Pesquisar este blog

19 fevereiro 2019

Projeto Literatura - O Escritor

Pensamentos que Penso ser Poesia

Olha, o quanto eu pensei antes de postar isso aqui, ninguém imagina. 

Acho que vou começar a postar meus escritos aqui, como se fosse uma série. Não sei, de vez em quando um texto novo. Pode ser que fique legal. Não me considero um poeta, mas algumas coisa que escrevo soam com poesia, são pensamentos poéticos. Algo que de tanto explodir dentro de mim, abriu um buraco e conseguiu sair, indo parar em um pedaço de papel. Textos saídos da alma, de lugares esquecidos da mente, pedaços do meu coração jogado na tela de um computador. Pensei em chamar isso de: Pensamentos que Penso ser Poesia.

Só não reparem, é apenas um experimento.



O escritor se tortura, 
se expõe, 
tira leite de pedra, 
e chora, 
e se xinga, 
faz de tudo um pouco, 
muito mais do que pode. 
Ele traça novos caminhos, 
as vezes perde a estribeira e até o caminho. 
Coloca no papel o que pensa, 
mas nem sempre acerta, 
mas mesmo assim se rasga, 
se contorce, 
dilacera sua alma, 
se torna protagonista em muitas histórias, 
trazendo à tona as reminiscências dessa e de outras vidas. 
Se faz fraco, 
as vezes até parece forte, 
mas deseja com tal intensidade que todos o entendam, 
as vezes até consegue, 
outras não. 
Sua verdade pode ser ambígua, 
mas o amor que coloca em suas palavras é verdadeiro.

Aviso: A cópia de qualquer texto sem autorização expressa do autor constitui crime de violação de direito autoral, conforme o art.184 do código penal cominado com a lei nº 9610 de 19 de fevereiro de 1998.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caso tenha gostado do que encontrou aqui, comente o artigo que acabou de ler.

Passo a passo de como criar uma ONG