia é na calçada."

Hoje, em tempos de quarentena, um livro pode ser uma boa distração para quem está em casa sozinho, pois com um livro é possível viajar sem mesmo sair do lugar. Fazer com que a pessoa se sinta melhor, entretida e esqueça um pouco do que está acontecendo de horrível com nossos irmãos. Por isso resolvi disponibilizar meu livro "Outros Mundos", de graça, em arquivo PDF. Um livro como já disse deve ser lido, não tem sentido eu escrever um livro e ele não ser lido, ou ser lido por poucas pessoas. Só os grandes escritores tem a chance de ter seus livros espalhados pelo mundo e traduzidos em vários idiomas. 



24 março 2020

No Tempo do Sol Gigante, Conto do Livro "Outros Mundos", de Victor S. Gomez

Para Kindle, leia de graça.

No Tempo do Sol Gigante, conto do Livro "Outros Mundos", de Victor S. Gomez
Os dias tinham mais claridade agora, um sol de rachar surgia todos os dias e só refrescava um pouquinho quando anoitecia. Tudo era mais claro com aquele sol, mais perto da Terra do que antes. Por algo que não entendia bem, todos os dias o sol gigante aparecia. Não sabia porque isso acontecia. Um dia acordou e o sol estava enorme. Talvez a Terra tenha saído do seu eixo e estivesse se aproximando do sol, ou o sol, por algum motivo que não entendia estaria inchando. Por vezes tentou achar alguém que pudesse explicar o que estava acontecendo, mas seu esforço foi em vão. Habitantes por ali eram bem poucos e os poucos que existiam ficavam escondidos nas sombras, fugindo do sol forte e de estranhos que tentavam se aproximar. Eram tempos difíceis, mas seguia sua vida, se protegendo do sol gigante da melhor maneira possível. Saindo mais à noite do que de costume, ou se esgueirando pelas sombras, quando queria fazer algo durante o dia.

https://www.amazon.com.br/gp/product/169125438X/ref=ppx_od_dt_b_asin_title_s00?ie=UTF8&psc=1

23 março 2020

Frases: Alguns Pensamentos

01- Quando o desejo e a vontade de fazer são maiores, tudo acontece. Mude o pensamento e tudo muda ao seu redor.

02- Nada é tão difícil de ser mudado, se realmente assim você o desejar. Comece a mudar o que você puder, mude seu interior, mude seu pensamento, mude suas atitudes, idealize novos projetos, transforme-se primeiro, somente assim você conseguirá transformar outras pessoas e melhorar o lugar onde vive.

03- Mesmo que te puxem para trás, que tentem te derrubar, ou que amarrem uma pedra em seu pescoço e te joguem no fundo de um poço, não se esqueça, você é senhor do seu destino, e nada, nada poderá fazê-lo desistir dos seus objetivos. Por isso, continue sorrindo, e tudo se resolverá.

04- Quando você errar, não pergunte por que errou, mas sim para que errou. Aprender com seus erros é a melhor maneira de descobrir novos caminhos.

05- Não desista nunca de seus objetivos, insista, persista, somente assim você será feliz.


21 março 2020

A Sétima Maldição Livro de Pedro Veludo

Para você ler durante a quarentena: A Sétima Maldição Livro de Pedro Veludo
https://www.skoob.com.br/a-setima-maldicao-128417ed142477.html

A Sétima Maldição é ambientado em um lugarejo "perdido" onde várias linhas narrativas correm paralelas: a paixão entre o personagem principal e uma jovem do lugar; os estranhos fatos que ocorrem setenta dias após Dona Eronquínea acordar com o maxilar inferior destroncado e a cabeça para os pés da cama; as descobertas e dificuldades de um autor, às voltas com a sua primeira obra de fôlego...

Beirando o realismo mágico, essas linhas se entrelaçam e enriquecem mutuamente, levando a um final surpreendente.

"A Sétima Maldição" livro de Pedro Veludo, 160 págs, Ed. Razão Cultural, Rio de Janeiro, Brasil; pedidos: (++351961289578).

Projeto Valença Troca Livros

Ajude a Divulgar o Projeto Valença Troca Livros
O Projeto Valença Troca Livros está todo SÁBADO na Rua dos Mineiros, das 09:00 às 12:00h, em Valença RJ.


Se você tem algum livro guardado que não queira mais, acumulando poeira, traças, mas em bom estado de conservação. Quer colocá-lo para circular? Então venha trocá-lo no projeto Valença Troca Livros. 
A troca é 1x1, a pessoa traz um livro e troca por outro. Tem também retroca. Se você já leu o livro que trocou, pode trazê-lo e trocá-lo por outro.
Os livros que devem ser trazidos para troca podem ser de: Poesia, Romance, Contos, Crônicas, Biografia em bom estado de conservação.
Um projeto do Grupo de Escritores Flor e Poesia 
Escritor Victor S. Gomez, Escritora Déia Sineiro, Dirce Assis e Escritor Mário Sérgio Sigall Estamparia.


Rotary Clube de Valença (Rotary International), Casa da Amizade, Bar do Fred e Jornal da Cidade Regional.

#Cultura, #dicadelivros, #escritores, #incentivoàleitura, #literatura, #livro

18 março 2020

Victor S. Gomez e seu Projeto Cultural

Victor S. Gomez e seu Projeto Cultural - Jorge Alexandre - Jornalista
"O escritor Victor S. Gomez, tem presenteado Valença, trazendo aos sábados, das 9h às 12 horas, para a Rua dos Mineiros, uma verdadeira Fonte do Saber, pequena no tamanho, mas grande na essência, intitulada Banca do Projeto "VALENÇA TROCA LIVROS". Ele não vende livros, ele troca livros, abrindo horizontes para muitas pessoas que passam no centro da cidade, com dedicação, perseverança, altruísmo e fé, oferecendo variados títulos de inúmeros autores locais, regionais, nacionais e internacionais. Ele oferece sua parcela de contribuição para o crescimento da Cultura, como 'pequenas gotas de água, levadas pelo Beija-Flor'. Valença e a população precisam valorizar e participar desse trabalho voluntário! Para conhecimento público, entre vários títulos, Valença possui o de "CIDADE DA LEITURA", reconhecido por muitos artistas e intelectuais famosos e anônimos que aqui viveram no passado e continuam presentes. Victor S. Gomez é um desses impulsionadores da Cultura e do Turismo, sem esperar retorno financeiro, sentindo-se feliz, vivo, em poder realizar esta ação do bem, recebendo o reconhecimento das pessoas que param para conversar e conhecer o que acontece naquele local. 

Este é um trabalho voluntário sério, idealizado pelo escritor e poeta Victor S. Gomez, de Valença-RJ, apoiado por muitos (as) amigo (as) leitores, escritores, poetas da cidade, da região Sul Fluminense e de outras partes do Brasil. Importantíssimo para toda a sociedade. Este "serviço" prestado à Educação, à Cultura e às Artes, merece e precisa de urgente e efetivo apoio das entidades, instituições, empresas e autoridades de Valença e da região." Jorge Alexandre - Jornalista

17 março 2020

Estatuto da Criança e do Adolescente - Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990 - Parte 2

Título II Dos Direitos Fundamentais Capítulo I Do Direito à Vida e à Saúde
Art. 7º A criança e o adolescente têm direito a proteção à vida e à saúde, mediante a efetivação de políticas sociais públicas que permitam o nascimento e o desenvolvimento sadio e harmonioso, em condições dignas de existência. 
Art. 8o É assegurado a todas as mulheres o acesso aos programas e às políticas de saúde da mulher e de planejamento reprodutivo e, às gestantes, nutrição adequada, atenção humanizada à gravidez, ao parto e ao puerpério e atendimento pré-natal, perinatal e pós-natal integral no âmbito do Sistema Único de Saúde. (Redação dada pela Lei nº 13.257, de 2016) 


§ 1o O atendimento pré-natal será realizado por profissionais da atenção primária. (Redação dada pela Lei nº 13.257, de 2016) 
§ 2o Os profissionais de saúde de referência da gestante garantirão sua vinculação, no último trimestre da gestação, ao estabelecimento em que será realizado o parto, garantido o direito de opção da mulher. (Redação dada pela Lei nº 13.257, de 2016)
§ 3o Os serviços de saúde onde o parto for realizado assegurarão às mulheres e aos seus filhos recém-nascidos alta hospitalar responsável e contrarreferência na atenção primária, bem como o acesso a outros serviços e a grupos de apoio à amamentação. (Redação dada pela Lei nº 13.257, de 2016)
§ 4o Incumbe ao poder público proporcionar assistência psicológica à gestante e à mãe, no período pré e pós-natal, inclusive como forma de prevenir ou minorar as consequências do estado puerperal. (Incluído pela Lei nº 12.010, de 2009)
§ 5o A assistência referida no § 4o deste artigo deverá ser prestada também a gestantes e mães que manifestem interesse em entregar seus filhos para adoção, bem como a gestantes e mães que se encontrem em situação de privação de liberdade. (Redação dada pela Lei nº 13.257, de 2016)
§ 6o A gestante e a parturiente têm direito a 1 (um) acompanhante de sua preferência durante o período do pré-natal, do trabalho de parto e do pós-parto imediato. (Incluído pela Lei nº 13.257, de 2016)
§ 7o A gestante deverá receber orientação sobre aleitamento materno, alimentação complementar saudável e crescimento e desenvolvimento infantil, bem como sobre formas de favorecer a criação de vínculos afetivos e de estimular o desenvolvimento integral da criança. (Incluído pela Lei nº 13.257, de 2016)
§ 8o A gestante tem direito a acompanhamento saudável durante toda a gestação e a parto natural cuidadoso, estabelecendo-se a aplicação de cesariana e outras intervenções cirúrgicas por motivos médicos. (Incluído pela Lei nº 13.257, de 2016)
§ 9o A atenção primária à saúde fará a busca ativa da gestante que não iniciar ou que abandonar as consultas de pré-natal, bem como da puérpera que não comparecer às consultas pós-parto. (Incluído pela Lei nº 13.257, de 2016)
§ 10. Incumbe ao poder público garantir, à gestante e à mulher com filho na primeira infância que se encontrem sob custódia em unidade de privação de liberdade, ambiência que atenda às normas sanitárias e assistenciais do Sistema Único de Saúde para o acolhimento do filho, em articulação com o sistema de ensino competente, visando ao desenvolvimento integral da criança. (Incluído pela Lei nº 13.257, de 2016)
Art. 9º O poder público, as instituições e os empregadores propiciarão condições adequadas ao aleitamento materno, inclusive aos filhos de mães submetidas a medida privativa de liberdade.
§ 1o Os profissionais das unidades primárias de saúde desenvolverão ações sistemáticas, individuais ou coletivas, visando ao planejamento, à implementação e à avaliação de ações de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno e à alimentação complementar saudável, de forma contínua. (Incluído pela Lei nº 13.257, de 2016)
§ 2o Os serviços de unidades de terapia intensiva neonatal deverão dispor de banco de leite humano ou unidade de coleta de leite humano. (Incluído pela Lei nº 13.257, de 2016)
Art. 10. Os hospitais e demais estabelecimentos de atenção à saúde de gestantes, públicos e particulares, são obrigados a:
I - manter registro das atividades desenvolvidas, através de prontuários individuais, pelo prazo de dezoito anos;
II - identificar o recém-nascido mediante o registro de sua impressão plantar e digital e da impressão digital da mãe, sem prejuízo de outras formas normatizadas pela autoridade administrativa competente;
III - proceder a exames visando ao diagnóstico e terapêutica de anormalidades no metabolismo do recém-nascido, bem como prestar orientação aos pais;
IV - fornecer declaração de nascimento onde constem necessariamente as intercorrências do parto e do desenvolvimento do neonato;
V - manter alojamento conjunto, possibilitando ao neonato a permanência junto à mãe.
VI - acompanhar a prática do processo de amamentação, prestando orientações quanto à técnica adequada, enquanto a mãe permanecer na unidade hospitalar, utilizando o corpo técnico já existente. (Incluído pela Lei nº 13.436, de 2017

15 março 2020

Projeto Valença Troca Livros - Ajude a Divulgar o Projeto Valença Troca Livros

Projeto Valença Troca Livros - Quem melhor pode falar pelo que é seu?

"Do inconsciente surgem novas formas de ver, de olhar, de assistir a tudo não só de maneira omissa, mas procurando encontrar mais amor em tudo que se faz. O Projeto Valença Troca livros surgiu do desejo de expandir não só o incentivo à leitura, mas de olhar o outro com mais amor, sabendo que cada um tem sua força e o poder de mudar o mundo, isso está dentro de cada um, é só colocar o coração diante de tudo." Victor S. Gomez - Escritor

O Projeto Valença Troca Livros está todo SÁBADO na Rua dos Mineiros, das 09:00 às 12:00h, em Valença RJ.


Se você tem algum livro guardado que não queira mais, acumulando poeira, traças, mas em bom estado de conservação. Quer colocá-lo para circular? Então venha trocá-lo no projeto Valença Troca Livros. 
A troca é 1x1, a pessoa traz um livro e troca por outro. Tem também retroca. Se você já leu o livro que trocou, pode trazê-lo e trocá-lo por outro.
Os livros que devem ser trazidos para troca podem ser de: Poesia, Romance, Contos, Crônicas, Biografia em bom estado de conservação.
Um projeto do Grupo de Escritores Flor e Poesia 
Escritor Victor S. Gomez, Escritora Déia Sineiro, Dirce Assis e Escritor Mário Sérgio Sigall Estamparia.


Apoio Aciva - Associação Comercial Industrial Valença 
Rotary Clube de Valença (Rotary International), Casa da Amizade, Lanchonete e Pizzaria Liang, Bar do Fred e Jornal da Cidade Regional.

11 março 2020

Literatura: Mayakovsky

Foi assim que conheci Mayakovski. Um amigo, o Juca, já tinha me falado dele nos anos 70, mas naquela época eu não era muito interessado em poesia. Estava começando a trabalhar com teatro resistência e fazia apresentações nas favelas da periferia do Rio de Janeiro. Não tinha tempo para apreciar as coisas boas da vida. E Maiakovisk era uma delas. Só nos anos 80, quando ouvi Gal cantando "amor", com música de Caetano Veloso, é que percebi a beleza, a força e a consistência dos poemas de Vladimir Vladimirovich Mayakovsky


Mayakovski nasceu na Geórgia, Rússia, socialista, ingressou no Partido Social-Democrático Operário Russo aos quinze anos. Com David Burliuk e mais alguns amigos fundaram o cubo-futurismo. Depois da revolução socialista de Outubro, mostrou solidariedade ao novo regime. Viajou pela Europa Ocidental, México e Estados Unidos e em turnê por seu país lotava os auditórios onde declamava suas poesias. Sempre se chocou com os “burocratas’’ que pretendiam reduzir a poesia a fórmulas simplistas. Morreu em 1930 com um tiro dado por ele mesmo.


Gal Costa
O Amor (Sobre O Poema De Wladimir Mayakovski)
Talvez quem sabe um dia
Por uma alameda do zoológico

Ela também chegará
Ela que também amava os animais
Entrará sorridente assim como está
Na foto sobre a mesa
Ela é tão bonita
Ela é tão bonita que na certa
Eles a ressuscitarão
O Século Trinta vencerá
O coração destroçado já
Pelas mesquinharias
Agora vamos alcançar
Tudo o que não podemos amar na vida
Com o estrelar das noites inumeráveis
Ressuscita-me
Ainda que mais não seja
Por que sou poeta
E ansiava o futuro
Ressuscita-me
Lutando contra as misérias
Do cotidiano
Ressuscita-me por isso
Ressuscita-me
Quero acabar de viver o que me cabe
Minha vida
Para que não mais existam
Amores servis
Ressuscita-me
Para que ninguém mais tenha
De sacrificar-se
Por uma casa, um buraco
Ressuscita-me
Para que a partir de hoje
A partir de hoje
A família se transforme
E o pai seja pelo menos o universo
E a mãe seja no mínimo a 
Terra
A Terra, a Terra

                                                                                                                                  

Eu
Nas calçadas pisadas
de minha alma
passadas de loucos estalam
calcâneo de frases ásperas
Onde
forcas
esganam cidades
e em nós de nuvens coagulam
pescoço de torres
oblíquas

soluçando eu avanço por vias que se encruzilham
à vista
de crucifixos
polícias
(tradução: Augusto de Campos)

09 março 2020

Palavras de Cidadania

01- Educação e Cultura, caminhos que levam à Cidadania.

02- Se o momento é difícil, pense nos que sofrem mais do que você e diga: Eu sou um privilegiado!

03- Lindos somos todos, por dentro e por fora, quando compartilhamos nosso saber.

04- O ato da cidadania está também em pequenos gestos. Quando somos solidários, ou praticamos o altruísmo, mesmo que esses gestos pareçam sem valor para alguns, crescemos e nos tornamos pessoas mais felizes. 

05- Você é responsável pelo que cativa, então a melhor forma de ser responsável é mostrar que todos tem escolhas, e que essas escolhas é que formarão seu destino. Quando você lê, você aprende a discernir melhor o que lhe oferecem, e se o que lhe oferecem não é bom, fica mais fácil de perceber.


08 março 2020

Estatuto da Criança e do Adolescente - Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:
Livro I Parte Geral Título I Das Disposições Preliminares
Art. 1º Esta Lei dispõe sobre a proteção integral à criança e ao adolescente.
Art. 2º Considera-se criança, para os efeitos desta Lei, a pessoa até doze anos de idade incompletos, e adolescente aquela entre doze e dezoito anos de idade.
Parágrafo único. Nos casos expressos em lei, aplica-se excepcionalmente este Estatuto às pessoas entre dezoito e vinte e um anos de idade.
Art. 3º A criança e o adolescente gozam de todos os direitos fundamentais inerentes à pessoa humana, sem prejuízo da proteção integral de que trata esta Lei, assegurando-se-lhes, por lei ou por outros meios, todas as oportunidades e facilidades, a fim de lhes facultar o desenvolvimento físico, mental, moral, espiritual e social, em condições de liberdade e de dignidade.
Parágrafo único. Os direitos enunciados nesta Lei aplicam-se a todas as crianças e adolescentes, sem discriminação de nascimento, situação familiar, idade, sexo, raça, etnia ou cor, religião ou crença, deficiência, condição pessoal de desenvolvimento e aprendizagem, condição econômica, ambiente social, região e local de moradia ou outra condição que diferencie as pessoas, as famílias ou a comunidade em que vivem. (incluído pela Lei nº 13.257, de 2016) Art. 4º É dever da família, da comunidade, da sociedade em geral e do poder público assegurar, com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos referentes à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária.
Parágrafo único. A garantia de prioridade compreende:
a) primazia de receber proteção e socorro em quaisquer circunstâncias;
b) precedência de atendimento nos serviços públicos ou de relevância pública;
c) preferência na formulação e na execução das políticas sociais públicas;
d) destinação privilegiada de recursos públicos nas áreas relacionadas com a proteção à infância e à juventude.
Art. 5º Nenhuma criança ou adolescente será objeto de qualquer forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão, punido na forma da lei qualquer atentado, por ação ou omissão, aos seus direitos fundamentais.
Art. 6º Na interpretação desta Lei levar-se-ão em conta os fins sociais a que ela se dirige, as exigências do bem comum, os direitos e deveres individuais e coletivos, e a condição peculiar da criança e do adolescente como pessoas em desenvolvimento.

https://www.victorsgomez.com/2020/03/estatuto-da-crianca-e-do-adolescente.html

Livro Mosquitolândia de David Arnold

Um livro trocado no Projeto Valença Troca Livros de sábado, Mosquitolândia, de @David Arnold, doação da amiga Luara Brasil.

" Um livro que fala da doçura da vida, da coragem de quem ama e do que precisamos nos afastar para enxergar o que está ao nosso redor." 
Wall Street Journal

06 março 2020

Frases, Apenas Palavras

01- Tudo que eu recebo é resultado do que eu fiz. Certo ou errado, não importa, sempre seremos reflexo do que fazemos.

02- Palavras, são apenas letras jogadas no papel, no espaço. Atos se perpetuam, são concretos, duradouros, bons ou ruins eles mostram quem somos.

03- Você pode pensar o que quiser, agir como quiser, fazer o que quiser, só não pode é esquecer que um dia tudo volta. Então pense o melhor para você e para outras pessoas, só assim você será feliz.

04- Poeta é todo aquele que tem sensibilidade e consegue transformá-la em palavras, independentemente que outras pessoas gostem ou não. Os críticos formados, que me perdoem, mas eles devem ir as favas.

05- Que se quebrem as regras, que se quebrem os paradigmas, que tudo que é para o bem, seja para o bem de todos.


05 março 2020

Sobre o Conselho Tutelar

“É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança, ao adolescente e ao jovem, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e á convivência familiar e comunitária, além de colocá-los a salvo de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão”.

Art. 227 - Constituição da República Federativa do Brasil




03 março 2020

Como Fazer uma Boa Postagem para Redes Sociais

Divulgar não é só colocar uma foto com nome da empresa, endereço, telefone. Divulgar é algo maior, que dá trabalho, e para isso você tem que gostar do que está fazendo, ou melhor amar o que faz. Não adianta fazer um banner e escrever uma meia duzia de palavras. Existem banner e banners. Para fazer uma boa divulgação nas redes sociais, sem medo de ser deletado, o post deve ser breve mas relevante, e se possível nunca deve vir com o que eu disse na primeira linha. Eu trabalho assim, e se você quiser aprender como fazer uma boa postagem para redes sociais entre em contato comigo. Victor S. Gomez

01 março 2020

Frases Cidadania

01- O caminho é longo e árduo em todos os sentidos, mas ainda acredito que é possível ser feliz nesse país.

02- Muita gente tem de entender que o caminho para cidadania passa pela cultura, educação e uma politica econômica forte que garanta uma melhor qualidade de vida para todos.

03- Que tal tirar do rosto esse ar pesado. Seja feliz com um sorriso bem largo! Não é melhor assim?

04- Paciência além de ser uma virtude é um talento... Uma hora se consegue!

05- Eu cresço a medida que eu aprendo, ai de quem nunca conseguir aprender nada!


Passo a passo de como criar uma ONG