Pesquise Modelo de Projeto Social

30 setembro 2016

Desinformação

O vídeo chega a ser engraçado, mas se pensarmos bem deveríamos é chorar.


Lançado pela ONG Instituto Reciclar, mostra o tamanho da desinformação no Brasil. Se dependermos dessas pessoas para a melhoria do meio ambiente, sinto que pouco faremos.

Temos que continuar nosso trabalho de conscientização, para o maior número de pessoas possíveis, ai sim, talvez consigamos alguma coisa.

22 setembro 2016

Três Editais do Programa IberCultura Viva

Não perca essa oportunidade fantástica.
Edital de Apoio a Redes
Edital de seleção de textos
Edital Concurso Videominuto

Para fortalecer o trabalho e fomentar a articulação de redes de cultura de base comunitária nos países ibero-americanos, o programa IberCultura Viva lança o Edital de Apoio a Redes 2016.  

Um total de US$ 100 mil será dividido entre os ganhadores de duas categorias (US$ 50 mil para cada), sendo que cada projeto poderá receber até US$ 5 mil. Serão premiados os 10 projetos com maior pontuação em cada uma delas.

As inscrições até 31 de outubro. realização dos eventos de 1º de fevereiro e 31 de outubro de 2017. Saiba mais:
http://iberculturaviva.org/edital-de-apoio-a-redes-de-cultura-de-base-comunitaria/

21 setembro 2016

Dia da Árvore na Serra dos Mascates

Em comemoração ao Dia da Árvore, estamos publicando um plantio na Serra dos Mascates em 2011, realizado por voluntários.

Voluntários da Serra dos Mascates praticam o respeito ao meio ambiente.

Em comemoração ao dia da árvore foi feito um trabalho de conscientização com os moradores da Serra dos Mascates, a ideia e que cada um dos moradores se torne responsável pela preservação da Serra.

Educação ambiental sendo colocada em prática.

Texto e fotos de Henrique Luth

 Em uma parceria entre a Unimed Marquês de Valença, a Gerência de Gestão Ambiental e a Subsecretaria de Meio Ambiente, foi realizado neste dia 24 de setembro último, uma caminhada até a Serra dos Mascates, comemorando o Dia da Árvore e em solidariedade à Serra, que foi atingida por um grande incêndio, afetando toda sua cobertura vegetal, fato que prejudica em muito a todos, principalmente as cercas de 09 (nove) moradias e de seus aproximadamente 30 (trinta) moradores. Foram doados mudas de goiaba e ameixa para os moradores locais, (em função da falta de chuva não foi feito reflorestamento no local).

Contando com grande número de colaboradores, médicos, moradores da região, e outros simpatizantes, e tendo um tempo nublado, o que transformou em mais confortável a caminhada até a Rampa de decolagem de parapente.

Antes da subida.

A longa caminhada

Sr. José Roberto, morador local, ajuda no plantio das mudas oferecidas.

O morador Antonio Carlos da Silva recebendo os voluntários.


Subida sem sol foi o que muito ajudou a todos.

Todo grupo com a cidade de Valença ao fundo.

Lanche oferecido aos participantes.

Todos reunidos para a descida.

19 setembro 2016

A Volvo está Recebendo Projetos

A Volvo está recebendo projetos através de leis de incentivo fiscal. Os projetos devem ser voltados para a cultura e a sociedade. Inúmeras peças teatrais, livros, CDs, filmes, apresentações musicais e outras iniciativas que estimulem a cultura e despertem noções de cidadania já foram concretizadas com o auxilio da empresa. Projetos culturais que visem o respeito ao meio ambiente e que reforcem os valores fundamentais a manutenção da cidadania fazem parte da politica da Volvo.


Envio de Projeto
Acesse o formulário online para envio de projeto.
http://www.volvogroup.com/group/brazil/pt-br/sustentabilidade/responsabilidade-social/patrocinios-apoios/Pages/form-patroc-apoios.aspx

Downloads

Política de Patrocínios e Doações (PDF 470KB)
http://www.volvogroup.com/group/brazil/pt-br/sustentabilidade/responsabilidade-social/patrocinios-apoios/Documents/politica_volvo_2013_v2.pdf

13 setembro 2016

Florestas queimando, planeta aquecendo

O Brasil acaba de ratificar o Acordo de Paris da ONU, transformando em lei os compromissos assumidos diante do mundo para evitar mudanças climáticas drásticas.

Enquanto isso, na prática, as florestas sofrem com uma intensa temporada de queimadas, que estão profundamente conectadas com o desmatamento e com o aquecimento global. Para se ter uma ideia, quando há queimadas na Amazônia algo entre 40-50% do carbono retido das árvores vai direto para a atmosfera na forma de gás carbônico, o principal gás de efeito estufa responsável por subir a temperatura do planeta.

E sabia que a destruição das florestas representa, hoje, cerca de 40% das emissões de gases de efeito estufa do Brasil?

Somos o sexto país que mais emite esses gases no mundo! Está na hora de acabar com isso e salvar nossas florestas!

Faça parte desta luta, acesse o site do Desmatamento Zero e mobilize-se.


09 setembro 2016

Vote Consciente

Há muito tempo atrás me falaram que eu não tinha ambição. Tenho ambição sim, não uma ambição desmedida, mas algo bem diferente. Tenho ambição por dias melhores, tenho ambição por uma vida melhor para os meus filhos, tenho ambição por um mundo mais saudável e tenho ambição por uma melhor qualidade de vida para todos. Se isso não é suficiente, então sinto muito. Não quero uma ambição que traga prejuízo pra ninguém, pois é essa ambição que está destruindo nosso país. É desse tipo de ambição que a maioria de nossos políticos são feitos, e como já vimos, isso não trás beneficio algum para o nosso Brasil.

Nas eleições que se aproximam pense bem em quem você vai votar, pois serão os políticos eleitos que nos governarão pelos próximos quatro anos. Pesquise bem, procure saber mais sobre seu candidato, isso fará com que sua escolha seja a melhor possível. Vote consciente, da sua escolha depende o futuro de nossa cidade.


Facebook:

06 setembro 2016

Fragmentação da Mata Atlântica e os Morcegos

Matéria enviada por Sérgio Pereira, Bacharel em Ciências Biológicas, desenvolve trabalhos envolvendo morcegos da Mata Atlântica Fluminense, além de ser Agente de Atividades Agropecuária da SEAPPA atuando no controle do morcego-vampiro.
E-mail: spereirabio@gmail.com

A destruição cada vez maior da Mata Atlântica tem resultado na perda de espécies animais e vegetais. Em relação aos animais, o desmatamento traz, para os remanescentes das populações, riscos como diminuição de alimento, endocruzamento e diminuição da área de vida, entre outros. Em relação aos mamíferos, a fragmentação de florestas modifica grandemente sua diversidade e abundância, e as mudanças ocorrem mais rapidamente em áreas pequenas que nas grandes.
O mundo tropical está indo claramente na direção de uma extrema redução das florestas tropicais, e isto certamente trará extinção em massa de espécies. A causa básica da perda da diversidade orgânica não é a exploração racional, mas sim a destruição de habitats, resultante da expansão das atividades humanas feita de forma irracional.

Entre os mamíferos da Mata Atlântica, os morcegos representam o grupo mais versátil na exploração de alimentos, podendo explorar uma grande variedade de tipos, como sangue, frutos, néctar, pólen, partes florais, folhas, insetos (mariposas, besouros, pernilongos e percevejos), outros artrópodes (como escorpiões), pequenos peixes, anfíbios (rãs e pererecas), lagartos, pássaros e pequenos mamíferos (roedores e morcegos).

Morcego vampiro

Os morcegos frugívoros (alimentam-se principalmente de frutos) desempenham importante papel na dispersão de sementes nas florestas, não diferente no bioma Mata Atlântica. Alguns pesquisadores afirmam que dentre os mamíferos os morcegos são os mais eficientes, sendo os principais responsáveis pela regeneração de áreas degradadas. Essa facilidade de dispersão está associada ao seu hábito de alimentação, sua mobilidade e com as grandes distâncias que percorrem em busca de comida.

Os morcegos insetívoros (alimentam-se principalmente de insetos) capturam suas presas na maioria das vezes voando em nível mais alto que a da copa das árvores, existem relatos de morcegos que sobem a aproximadamente 3.000 metros de altura para alcançar concentrações de mariposas. Outros são importantíssimos como controladores de pragas nas lavouras e nos centros urbanos podem até ajudar no controle do mosquito da dengue. Pode-se dizer que algumas espécies conseguem capturar até 500 insetos por hora.

Um dos maiores problemas enfrentados pelas autoridades sanitárias e ambientais na zona rural envolvendo morcegos está relacionada a um morcego que tem o hábito de alimentar-se exclusivamente de sangue (morcego vampiro) e um dos fatores que tem contribuído para seu aumento populacional é o desmatamento e a inserção da pecuária nestas áreas.

A raiva, uma doença causada por um vírus, pode ser veiculada pelo morcego-vampiro, devido ao seu hábito alimentar, essa doença é transmitida para o gado causando sérios prejuízos aos pecuaristas. No entanto, dado o pouco conhecimento sobre o assunto, costuma-se acusar todas as espécies de morcegos. Por esse motivo, muitos que são benéficos como os frugívoros e os insetívoros são indiscriminadamente exterminados.

A Mata Atlântica é considerada um dos mais importantes conjuntos de ecossistemas do planeta, não só para os morcegos, mas para um grande contingente de espécies de animais e vegetais que merecem toda nossa atenção. E você o que tem feito para preservá-la?

Morcego Frugívoro

CUIDADOS COM ANIMAIS SELVAGENS, INCLUINDO OS MORCEGOS.
A pessoa mordida por qualquer mamífero selvagem, inclusive os morcegos deverão imediatamente lavar o ferimento com água e sabão, procurar os serviços de saúde e relatar o incidente ao médico, que avaliará a necessidade de tratamento anti-rábico, pois os animais selvagens podem estar infectados pelo vírus da raiva.

As pessoas não devem manusear animais selvagens, mesmo que eles pareçam dóceis. Nunca adote ou alimente-os. Limite-se a apenas a observá-los de longe.

Passo a passo de como criar uma ONG