Pesquise Modelo de Projeto Social

27 junho 2014

Edital: Projeto Durante o Ano Todo

Fundação Interamericana recebe projetos durante o ano todo. (contínuo) 

Excelente oportunidade para dar sequência ao seu projeto

A Fundação Interamericana (IAF) financia iniciativas de grupos de base na América Latina e no Caribe e de organizações não-governamentais que os apoiam para promover o desenvolvimento econômico, melhorar as condições de vida e incentivar a participação de pessoas desfavorecidas e excluídas da comunidade. O valor financiado varia de 25 mil dólares (50 mil reais) a 400 mil dólares (800 mil reais, aproximadamente).

No caso da IAF, as propostas são recebidas durante todo o ano e são analisadas à medida que forem enviadas, não existindo um prazo específico em edital.

As propostas para a IAF podem ser enviadas em português e a sua página na internet também está traduzida para o nosso idioma. Segundo a instituição, a avaliação inicial de propostas demora cinco meses, podendo chegar a até 12 , dependendo da complexidade do projeto e do número de visitas que se façam necessárias.

Quer conhecer mais sobre essa oportunidade?
Clique no link abaixo:

23 junho 2014

Jongueiros do Morro da Serrinha Teriam suas Origens em Valença

Jongueiros são expulsos do Morro Serrinha, em Madureira, pelo trafico.

Matéria publicada pelo Jornal O Dia, no dia 22/05/2014 e assinada por Vania Cunha, fala que terreno usado pelos jongueiros do Morro da Serrinha em Madureira - RJ, foi transformado em área VIP pelo tráfico de drogas, que expulsaram seus antigos donos.

"De acordo com a polícia, o local era usado antigamente por praticantes de jongo, uma das danças mais tradicionais da cultura africana e que era praticada há décadas na Serrinha. Os policiais afirmam que os jongueiros teriam sido expulsos pelo tráfico, que decidiu tomar a área."


Jongueiros do Morro da Serrinha em Madureira teriam suas origens em Valença - RJ.


O Blog onde encontrei essa matéria (Jongo da Serrinha), é pra lá de interesante, vale a pena dar uma olhada. 

"Maria Joana Monteiro, a Vovó Maria Joana Rezadeira, nasceu em 24 de junho de 1902 na Fazenda Saudade, perto da Fazenda da Bem Posta, em Marquês de Valença, interior do estado do Rio de Janeiro. Quando criança trabalhou em lavouras de arroz, feijão e café. Seus avós paternos eram africanos, seu avô materno era negro e sua avó materna índia, “pegada no mato”.

Ainda criança, trabalhou na lavoura. Aprendeu o jongo na fazenda onde nasceu. Quando seus padrinhos morreram, órfã de mãe, Maria Joana foi morar no Rio com o pai, que também morreu logo depois. Foi morar em Cascadura, trabalhando como ama-seca. Depois de doze anos no Morro da Mangueira, mudou-se para a Serrinha, onde ficou até morrer." 

Leia mais sobre as origens do Jongo da Serrinha em: http://jongodaserrinha.org/mestres-e-mestras-do-jongo/

Quem souber de algo sobre esse assunto e quiser acresentar algo ao texto, ou mesmo contestar essa matéria, entre em contato comigo.
Não encontrei as referidas fazendas em Valença. Gostaria de saber se elas existem.
Descobri que a fazenda Bemposta fica em Três Rios. 

http://mapadecultura.rj.gov.br/manchete/fazenda-bemposta-1

Em um texto do INEPAC, com participação do Professor Adriano Novaes, encontrei a Fazenda da Saudade em Rio das Flores.

http://www.institutocidadeviva.org.br/inventarios/sistema/wp-content/uploads/2008/05/21_faz-saudade.pdf

21 junho 2014

Mais Frases sobre Projetos Sociais e Outras

Mais Frases de Victor S. Gomez sobre Projetos Sociais, cidadania e outras.

1- O mundo é dos que dividem, dos que compartilham, dos que contribuem, dos voluntariosos. Os que não se comportam assim simplesmente passam por aqui como se não existissem.

2- Quando alguém tenta se convencer que fez a coisa certa, é que com certeza perdeu o bonde da história. Se você fez a coisa certa, não precisa convencer ninguém de nada.

3- Que o sol esteja sempre brilhando em nossas vidas. 
Paz e luz para todos.

4- Esqueça um pouco de você e pense mais no todo. Reflita.

5- Existem algumas pessoas que conhecemos apenas pelo que são, outras pessoalmente, mas existem aquelas que são especiais e conhecemos por aquilo que fazem, principalmente se aquilo que fazem, é feito com amor e e respeito a todos.

6- Escrever me aquece a alma, ilumina minha vida, faz com que eu me sinta mais produtivo. Quando escrevo não penso somente em mim, penso em tudo que posso passar de bom para outras pessoas. E quando alcanço meu objetivo, é gratificante.

7- Quando alguém lhe disser que você não consegue, faça assim mesmo.
Quando alguém lhe disser que e muito difícil, faça assim mesmo.
Quando alguém lhe disser que é impossível, faça assim mesmo.
Nada é impossível quando você acredita em si mesmo.

8- Qual é a real importância que temos na vida de nossos amigos?
Só sabemos disso quando a oportunidade se faz presente, ai vemos a verdadeira amizade. O verdadeiro amigo se faz presente, nos melhores e nos piores momentos de nossa vida, seja de maneira que for. A presença física ou mesmo uma pequena mensagem de texto já é o bastante para que possamos ver o quanto somos importantes para alguém. A amizade não pesa só para um lado, ela é uma balança com igual medida.

9- Plantar árvores me parece ser um bom caminho para melhoria do nosso meio ambiente. Quanto mais árvores, mais qualidade de vida.

10- Quero apenas que a paz chegue para todos e que um dia o caráter seja a principal identificação de uma pessoa e não sua religião, cor ou orientação sexual.

11- "Pensando ser incapaz de fazer qualquer coisa por sentir-se muito fraco, insistiu até conseguir o que todos enxergavam como impossível.
Quem verdadeiramente se esforça, eleva o espirito e consegue o que a maioria enxerga como impossível."

12- O tempo deixa suas marcas, mas só devemos guardar as que nos fazem bem ao coração.

13- Cuidado com o que se posta na internet. A irresponsabilidade pode tornar você responsávael por uma tragédia.

14- Livros são como pássaros, livres para voar, espalhando cultura e cidadania.

15- A emoção de deixar o livro na praça é indescritível! Como alguém que se separa de um filho, mas sabendo que ele tem que ter sua própria vida, crescer.

16- O vento leva a música que rodopia entre telhados, nas frestas das janelas, pelos ouvidos alheios, eternizando o amor nos corações de quem ouve.

17- Tenha sempre em mente, os bons sonhos nunca morrem.

18- Quando pensamos sozinhos algumas coisas podem acontecer, mas quando pensamos juntos, tudo pode mudar ao nosso redor.

19- Como é bom aprender mais, se informar mais, em um lugar tão agradável como a Fundação Léa Pentagna.

20_ Ainda há muito de bom nesse mundo que vale a pena lutar. Mesmo que você não consiga ver, ainda resta a esperança de um mundo melhor.

21- É uma luta voluntaria e solitária fazer esse blog, e os outros que faço, sem contar as páginas no Facebook, mas não me arrependo, pelo contrário, insisto e continuo em frente, sempre com mais amor e didicação.

22- Algumas imagens ficam na lembrança, distantes como um cometa que passa ao longe, outras ficam no coração e nunca nos deixam.

23- Me sinto melhor quando começo a ajudar alguém, quando desperto meu sentimento voluntário e altruísta. 

24- É impossível esquecer aquilo que nos toca o coração, mesmo que não possamos voltar no tempo, em nossa alma essas imagens irão se repetir para sempre.

25- Amar um lugar, uma pessoa, é com uma película de um filme, podemos cortar o que é bom e levarmos as melhores imagens para sempre, isso é que nos faz bem.


18 junho 2014

Edital para Compra de Instrumentos Musicais

Atenção ONGs, Bandas e Músicos! Náo percam essa.

Informações sobre edital para compra de instrumentos musicais divulgado pela Agência do Bem

O projeto tem o objetivo de disseminar o ensino de música como ferramenta para o desenvolvimento humano e social, O edital foi lançado no dia 11 de junho pela Edital Rede Música e Cidadania, durante o 7º Fórum da Rede de Organizações do Bem.

O edital permitirá a abertura de novos polos das Escolas de Música e Cidadania em parceria com outras organizações que já atuem na mesma área. O Edital selecionará 3 parceiros que receberão R$ 6 mil de recursos para compra de equipamentos e instrumentos.


As inscrições estão abertas desde o dia 13 de junho e se estendem até o dia 30. As organizações interessadas em concorrer deverão baixar o Regulamento do Edital Rede Música e Cidadania e o Formulário de Inscrição através do link abaixo:

Podem participar organizações sociais, sem fins lucrativos, legalmente constituídas que:

– Disponham de CNPJ, Ata de Eleição de Diretoria e Estatuto atualizados;

– Apresentem histórico consistente de atuação social; 

– Preencham correta e integralmente o Formulário de Inscrição;

– Entreguem o formulário até a data limite estipulada no Edital;

– Atuem nos municípios do Rio de Janeiro Duque de Caxias, Itaguaí, Nilópolis, Nova Iguaçu, São Gonçalo, Itaboraí, Niterói, São João de Meriti, Japeri, Queimados, Belford Roxo.

Maiores detalhes no Regulamento do Edital ou pelo e-mail: redemusicaecidadania@agenciadobem.org.br 

Não serão prestadas orientações por telefone, apenas pelo endereço eletrônico acima.

13 junho 2014

Nova Lei Regulamenta Prestação de Contas para ONGs

Assinado no dia 23 de maio, pela Presidente Dilma Rousseff, nova lei que regulamenta a prestação de contas para ONGs.

DECRETO Nº 8.244, DE 23 DE MAIO DE 2014

Produção de efeito
Altera o Decreto nº 6.170, de 25 de julho de 2007, que dispõe sobre as normas relativas às transferências de recursos da União mediante convênios e contratos de repasse. 

O decreto:

“Tem dois objetivos. Um é reduzir a burocracia e simplificar os processos através dos quais se relacionam os convênios do Estado com a sociedade, e, segundo, garantir que a prestação de contas se dê de forma mais exigente quando se tratar de maiores recursos”, disse a presidenta, em discurso durante o lançamento da Política Nacional de Participação Social.


10 junho 2014

Pedro Veludo Recebe Prêmio da CRESCER

Mais um prêmio para o amigo e escritor Pedro Veludo.

Prêmio da CRESCER, "30 melhores livros do ano 2013", pelo livro "Da Guerra dos Mares e das Areias" deu direito a um troféu para o Escritor Pedro Veludo.


Em 2002, cerca de 630 livros infantis foram doados pelo escritor Pedro Veludo  para escolas do município de Valença - RJ.

Cada escola recebeu um kit para serem trabalhados pelas professoras com as crianças.


Duas das escolas receberem a doação foram: O CIEP 157 do Bairro de Fátima, a Escola Municipal Nossa Senhora da Aparecida.


Os livros foram doados em quantidade equivalente ao número de alunos de cada turma e com isso as crianças poderão interagir melhor com o livro, o que será benéfico e servirá melhor como incentivo a leitura.


O Escritor Pedro Veludo nasceu no Porto, em Portugal, morou em Moçambique uma boa parte da sua vida, mas adoptou o Brasil como sua terra. Formou-se em Engenharia de Telecomunicações e fez Formação de Ator e algumas disciplinas de Direção, na UNI-RIO. Tocou baixo em uma banda de rock, foi vocalista em um dueto de música popular, produziu espetáculos de variedades, foi ator de teatro e experimentou algumas práticas circenses.

https://www.facebook.com/pedro.veludo

06 junho 2014

Ganhe o Livro “Universo Interior” – Contos – Infanto Juvenil

Se você gosta de uma boa leitura, aproveite essa promoção que fiz no Facebook.
Sorteio do Livro “Universo Interior” de Victor S. Gomez

Há algum tempo atrás me pediram para fazer esse sorteio, mas só agora que consegui um tempinho para organizar isso. Espero que gostem.

É só curtir a página Victor S. Gomez – Responsabilidade Social, compartilhar o link da promoção e concorrer ao Livro “Universo Interior” – Contos – Infanto Juvenil.

O livro "Universo Interior" foi lançado pela Editora Patuá em 2013 e está a venda no site da editora: http://www.editorapatua.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=189

03 junho 2014

Blog Cidadania, 70.000 Visualizações no Youtube

Comprometimento com o social de forma séria e honesta.


70.000 visualizações no Youtube

212 vídeos publicados

Vídeos sobre Cidadania, Projetos Sociais, ONGs, Cultura, Folclore


"Cada passo que damos deve ser medido pelo esforço que fazemos para ajudar alguém, de nada adianta pensarmos somente em nós, devemos sempre pensar que fazemos parte de uma sociedade e que se ela não for bem cuidada, tanto espiritualmente como socialmente, não teremos um futuro digno para nossos descendentes." 
Victor S. Gomez é Escritor, Artista plástico, Ator e Educador social: 

- Trabalhou com crianças em situação de risco social pela prefeitura do Rio de Janeiro como terceirizado (1998-1999). 

- Fundador da ONG CECI -- Centro Cultural Criança Cidadã -- Seropédica (2002-2005). 

- Coordenador do curso de informática das ONGs CADECS e CECI em parceria com o CDI (Comitê para Democratização da Informática), durante os anos de 2000/2005. 

- Participou como convidado do evento de meio ambiente TEDx-Amazônia, em Manaus, representando a cidade de Valença (2010). 

- Em 2011 recebeu o Título de Cidadão Valenciano pela Prefeitura Municipal, pela imensa contribuição e relevantes serviços prestados ao município de Valença. 

- Voluntário da AGFORV - Associação dos Grupos de Folias de Reis de Valença exercendo a atividade de Fotografia, Filmagem e Divulgação na Internet (2013).

Autor do Livro Universo Interior publicado pela Editora Patuá. (2013)

Passo a passo de como criar uma ONG