Pesquise Modelo de Projeto Social

30 novembro 2011

Matéria de Projetos Sociais

Boa noite!

Pesquisando na internet achamos o projeto Biblioteca Amiga (http://www.victorsgomez.com/2009/06/modelo-de-projeto-social.html) em seu blog, achei muito interessante esse projeto, pois está bem detalhado e com todas as fases bem definidas.

Neste período da faculdade temos a matéria de Projetos Sociais, e a professora pediu para pesquisar e analisar um projeto. Escolhemos esse, mas precisamos saber qual foi o resultado dele, se ele deu certo, se não deu, os motivos. Se o senhor puder responder essas questões para nós seria de muita ajuda.

Desde já agradecemos,

Ana Elisa e Daiane.


Olá Ana

O projeto Biblioteca Amiga foi um projeto de incentivo à leitura realizado no município de Seropédica. Trabalhei nesse projeto por cinco anos e fui Diretor Executivo da ONG CECI - Centro Cultural Criança Cidadã durante esse período, me afastando em 2006 por motivos pessoais. Como fui morar em outro município ficou inviável continuar a frente desse projeto, então pedi meu desligamento definitivo da ONG e me mudei para Valença.

O projeto Biblioteca Amiga ainda durou alguns anos após minha saída, pois deixei o projeto sob os cuidados da Paróquia Maria Mãe da Igreja, mas  depois desse tempo eles não conseguiram mais financiamentos e tiveram que fechar as portas.

Durante o período que geri o CECI tivemos uma aceitação muito boa pela comunidade, nessa época atendíamos há uma média de 70 crianças por dia, com um grupo de teatro que fazia incentivo a leitura, biblioteca e curso de informática.

Aqui em Valença ainda atuo na área social e em projetos de meio ambiente.

29 novembro 2011

Jogue Limpo com o Rio Preto

Matéria sobre meio ambiente enviada por Henrique Luth.



A Gerência de Educação Ambiental do INEA convida para o movimento “Jogue Limpo com o Rio Preto” a ser realizado nos dias 04 e 05 de dezembro conforme programação. O evento é parte dos encaminhamentos do Seminário sobre os Impactos Socioambientais e Governança realizado em julho deste ano e consulta a comunidade sobre o tema a ser abordado.

Veja a programação:

Dia:04/12 Domingo
Local:
Centro Cultural Visconde de Mauá
09h00 – 13h00:
Fórum de cultura, meio ambiente e memória áudio-visual da região de Visconde de Mauá
Participantes:
Gilberto Lopes – Cineasta
Roberto Mader – Cineasta
José Tavares – Morador e cineasta amador
Gaia Sanvicente – Pedagoga e produtora de cinema social
15h00 – 18h00
Exposição dos trabalhos das escolas da região com o tema título do movimento e atividades educativas com as crianças e jovens.

Dia:05/12 Segunda Feira
Local:
Construção anexa ao posto de gasolina entre Maringá e Mauá.
09h00 – 18h00:
Fórum S.O.S Rio Preto
Participantes:
Prodetur
Projetos relacionados à estrada-parque com impactos positivos na conservação do Rio Preto
Área de Proteção Ambiental da Mantiqueira – APAM
Plano de contingência, monitoramento e sistemas de alerta
CBH-MPS – Cômitê de Bacia Hidrográfica do Médio Paraíba do Sul
A importância ecológica do Rio Preto para a região e a perspectiva da construção de PCH´s na calha de seu leito
INEA RJ
Em busca de um formato de gestão participativa e desdobramentos do Seminário Sobre os Impactos Ambientais e Governança na Região de Visconde de Mauá
Águas de Agulhas Negras
Sistema e operação das ETES nas vilas de Visconde de Mauá, Maringá e Maromba.
Secretários municipais de Bocaina de Minas, Itatiaia e Resende.
Planejamento e perspectivas dos sistemas de saneamento básico no município

25 novembro 2011

Curso Gratuito de Captação de Recursos em Rio Bonito

Captação de Recursos

Enviado por Chris Campos da Rede do Terceiro Setor

Sesc Rio apresenta:

Projeto Saber Comunitário

Fontes Públicas, Privadas e Civis de Financiamento de Projetos

Objetivo: Detalhar a agentes culturais e demais interessados as principais formas e fontes de recurso financeiro para projetos culturais, bem como distinguir as principais instituições financiadoras do mercado cultural brasileiro.

Dias 29 e 30 de novembro, de 8h às 18h. (Grátis)

Captação de Recursos através de Leis de Incentivo e Editais de Financiamento Direto

Objetivo: Orientar agentes culturais e demais interessados na captação de recursos privados e públicos para a realização de projetos culturais, sócio-culturais e esportivos com foco na conquista do patrocínio.

Dias 01 e 02 de dezembro, de 8h às 18h. (Grátis)

Local :
Sociedade Musical e Dramática Riobonitense , na Avenida Manuel Duarte, 981, Centro, Rio Bonito.

Inscrições:

21 3634-8782/ 21 9505-1855 (segundas, quartas e sextas, de 8h às 12h).

21 2712- 2907 ( terça à sábado, de 9h às 18h)

sociedademdr@yahoo.com.br ou josianecampos@sescrio.org.br


24 novembro 2011

Programa de Educação Vale dos Tambores

Matéria enviada por Henrique Luth.

Programa de Educação Vale dos Tambores na Região do Ciclo do Café

Escola Municipal Nossa Senhora de Aparecida - Valença - RJ

Seguindo o Programa de Educação Vale dos Tambores na Região do Ciclo do Café, que trabalha educação de forma participativa, interagindo toda a comunidade em relação a Escola.

Com o lema: "A mentalidade das comunidades modifica-se na medida em que recebem informações sobre a cultura desde os bancos escolares, passando a ser como guardiãs do acervo e origem de sua identidade cultural", a Escola Municipal Nossa Senhora de Aparecida promoveu a apresentação da II Feira Cultural - Cuide do que é Nosso - "Nossa Escola, Nossa Família, Nosso Bairro, Nossa Cidade".

Com a presença da Secretária de Educação, Sra Dilma Dantas, a Diretora Sra Beth Serafin recebeu aos presentes, e os alunos apresentaram trabalhos, exposição, músicas, poesias, e outros mais, desenvolvendo assim um trabalho de resgate da cidadania com os alunos.

Estão de parabéns a Secretária Dilma Dantas, a Diretora Beth, a professora Aline, e toda equipe de professores e pessoal de apoio do educandário.

Fotos Victor S. Gomez

A Secretária de Educação Sra Dilma Dantas, Professoras Beth e Aline

Apresentação dos trabalhos pelos alunos

23 novembro 2011

Para quem tem Projetos Criativos

Se você tem projetos criativos, ai vai a dica do Carlos, Visite o site do Catarse e veja como conseguir financiar seu projeto.

Oi,
Você quer fazer um filme ou participar do financiamento coletivo de filmes?
Aí vai um dica.
Explore os projetos, encontre aqueles que mexem com seu coração, e faça acontecer!

http://catarse.me/pt/explore#
Um abraço,
Carlos R. S. Moreira (Beto)

O Catarse funciona assim: você envia seu projeto, diz quanto precisa e até quando quer arrecadar este dinheiro. Aí você divulga o projeto e as pessoas podem optar por apoiar com qualquer valor a partir de R$ 10 e receber recompensas por isto! Se até o prazo escolhido você tiver atingido o valor que precisa, você recebe o dinheiro. Senão, todo mundo recebe o dinheiro de volta. Simples assim. 




22 novembro 2011

Cidadania - Projetos Sociais - ONGs no Blog do Bem Fazer

Blog do Bem Fazer publicou em 2009 uma máteria sobre Victor S. Gomez.

“Comecei meu trabalho no Terceiro Setor como Educador social, para a Prefeitura do Rio de Janeiro, como terceirizado, em abrigo para crianças e adolescentes em situação de risco social. Além de atendermos crianças de comunidades carentes e crianças que viviam na rua, recebíamos também crianças e adolescentes de 2ª vara (tempos atrás chamados de menor infrator). É um trabalho muito difícil, pois as condições são precárias, e o educador fica entregue a própria sorte.

Trabalhei também com um projeto do Comunidade Solidária (Projeto do Governo Federal), ai já era uma coisa particular, éramos um grupo de 6 pessoas que queríamos fazer algo e resolvemos por a mão na massa. O projeto atendia jovens de Paciência e jovens de uma instituição de recuperação de drogados. O trabalho consistia de curso de horticultura, minhocultura, alem de passeios culturais, visitas a museus, hortos, etc. Leia mais aqui...


21 novembro 2011

Como Faço para Abrir uma ONG?

"Há muito tempo venho estudando e amadurecendo uma vontade de criar uma ONG ou OSCIP, voltada à recuperação de dependentes químicos, na minha cidade Natal/RN, onde só temos o Hospital João Machado e algumas clínicas públicas, que são tratados todos juntos, sejam drogados, doentes mentais, e tudo o que jogarem lá dentro. Meu objetivo é fazer um trabalho diferenciado, somente com dependentes químicos, onde eles possam ser libertos das drogas e ainda saírem capacitados para o mercado de trabalho e poderem voltar orgulhosos aos seus lares.
Preciso que me oriente qual seria o melhor passo:
1º - ONG ou OSCIP
2º - Seria ideal que a documentação fosse tratada por um advogado?
3º - Quanto ao projeto social para uma parceria.
Parabéns pelo material exposto no blog.
Fico no aguardo de uma resposta.
Marcelo
"

Respondendo ao email acima, postei algumas dicas para aqueles que pretendem abrir uma ONG. Leiam com atenção e procurem definir bem seus objetivos. Caso precisem de algum esclarecimento, entrem em contato comigo deixando um comentário no blog ou pelo formulário de contato.

  • O ponto principal é definir quais os objetivos sua ONG vai ter. Em quais áreas ela vai atuar? Cultura, educação, saúde, meio ambiente? Decida sempre em assembléia, para que tudo fique bem claro. Discuta incansavelmente esses objetivos. 
  • Convide pessoas, de preferência da comunidade, onde ficará localiza a sua ONG, para formar a diretoria da instituição. O número mínimo de pessoas para formar a diretoria é de 5, se for mais, escolha pessoas que tenham afinidade com a área social ou que já estejam engajadas em algum trabalho voluntário.
  • Tente estabelecer objetivos bem claros para a instituição, na que eu fundei trabalhávamos com a educação e cultura. Oferecíamos teatro com incentivo à leitura, aulas de informática, Pesquisas escolares, reforço escolar e palestras, etc.
  • Acho que um dos passos principais é definir o local da sede, para poder começar o trabalho. Se não tiverem um local, façam parceria com uma associação de moradores ou com alguma igreja local, eles estão sempre abertos ao dialogo e tem muita vontade de ajudar.
  • Defina o estatuto social da forma que está no modelo que postei aqui anteriormente e imprima 3 cópias de cada. Não se esqueça da participação de um advogado, para a devida analise do mesmo e para que ele rubrique todas as páginas.
  • Faça a ata de fundação de acordo com o modelo já postado aqui e também imprima 3 cópias. Não se esqueça da assinatura de todos os participantes da assembléia.
  • O estatuto deve ser discutido e aprovado em assembléia geral, anunciada largamente na comunidade, onde também deverá acontecer a eleição da diretoria da instituição. Acabado o processo de discussão e aprovação do estatuto, registre em cartório de pessoa jurídica o estatuto e a ata de fundação. È opcional, mas também recomendável, que se publique em Diário oficial o resumo do estatuto.
  • Como falei anteriormente, tente encontrar na comunidade um contador, que se identifique com as propostas da instituição, para facilitar o trabalho das contas da ONG. Logo no inicio ele terá de dar entrada no CGC (CNPJ) o cadastro do Ministério da Fazenda e alvará de funcionamento.
  • Para terminar é bom que se solicite a qualificação da ONG, como Organização da Sociedade Civil de Interesse Publico no Ministério da Justiça, o que futuramente facilitará nas parcerias com Empresas e órgãos governamentais, como prefeituras e outros.

19 novembro 2011

Professoras Lutam pela Cidadania

As professoras da Escola Municipal Nossa Senhora da Aparecida metem a mão na massa e lutam pela cidadania. Merecedoras de aplausos essas guerreiras de nossa cidade, vem desenvolvendo um trabalho de resgate da cidadania com os alunos dessa instituição.

"A mentalidade das comunidades modifica-se na medida em que recebem informações sobre a cultura desde os bancos escolares, passando a ser como guardiãs do acervo e origemde sua identidade cultural".

A apresentação da II Feira Cultural - Cuide do que é Nosso - "Nossa Escola, Nossa Família, Nosso Bairro, Nossa Cidade", foi um sucesso e comtou com a presença  da Vice-Prefeita de Valença, Dilma Dantas, prestigiando o evento.

 









Escola Municipal Nossa Senhora da Aparecida, Valença, RJ, turma 9º ano, trabalho sobre o Vale do Café, apresentado na II Feira Cultural.

18 novembro 2011

Parque Natural Municipal do Açude da Concórdia

Parque Natural Municipal do Açude da Concórdia é um parque de 23 ha, criado em de dezembro de 2001 com o objetivo de garantir a preservação do corpo d´água e da vegetação circundante do Açude da Concórdia, no município de Valença

Localizado na Serra da Concórdia, sua criação e gestão são conduzidas em parceria com a AMA-Médio Paraíba, Prefeitura Municipal de Valença e IEF-RJ.

Para maiores informações entre em contato :

ama_medioparaiba@yahoo.com.br

tel: 0xx- 24-9969-1018






16 novembro 2011

Projeto Onda Carioca

A diferença se faz com trabalho, amor e dedicação. 

O Onda Carioca é uma ONG que se preocupa com seu semelhante e busca levar a todos uma melhor qualidade de vida. 

Com vários projetos em andamento essa instituição vem fazendo um grande trabalho de inclusão social na cidade do Rio de Janeiro. Veja alguns desses projetos aqui...

"Uma organização sem fins lucrativos que tem como objetivo aproximar pessoas, expandir a consciência e realizar ações e projetos de natureza social, cultural e ambiental que promovam o desenvolvimento sustentável do Rio de Janeiro com vistas a uma melhor qualidade de vida para as pessoas que aqui vivem."



14 novembro 2011

Entrevista com Wesley Rocher Monteiro

Entrevista com Wesley Rocher Monteiro, Curador da Galeria Arte Cultura Valença - RJ.

Na entrtevista, Wesley Rocher Monteiro conta toda a história do projeto de criação da Galeria Arte Cultura Valença - RJ e quem foram os seus apoiadores, além de mostrar que o fortalecimento cultural é uma ferramenta importante para o turismo da cidade de Valença

Sem cultura não somos nada, com cultura somos cidadãos.


Visite a Galeria Arte Cultura de Valença


11 novembro 2011

Sobre ONGs Sérias II


Na Revista VEJA do dia 9 de novembro de 2011 foi publicada uma matéria que tem como título, o seguinte:  

ONGs, as do bem (a maioria) pagam pelas corruptas.

Na mesma matéria é frisado o seguinte: 

A maioria é do bem. As ONGs usadas por políticos malandros para desviar dinheiro do governo federal emporcalham a imagem de todas a assosciações e fundações, mas elas são minoria.

Fonte: IBGE, Contas Abertas e controladoria Geral da União.

Das 340.000 ONGs existentes no Brasil, 99,4% não recebem dinheiro do Governo Federal.

Então dá para a gente ter uma idéia do que acontece, existem sim ONGs sérias em nosso país, que trabalham dignamente e não se misturam a essa corja de políticos corruptos, que sem generalizar, não são todos.


Alguns comentários sobre ONGs sérias na Rede Terceiro Setor:

Bem oportuno seu texto, Victor

Concordamos com tudo o que esta escrito !

Em  2010, nós da Pra fazer Cultura-PRAFAC Carnaval das Culturas entramos com processo no Juizado Especial contra o Jornal do Brasil por uma matéria tendenciosa sobre nossa ONG (11 de janeiro de2010), que, alem de  caluniosa e preconceituosa,  falava de um dinheiro que JAMAIS recebemos da Secretaria de Cultura! A matéria continha mentiras, infâmias e preconceitos em seu teor, e estava claro que o objetivo do texto era muito mais agredir a Secretária, na época Jandira Feghalli, e fomos usados como bode expiatório, afinal, para que servem as ONGs senão para serem acusadas!!.
Pois acredite se quiser, depois de o Jornal do Brasil faltar a várias audiências de conciliação, a Juíza, alem de não julgar à revelia, ainda decidiu à favor deles, alegando que aquela reportagem em nada nos prejudicou, pois o evento já havia sido realizado e que é direito do jornal publicar opiniões,  não tendo culpa os editores e nem o repórter ! Na verdade essa Juíza nem sequer leu o processo, pois se o tivesse feito, veria o quão incabível foi a sua decisão! Mas fomos informados que, caso quiséssemos recorrer, pagaríamos todas as custas processuais se perdêssemos!

Enfim... Mesmo que se prove o contrário, as ONGs sempre são penalizadas!

Se nos permite apenas uma correção. Há muito mais ONGs sérias, comprometidas com as causas sociais, do que políticos que agem com seriedade e realmente pensem na população.

Carnaval das Culturas


Concordo integralmente com a questão levantada:

Existem ONGs sérias trabalhando e muito por todo o Brasil e a mídia tem que separar o joio do trigo em suas colocações! BASTA dessa irresponsabilidade!

A imprensa tem que se curvar a isso e respeitar o trabalho sério dessas instituições. Não podemos aceitar que se generalize e se passe por cima de pessoas que trabalham duro para que as coisas aconteçam.

Força e paz para todos!
Eloísa Helena
arte educadora

Ainda na 1a página de O GLOBO de domingo (6 de novembro de 2011 ), mais uma vez o termo "ONG " aparece em letras garrafais em matéria sobre corrupção.

Creio que principalmente nós, da Rede 3o Setor, poderíamos nos unir para exigirmos reparação e o mesmo espaço na mídia como direito de resposta pela depreciação que vem sendo feita ha anos, e que nos prejudica, sim, moral e financeiramente, além de denegrir nossa imagem, e nos deixar à mercê desses "compradores" de CNPJ!

Lucia Sons- Carnaval das Culturas, da Pra fazer Cultura PRAFAC

08 novembro 2011

Amanhã Arte e Cultura em Valença, Imperdível

Não perca é nessa quarta-feira, dia 09 de novembro a partir das 11:30 hs.

 

O Governo Municipal de Valença inaugura, no dia 09 de novembro, a Galeria Arte e Cultura, no segundo piso do Centro Administrativo da Prefeitura Municipal.

O objetivo desse projeto, pioneiro em nossa região, é fomentar a produção das artes plásticas do Município, contribuir com sua divulgação e promover a integração comunitária, aproximando a arte do público.

Além disso, visa valorizar e divulgar os artistas da cidade, tanto os já consagrados, como também os novos talentos, oferecendo uma nova opção para mostrarem sua arte e dando oportunidade à comercialização de suas obras.


04 novembro 2011

Marko Andrade em Diadema

Mês da Consciência Negra com Marko Andrade em Diadema.

Se você estiver por perto dá uma passadinha lá. 

Você terá um final de semana maravilhoso curtindo música de qualidade.

Do dia 18 ao dia 20 de novembro.

Marco Andrade é Musico, Produtor cultural, Compositor, e Poeta periférico. Seu trabalho é um radical conceito da sonoridade que ronda a periferia de todos os lugares.


Ao toque do tambor, encantada pela sinergia dos orixás, a diáspora africana ainda hoje sustenta nossos fundamentos neste mundo sempre novo. Demarca nossas referências através dos ensinamentos dos quilombolas de Zumbi, mas também de Ganga Zumba, Dandara, Manoel Congo de Solano Trindade e outros homens e mulheres afrodescendentes. Tão fortes, tão modernos, tão importantes, que suas idéias e ações povoam ainda nosso imaginário e nossa realidade. 

Trafegando por essas imensas infovias, estradas carroçáveis do mundo atual, Zumbi prossegue em seu levante, fazendo circular a possibilidade de trocas constantes, universalizando a natureza multicultural de nossa matriz africana, impondo-se no século XXI como uma forma agregadora capaz de sobreviver ao tempo. E, para além de impregnar o cenário cultural atual, capaz de dar continuidade à incrível saga de Palmares, distribuindo, lá adiante, numa espiral infinda de fé, generosidade, transformação e liberdade para todos, sempre.
Axé, Zumbi.

KILOMBO XXI

Aldeia Grande

Marko Andrade


01 novembro 2011

Sobre ONGs Sérias

 
Em setembro de 2008 escrevi uma postagem que cabe repetir aqui. Antes escrevo minha indignação agora.

Não é possível que os meios de comunicação fiquem repetindo que as ONGs estão envolvidas em escândalos de corrupção e se esqueçam de falar sobre o trabalho sério de milhares de ONGs que trabalham duro para completar o trabalho parco que é realizado pelo governo. Pessoas que se dedicam por inteiro, de sol a sol e muitas vezes nem são remuneradas. Voluntários que as vezes se esquecem de si próprios e da família para levar cidadania para todos os cantos do país.

O que sei é que toda essa corrupção que está por ai é obra de políticos oportunistas e sem pudor, que roubam de tudo, de todos e a todo o momento. E quem não sabe que essas ONGs envolvidas em escândalos de corrupção são as que pertencem a esses marginais, ou estão na mão de seus laranjas.

Como me disse meu amigo Henrique Luth essa manhã: "Uma das coisas mais difíceis é conseguir a aprovação de um projeto vindo do governo sem a intervenção de algum político."

Vamos divulgar o trabalho sério de quem merece. Existem ONGs que não prestam, como existem políticos que não prestam, mas tem muita gente boa por ai que trabalha com amor e dedicação e não merecem ser colocadas no mesmo saco desses ignóbeis.

Repito aqui a postagem de setembro de 2008.

"Saiu no Jornal do Brasil do dia 08 de setembro de 2008. "Indústria de ONGs cresce há seis anos".

É hora de se separar o joio do trigo. Como em todo lugar existem bons e maus. Bons políticos, maus políticos, bons policiais, maus policiais, bons médicos, maus médicos e por ai vai. Precisamos ficar atentos para não generalizarmos. Para não cometermos erros, injustiças, com aqueles que verdadeiramente trabalham com seriedade e honestidade. Quando se joga uma manchete dessas na primeira página de um jornal do porte do Jornal do Brasil, a que se ter certo cuidado.

As pessoas estão acostumadas a ler a reportagem e sair por ai dizendo: - Só tem ladrão nessas ONGs. Por isso é bom que se faça uma reflexão e se publique as realizações de instituições, que estão comprometidas com trabalho em prol de suas comunidades, sem se preocupar em receber gordos salários.

Faço aqui essa observação, pois conheço varias instituições que lutam para sobreviver sem nemhuma ajuda de nossos governantes. E seus dirigentes só pensam de verdade em ajudar seus semelhantes.
Que tudo seja apurado com clareza e que todos os realmente culpados sejam punidos. Pensem nisso."

Passo a passo de como criar uma ONG