Pesquise Modelo de Projeto Social

30 julho 2010

Nova Logo


Uma nova logo, um novo momento, mais alegre, mais colorido, mas o trabalho continua. Vamos todos continuar solidários e seguir lutando por um Brasil melhor. Cidadania e desenvolvimento tem de andar juntos, para que todos nesse país sejam mais felizes.
Continuo aguardando as experiências de trabalhos voluntários, para postar aqui no blog. Quem tiver uma experiência interessante, pode mandar que será colocada aqui com os devidos créditos. Tenho recebido algumas bastante interessantes, que serão postadas no decorrer do ano. Se você tem uma ONG, ou conhece uma que precisa ser divulgada, mande também os dados de instituição e os objetivos da mesma. Vamos  em frente com nossos projetos, trabalhar em prol de uma sociedade mais justa e fraterna.

29 julho 2010

Programação de Agôsto Fundação Léa Pentagna

Contamos com a sua participação, em mais um maravilhoso evento da Fundação Cultural e Filantrópica Léa Pentagna. Aproveite esse final de inverno e venha à Valença curtir esse clima agradável e conhecer nossa cidade.


Continuação da Exposição: “O Brasil de Portinari”
Réplicas de telas do Projeto Portinari
    
Coordenação de Suely Regina Avellar – Rio de Janeiro
Período: de 1° a 15 de agosto de 2010.
Horários: de 09h às 11h e 30min e de 13h e 30min às 16h
Para escolas: de segunda a sexta-feira – agendamento pelo telefone (24) 2453 4178
Entrada Franca

Curso Intensivo:
"NUTRIÇÃO INTEGRAL para CrerSerFazerTer, Alimentos Físicos e Sutis"

Palestrante: Dr. Olair Rafael da Silva Júnior – Médico Homeopata, Pediatra e Holístico – Jacareí, SP.

Data:
20/08 (sexta-feira) – 19h e 30min – Palestra de apresentação do Curso (Entrada Franca)

21/08 (sábado) – 08h às 12h (alimentos físicos)
     14h às 18h (alimentos emocionais e mentais)

22/08 (domingo) – 08h às 12h (alimentos psíquicos e espirituais)

Inscrição: R$ 120,00 (até 10/08) e R$ 150,00 (após 10/08) – com direito a coffee break e material de apoio (apostila).

As inscrições poderão ser feitas na Casa Léa Pentagna, nos seguintes horários:
de 09h às 11h e de 14h às 16h – Tel: (24) 2453 4178

28 julho 2010

Criança Esperança 2010

O projeto Criança Esperança está de volta. Milhares de crianças e adolescentes são assistidos por instituições financiadas por esse projeto. Vamos todos nessa corrente de fazer o bem, seja solidário e contribua para um projeto que leva cidadania para crianças e adolescentes de todo o Brasil.

Campanha completa 25 anos de existência
Este ano o Criança Esperança está completando 25 anos. O lançamento da campanha 2010 foi sábado, dia 24 de julho, no programa Caldeirão do Huck, da TV Globo. As doações começam agora, mas o grande show de arrecadação vai ser realizado no dia 14 de agosto, na Arena Rio, Rio de Janeiro, após a novela Passione. E, como sempre, estará repleto de ótimas atrações.
As doações pelo telefone vão do dia 24 de julho até o dia 22 de agosto. Todas as ligações custam o valor da doação, mais impostos. Além disso, pode-se doar o ano inteiro em todas as casas lotéricas do Brasil e, também, pela internet.
Nestes 25 anos,  inúmeras pessoas ajudaram a mudar a vida de brasileiros em todas as partes do país. O Criança Esperança quer saber qual a sua história com a campanha. É só entrar no Repositório de Sonhos, escrever a sua relação com o Criança esperança e enviar.
O Criança Esperança é uma campanha da Rede Globo em parceria com a UNESCO. Ela foi lançada em 1986, em um programa especial de 20 anos dos Trapalhões e a partir daí começou a discutir sobre a situação das crianças e adolescentes brasileiros. Até hoje, 5 mil projetos sociais já foram apoiados e mais de 200 milhões de reais em doação já foram investidos, ajudando a reduzir a mortalidade infantil, combater a exploração sexual e ajudando a preparar jovens de baixa renda para o mercado de trabalho.

Para doar para o Criança Esperança 2009 ligue para uns dos números abaixo:
Para doar R$7,00 – 0500 2009 007
Para doar R$15,00 – 0500 2009 015
Para doar R$30,00 – 0500 2009 030

Para doações acima desse valor, acesse o site do Criança Esperança: http://criancaesperanca.globo.com
Apoio: Planeta Voluntários
Uma rede social por um mundo melhor.
 "O que fazemos por nós mesmos morre conosco,o que fazemos pelos outros permanece e é eterno."

24 julho 2010

Somos Realmente Solidários?

Esse bem poderia ser o relato de uma experiência voluntária, mas não é. É uma postagem do Blog Coisas da Carla, uma amiga muito querida.  Mas realmente é uma experiência solidária, de alguém que se doa por inteiro e que ama de verdade aquilo que faz. Não pedi permissão para postar seu poema relato, mas acho que ela não vai se opor, principalmente quando sentir que isso que faço, é apenas uma maneira de abrir mentes, de tentar mostrar a todos o que é sensibilidade e amor ao próximo.


"Hoje em em meu trabalho...
recebemos um menino...
um menino, de apenas 8 anos de idade!
Este menino , é brasileiro!
È cidadão!Tem um nome, um sobrenome...
porém, não conhece a estrutura que conhecemos,
chamada:"família"!
Chegou o menino...
duas Assistentes Sociais o seguravam,afinal...o menino queria as ruas!
Quando então a porta se abre, os urros começaram!
As lágrimas escorriam e pude sentir seu medo!
A cada grito, cuspidas e chutes...eu o via como um bichinho amedrontado...
Cheguei perto dele e, mesmo tendo recebido uma cuspida, sorri, com amor de mãe, e, disse a ele:
"tá tudo bem...voce vai ficar bem, e eu gosto muito de voce".
Uma criança...um abandonado, cuja mãe o fazia de "mula" (pessoas que vendem drogas para levarem o dinheiro pra casa)...
Mas, o mais triste de tudo isso!
Viciado em crack, com APENAS...
8 anos de vida!
Casos assim, fazem parte de Instituições, de Comunidades Terapeuticas que trabalham no resgate de vidas!Que trabalham, que choram que oram e que vibram por cada vida restaurada...
Este é o meu trabalho, e, deveria ser o trabalho de cada um de nós...afinal, somos seres dotados de alma...de coração e de bom senso!
Como Captadora de Recursos, gostaria muito que a cada ofício enviado, que a cada telefonema efetuado, eu pudesse ao menos ouvir um"lamento...nao posso ajudar" mas, o que escuto inumeras, inumeras e inumeras vezes é:"nao ajudo, nao faço doaçoes"..
Puxa!!!Que incrível!
Como alguém consegue ser indiferente a uma realidade como essa que estamos vivendo?Como pode alguém, não se sensibilizar e sair juntando seus pedaços ao ver e ouvir os gritos de crianças, jovens e adultos em crise pela abstinência da droga do CRACK?
Deus!!Quisera eu..levar a cada ser para que presenciasse apenas uma vez...o que vejo todos os dias...
seres como eu, como ´voce, como nós, gritando por SOCORRO!
Quem sabe..num futuro ainda próximo, eu consiga erguer a bandeira de uma profissão que muito me orgulha e dizer!
Olá!Faço a Captação de Recursos e gostaria apenas de sua doação...
"de amor".
Mas, precisamos de colchoes, de areia, de azulejos, de uma pia nova para nossa cozinha, de panos de prato, de materiais de higiene pessoal..etc , etc, etc...
Eternamente..ETC...
Desabafo em Julho 2010!"

22 julho 2010

Como Seguir em Frente com Meu Projeto


Olá, Victor!
Assim como você, passo a noite e as madrugadas pensando... Lendo... E acalmando meu coração que teima em abraçar as causas sociais! Pesquisando, descobri seu site! Seria desnecessário te cumprimentar e elogiar seu trabalho! Meus parabéns... MESMO!
Bom... Moro em Curitiba, e, faço a Captação de Recursos de uma Instituição que trata dependentes químicos, e, as vezes, algumas crianças encaminhadas em situações de risco. Sou escritora, apaixonada pelas letras e, num desejo incontrolável, quero levar esses alunos a aprenderem a gostar de ler! Ou pelo menos, "gostarem da idéia “...
Inicialmente, estou em um bate papo informal, mas, tenho a idéia de fazer um espaço para momentos de descontração e contação de historias, tendo como objetivo final... A construção de uma autobiografia de cada um deles, resgatando assim, a auto estima tão deteriorada pelos vícios, e, abandono. Chego a ver a Noite de Autógrafos..eles em sua s roupas de gala e uma noite especial onde, certamente, muitos talentos terão sido despertados!
Nem sei por onde começar, como começar... Enfim! Gostaria muitíssimo de sua valiosa apreciação e idéia! Estou disposta a dar continuidade nesse nosso novo assunto, e, sabendo de seu precioso tempo, gostaria de saber da possibilidade de nos falarmos pessoalmente sobre isso.
Grande abraço, Carla.
PS! Meu blogue, para que me conheça, um pouco mais.
bizunzunga.blogspot.com

Olá amiga Carla
Gostei muito do seu email, pois senti nas suas palavras muita emoção e sensibilidade.
No meu Blog tem alguns artigos que postei, falando sobre como criar uma ONG. Não é uma tarefa fácil, mas também não é impossível. Antes de tudo, é preciso saber se você realmente está disposta a trabalhar muito, pois só com muito trabalho, é que seu projeto poderá se concretizar. Vou mandar um link, sobre como você pode começar a criação de uma ONG, espero que realmente ele venha ajudá-la. Se quiser entrar em contato comigo, não deixe de fazê-lo, pois gostaria muito de saber como você está indo com seu projeto.
Abraços,

21 julho 2010

III Encontro Internacional Contra o Trabalho Infantil

Você não pode perder essa grande oportunidade de mostrar seus trabalhos e projetos de combate ao trabalho infantil. Você poderá participar de debates via web sobre os temas propostos. Inscreva-se, participe e tenha a chance de contribuir com uma melhor infância para nossas crianças.

Atividades online começam em 1º de setembro, mas inscrições para apresentar trabalhos vão até o dia 15 de agosto

Estão abertas as inscrições para participar da etapa virtual do III Encontro Internacional contra o Trabalho Infantil, que terá por tema “Redes e Inovação para a Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil”. O encontro, organizado pela Fundação Telefônica nos 13 países em que atua, traz como elemento inovador a utilização das TICs (Tecnologias de Informação e Comunicação) no combate ao trabalho infantil e no próprio encontro. Até o próximo dia 15 de agosto, os participantes que tiverem interesse em submeter trabalhos para serem apresentados nessa etapa devem se inscrever pelo hotsite http://pt.encontrotrabalhoinfantil.fundacaotelefonica.com/

O encontro virtual acontece durante os meses de setembro e outubro, enquanto o presencial será realizado no início de novembro em Bogotá, na Colômbia. A proposta é promover uma discussão contínua entre os participantes e fomentar a criação de uma rede internacional de prevenção e combate ao trabalho infantil.

“Com um formato inédito, o encontro online se constituirá num amplo espaço de discussão sobre trabalho infantil, onde todos os atores envolvidos poderão trocar informações e experiências, sobretudo no que diz respeito à América Latina”, afirma Sérgio Mindlin, diretor-presidente da Fundação Telefônica. “Assim, os dois dias do encontro de presencial ganham expressiva ampliação e contribuição”, complementa o executivo.

As inscrições para a etapa virtual do evento são gratuitas e estão abertas até o final das atividades, previsto para 31 de outubro. Mas as inscrições para a apresentação de trabalhos durante o encontro virtual, sejam estudos ou experiências práticas, devem ser feitas até 15 de agosto. Participe!

Para mais informações e inscrições no encontro virtual, acesse http://pt.encontrotrabalhoinfantil.fundacaotelefonica.com/

Saiba mais também sobre o encontro presencial em http://www.fundacion.telefonica.com/pronino/encuentrotrabajoinfantil/

Oscar Battiston Barrionuevo, diretor de programas sociais para a infância, da Fundação Telefonica, convida para a participação no III Encontro Contra o Trabalho Infantil.

20 julho 2010

Centro Cultural Vencer

O Centro Cultural Vencer é um projeto que vem realizando um trabalho bastante interessante na região da Ilha do Governador, Rio de Janeiro. Eles estão precisando de ajuda na compra de uma TV, que tal contribuirmos e sermos solidarios com um trabalho que realmente vale a pena.

O Centro Cultural Vencer é uma instituição creche-escola, situada à Rua Cícero Rosa, nº 80 - Jardim Carioca, Ilha do Governador, RJ, atende a quase 200 crianças carentes da comunidade do Dendê e Adjacências, com idades entre 1 ano e 10 meses a 3 anos e 11 meses de idade em horário integral de segunda a sexta-feira das 7 as 17h.

Oferecemos atendimento integral e gratuito com objetivo principal  de auxiliar algumas famílias da comunidade, cujas as mães exercem suas profissões fora do lar, fornecendo alimentação adequada, atividades culturais e sócio-educativas e dando ênfase no acompanhamento de  crianças em situação de vulnerabilidade social. Em nossa rotina diária servimos café da manhã, almoço, lanche da tarde  e jantar,  realizamos  atividades pedagógicas livres e dirigidas, criamos brincadeiras, jogos, histórias, vídeos,  fazemos e orientamos a higiene e banho.

Para dar continuidade a esse projeto social e filantrópico que desenvolvemos há mais de 30 anos, nossa instituição está buscando novas parcerias que possam  nos auxiliar nas despesas com contribuições e doações voluntárias.
Estamos arrecadando valores que nossos amigos e colaboradores possam nos ajudar para a compra de uma TELEVISÃO para um melhor conforte de nossas crianças.

Venha nos visitar!!!
Atenciosamente,

CENTRO CULTURAL VENCER
MSN: centroculturalvencer@hotmail.com
Twitter: http://twitter.com/CCVencer
Orkut: http://www.orkut.com.br
Telefones: (21) 3363-3327 / 9627-7515

17 julho 2010

Ajude a Rede Biblioteca Viva

A Rede Biblioteca Viva é um projeto do Movimento Popular de Incentivo à Leitura e valorização da cultura popular, pensada a partir da enorme carência cultural, não somente da população do Cangulo, mas de toda Duque de Caxias.
A rede Biblioteca Viva está precisando de um data show, que tal dar uma forcinha para quem merece e precisa. É pelo PAGSEGURO. Faça sua contribuição no link abaixo. Eu já fiz a minha.


http://vakinha.uol.com.br/Vaquinha.aspx?e=4697&utm_source=widget

"Caros amigos, eu vi a matéria desse site e achei super interessante. Vi também que as vakinhas tem motivos fúteis, e até mesmo de pessoas que fazem não porque precisam, mas para economizar o que tem.
Portanto resolvi fazer para nossa Biblioteca Comunitária Solano Trindade. Quem quiser acompanhar nosso trabalho pode vistar nosso blog
www.bibliotecasolanotrindade.blogspot.com
Baseado no voluntariado e na ajuda de alguns amigos nos mantemos com muita dificuldade, mas com muito Amor."


O pessoal da Biblioteca:

 Prof. Alexssandra "Nana" 
Tel.: (21) 8838-2054 
alevazrj@gmail.com

 Amanda dos Santos Mariano 
Tel.: (21) 9663-6288
amandinha_pazeamor@yahoo.com.br

 André Luís Azevedo
andre_mazevedo@hotmal.com

Prof. Antonio Carlos - Tel.: (21) 9743-6627 
antoniocarlos2008@gmail.com 
NEXTEL 78189654 - ID 119*79341

16 julho 2010

2ª edição do livro “Alguns Aspectos da MPB”

Chegou a 2ª edição do livro “Alguns Aspectos da MPB”, de Euclides Amaral, reunindo em 321 páginas oito ensaios sobre o samba, o choro, o hip-hop, o funk, os letristas da mpb, a mpb no cinema, a influência estrangeira na mpb e a nova geração da mpb no século XXI.
Através de uma icnografia com 174 imagens o leitor poderá reconhecer expoentes do choro, do samba e de outros gêneros musicais, além cantoras, cantores, letristas e músicos da nova geração da mpb de vários estados do país.

Receba o livro em casa por apenas R$ 35,00
(livraria virtual Plurarte - com frete incluído)
http://www.plurarte.com.br/
ou baixe de graça em pdf na promoção limitada do site baixada fácil.

14 julho 2010

20 Anos do Estatuto da Criança e do Adolescente

 
Nesse ano o ECA comemora 20 anos.O Estatuto da Criança e do Adolescente foi instituído pela Lei 8.069 em 1990 e estabelecia os princípios básicos da garantia de direitos da criança e do adolescente.
É hora de avaliarmos esses anos e trabalharmos para que sejam garantidos os direitos e deveres de crianças e adolescentes.
Muitas ONGs vem desenvolvendo projetos para crianças e adolescentes, isso é de grande importância para o resgate da auto-estima de nossos jovens e crianças. Dar prespectivas e aumentar o leque de opções é fundamental para que crianças e adolescentes saiam definitivamente da faixa de exclusão social e tenham garantida sua cidadania.


Se você não conhece o estatuto da Criança e do Adolescente, pode ler aqui.

"O Estatuto se divide em dois livros: o primeiro trata da proteção dos direitos fundamentais da pessoa em desenvolvimento e o segundo trata dos órgãos e procedimentos protetivos. Para que a lei seja implementada no dia a dia da sociedade, foi criado o Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente (SGDCA), que é um conjunto articulado de pessoas e instituições em prol dos direitos infanto-juvenis. Fazem parte desse sistema a família, as organizações da sociedade (instituições sociais, associações comunitárias, sindicatos, escolas, empresas), os Conselhos de Direitos, Conselhos Tutelares e diferentes instâncias do poder público (Ministério Público, Juizado da Infância e da Juventude, Defensoria Pública, Secretaria de Segurança Pública). Nesse especial sobre o aniversário do Estatuto, destacamos o papel do Conselho Tutelar, uma das principais portas de entrada desse Sistema."

13 julho 2010

Guarda Municipal Ambiental de Valença

No dia 29 de junho último foi realizada uma reunião, no Parque natural Municipal do Açude da Concórdia em Valença, com participação do Gerente de Gestão Ambiental, Sr Henrique Luth, do Sub-Secretário de Meio Ambiente Sr José Ailton, do Chefe da Guarda Municipal Comandante Gilson e do Administrador do Parque Sr Luciano Ribeiro/AMA-MÉDIO PARAÍBA (projeto que luta pela preservação do meio ambiente), onde na oportunidade foi tratada a possibilidade da Guarda Municipal usar o espaço do Parque da Concórdia em treinamentos e aprimoramento de técnicas de busca em floresta.
A gerência de gestão ambiental e a Subsecretaria de Meio Ambiente dará todo apoio a Guarda Municipal, para a criação da Guarda Municipal Ambiental, que se faz necessário para atender a Lei 2664/1996 alterada pela Lei 5100/2007 que trata do ICMS verde.
O Sr Luciano abriu as portas do Parque para o treinamento do efetivo da Guarda Municipal e também ficou acertada a possibilidade de uma patrulha da Guarda Municipal, naquela Unidade de Conservação.

 
Na foto a Guarnição da Guarda Municipal com o Comandante  Gilson, Sub-Comandante Souza, Inspetor Ferreira, GM Marcos, GM Juliana, Luciano Ribeiro, José Ailton, Guardião José Ricardo e Guardião Silvio. Foto: Henrique Luth.

Essa matéria foi publicada no Jornal Local.

12 julho 2010

Associação Beneficente Nova Esperança de Paracatu – ABNEP

Todos os projetos bem intencionados tem vez aqui. Se você quer divulgar seu Projeto, sua Instituição, ONG ou Fundação ou mostrar sua experiência de trabalho voluntário, entre em contato comigo pelo email, victor_sgomez@hotmail.com ou pelo formulário de contato aqui do Blog. Vamos todos compartilhar saberes. Estou aguardando sua mensagem.

A Associação Beneficente Nova Esperança de Paracatu – ABNEP, de Paracatu, Minas Gerais, é uma instituição filantrópica, criada em 1990 e  reconhecida como Entidade de Utilidade Pública através da Lei Municipal nº 1.672 de 09/10/90, Lei Estadual nº 12.912 de 26/06/98, que vem ao longo dos anos prestando inúmeros serviços à população carente desta cidade com distribuição de roupas, agasalhos, cestas básicas, sopão dos amigos (todos os domingos), nos Bairros: São Sebastião, Bom Pastor, Alto do Açude, Paracatuzinho, Chapadinha, Aeroporto, Povoado da Lagoa,  para  cerca de 250 famílias carentes, as quais são devidamente cadastradas por esta Associação. Além disso, desenvolve o trabalho de combate e prevenção as drogas, através do Projeto Reviver, que atende adolescentes, jovens e adultos com triagem e encaminhamento para tratamento, Terapia de grupo e individual. As atividades são coordenadas por voluntários, membros que contribuem para o desenvolvimento deste projeto muito importante para nossa cidade.
abnep@hotmail.com

11 julho 2010

Luto pelo Meio Ambiente


O Blog Victor S. Gomez está de luto. Quem quiser copiar essa postagem e replicá-la, fique a vontade.
Essa semana foi aprovado o novo Código Ambiental na Comissão Especial da Câmara, mas não só árvores serão perdidas, além delas irão nossa fauna e nossos mananciais e depois todos nós. O luto é apenas um protesto pelo meio ambiente, esperamos que mais adiante, no Senado, essa lei seja barrada. Enquanto isso não apenas devemos chorar, mas cobrar dos políticos uma mudança de posição, fazendo com que nas próximas eleições eles sintam o peso de nossos votos.

10 julho 2010

Palestra na Serra dos Mascates

Essa palestra e plantio foram realizados pelo Projeto SOS Serra dos Mascates no inicio de nosso trabalho, no final de 2008 e teve a participação do Sr. Henrique Luth, na época presidente do Conselho de Meio Ambiente de Valença. Hoje Henrique Luth é Gerente de Gestão Ambiental, órgão de assessoramento subordinado diretamente ao Chefe do Executivo, com atribuição de assessorar o setor competente na área de meio ambiente, bem como dirigir, planejar, acompanhar e avaliar programas e projetos, conforme a Lei Complementar n°104, de 15 de abril de 2009, Art. 1°, I. Então, como podem ver, continuamos em boa companhia, pois nada melhor do que pessoas dispostas a lutar pelo meio ambiente, de forma voluntária e nobre.

07 julho 2010

Como Captar Recursos

A busca por recursos é uma das coisas que mais preocupam os dirigentes de instituições. Conseguir boas parcerias, não depende somente de projetos bem redigidos e bem direcionados. Devo esclarecer primeiro, que várias ONGs sobrevivem sem amparo de grandes empresas. Existem várias formas de conseguir ajuda para dar continuidade ao projeto de uma instituição. Nesse momento é que se vê como as pequenas parcerias e o apoio da comunidade, são fundamentais para dar prosseguimento ao trabalho realizado. Muitos pequenos comerciantes da região, onde está localizada sua ONG, devem estar interessados em ajudar, falta apenas uma boa conversa.


Ter um projeto já pronto, fundamentado em bases solidas, pode ser a melhor forma de conquistar apoio. Não espere que o dinheiro entre sem ter o que mostrar. Crie um projeto de incentivo a leitura, um grupo de dança, ou um projeto de complementação escolar. São exemplos simples, mas que dão resultado. Depois procure os comerciantes da área e convide-os para visitar sua instituição. É um bom começo. Outras formas de conseguir ajuda é organizar um bingo, um jantar dançante ou uma rifa. Várias idéias podem surgir, principalmente se você reunir o grupo que trabalha com você e discutir novas propostas. Podem ser feitos também projetos de geração de renda. Montar um projeto de um curso de artesanato pode ser uma boa idéia, pois mais adiante os produtos podem ser comercializados e a renda dividida entre os alunos e a instituição.


Mesmo as grandes empresas, quando apóiam uma instituição é por que já viram o trabalho da ONG já iniciado. Outras só aceitam inscrições de projetos, que já estejam em andamento e obtendo resultados. Por isso trabalhe e procure pessoas qualificadas, para redigir seu projeto. Tente encontrar entre os voluntários da sua instituição, aquele que tenha perfil para trabalhar como assessor de projetos. No CECI, eu trabalhava com mais uma pessoa, tínhamos um bom entrosamento e quando conversávamos com alguma empresa, o que um não sabia outro complementava. Caso não consiga, tente encontrar no Portal do Voluntário, alguém que esteja mais familiarizado com essa área e queira ajudar.


Finalmente, se não achar ninguém, ainda existe a possibilidade de se conseguir parceria com pessoas trabalhem com Assessoria de Projetos. Procurar na internet pode ser outra opção, várias firmas ou particulares trabalham com assessoria; e melhor, já conhecem os caminhos.

06 julho 2010

Meu trabalho Voluntário no Projeto Risonhos

Atendendo ao meu pedido de depoimentos sobre trabalho voluntário, Rebeca de Castro me mandou esse email, que respondi prontamente:
"Olá amiga Rebeca
Muito me emocionou seu depoimento e mais ainda sua resposta ao meu apelo. Pessoas como você é que dignificam o voluntariado. Se todos tivessem esse desprendimento e sensibilidade, estaríamos um passo a frente de sermos realmente um país melhor.
Um grande abraço, Victor S. Gomez

Abaixo o depoimento de Rebeca de Castro e dois vídeos apaixonantes do projeto e que me emocionaram muito.

"Bom Dia Victor,

É com um imenso prazer que venho a escrever esse e-mail. Acompanho seu blog e admiro bastante seu trabalho.
Sou voluntária do Projeto Social Risonhos, que já se encontra em processo para virar
ONG
, e vim te contar um pouco do nosso trabalho.

O Projeto Social Risonhos surgiu em janeiro de 2008, por uma moça chamada Silvia Macário. Na verdade o projeto começou com outro nome (Vagalumes Ceará). Vagalumes é um projeto existente em diversas regiões desse Brasil, começou em São Paulo com fãs da Trupe O Teatro Mágico. Silvia foi a Sampa ver a um espetáculo dessa trupe e conheceu o
projeto
e resolveu montá-lo aqui. Passamos um ano e um mês como Vagalumes e decidimos mudar de nome por uma motivo especifico. A sede dos Vagalumes registrou nome,logo, mascote e estavam se organizando para virar ONG e ficamos apreensivos de que a forma e onde se pudesse trabalhar também fosse especificada. Pois em Sampa eles não trabalhavam dentro de hospitais, mais em orfanatos e ficamos com receio de perder a marca e as instituições que já havíamos conquistado e selado uma parceria. Então resolvemos construir um projeto em base nossa. Assim surgiu os Risonhos. Risonhos é uma projeto social que tem voluntários de diversas áreas de estudo: administração, terapia ocupacional, economia, direito, jornalismo, publicidade, filosofia, historia... enfim. Somos um grupo de palhaços amadores, que vão à hospitais infantis, no caso aqui o Albert Sabin e o IJF (ala infantil). Também visitamos um asilo, mais lá a figura lúdica do palhaço não é usada, vamos mais para conversar, jogar, fazer um dia diferente. Hoje já estamos juntos a dois anos e seis meses, temos conosco 30 voluntários e estamos com inscrições para novatos que em 5 dias já possuem 25 inscritos. Nossos atos (visitas) são distribuídos aos finais de semana. Para melhor organização trabalhamos, no hospital, em trios de palhaços que tem suas alas específicas identificadas no dia da visita. Temos uma ligação muito boa com a instituição. No asilo podem ir todos os voluntários, mas sempre tem um trio de responsáveis para organizar o que acontecerá no dia, e também abrimos essa visita as pessoas, que mesmo não sendo voluntarias do projeto possam ir e conhecer.
Acredito que já falei demais, falaria até mais...rsrs, mas acho que já apresentei bem nosso projeto.
Envio alguns de nossos vídeos, para que possa conhecer mais dos Risonhos.
Muito obrigada pela oportunidade de mostrar os Risonhos



Um vídeo produzido por nós, para a confraternização com os pais dos voluntários junho/2009


Vídeo feito para que todos possam conhecer cada um de nossos voluntários


Atenciosamente,
~ Rebeca de Castro
~
Relações Públicas
Projeto Social Risonhos
85* 9690-3295 / 8858-7658"

05 julho 2010

Sou Voluntária

Esse depoimento chegou pelo formulário de contato, é de Andrea Tavares, ela é dona do Blog "Andrea Tavares". Ela fala sobre seu trabalho voluntário, ministrando palestras sobre BULLYING (termo inglês utilizado para descrever atos de violência  física ou psicológica, intencionais e repetidos, praticados por um indivíduo ou grupo de indivíduos com o objetivo de intimidar ou agredir outro indivíduo (ou grupo de indivíduos) incapaz(es) de se defender), em um projeto chamado "Eu quero meus direitos" e da satisfação que sente em fazê-lo. Espero que mais pessoas mandem depoimentos, para que eu possa publicá-los aqui, como incentivo para aqueles que por falta de empurrãozinho, ainda não começaram a trabalhar como voluntário.
Que tal você mandar o seu depoimento, você não tem idéia de como a sua experiência é importante.

"Olá amigo Victor, vi sua postagem no diHITT sobre os amigos voluntários.
Acredito que todos nós temos um chamado especial e um talento dado por Deus. Infelizmente nem todos atendem a este, ignorando-o ou simplesmente enterrando-o.
Vivemos em um mundo que busca uma sociedade pacifica, então, todos nós temos que fazer a nossa parte.
Após educar meus filhos (ou quase, pois ainda tenho 3 adolescentes) achei que já era hora de agir e iniciei meu curso de direito. Nele vi grandes oportunidades de colocar as "mãos no arado" e "ganhei" de presente do antigo gestor do curso, o projeto "Eu quero meus direitos", digo ganhei, pois foi idealizado por ele, e pude dar continuidade.
Visitamos algumas escolas públicas levando informação jurídica e social. Temos ido a algumas escolas para dar palestras sobre o BULLYING, fenômeno que tem se alastrado principalmente entre adolescentes e preocupado pais e professores.
É muito gratificante ajudar, pois aprendemos muito mais do que se possa pensar.
Abraços"

03 julho 2010

Portal do Voluntário


Já escrevi aqui sobre o Portal do Voluntário, mas é sempre bom falar de algo que só trás bons frutos. Muitas instituições necessitam de voluntários, para manter seus projetos em andamento. Se você tem uma ONG e está precisando de voluntários dê uma olhada no site deles, acredito que não será difícil encontrar pessoas para trabalhar em seu projeto. Participo desse site há algum tempo e fiz boas amizades, além disso ele tem bastante informação, para quem está procurando voluntários ou instituições para trabalhar como voluntário.


Lançado em 5 de dezembro de 2000, o Portal do Voluntário surgiu como plataforma de continuidade do Programa Voluntários, da Comunidade Solidária. Criado em parceira com a Rede Globo, a Globo.com e a IBM Brasil, hoje, o Portal desenvolve ferramentas de gestão de voluntariado empresarial para diversas empresas. Leia mais...

02 julho 2010

Curso Sobre Lei Rouanet em São Paulo

Alguns cursos de elaboração de projetos podem parecer caros, mas se você olhá-los como um investimento para o futuro de sua ONG, verá que vale a pena o sacrifício. Então se esforçe ao máximo, pois somente se capacitando, é que você poderá levar a frente os seus projetos.

"A Lei Rouanet, como as demais leis de incentivo à cultura, é regida pelo Poder Público, que habilita os proponentes (pessoas físicas e jurídicas com ou sem fins lucrativos) de projetos e atividades culturais a captarem recursos junto à iniciativa privada, propiciando a estas empresas o benefício da isenção fiscal, no caso específico, abatimento de valores percentuais sobre o Imposto de Renda devido.

PROGRAMAÇÃO
Conceituação
- Histórico da Lei Rouanet;
- Mecanismos de apoio contemplados na Lei;
- Decreto nº 1494 de 1995 e a reformulação ocorrida em 1999
- Benefícios fiscais no mecanismo do mecenato em até 100% setores da cultura;
- Quais são os projetos que podem ser enquadrados no artigo 18;
- Como funciona o mecanismo de incentivo a projetos culturais por meio do mecenato, ou renúncia fiscal;
- Quem pode ser proponente de projetos;
- Quais são os procedimentos para protocolar projeto junto ao Ministério da Cultura, documentos exigidos;
 - Comissão Nacional de Incentivo à Cultura – CNIC, normas e critérios adotados na análise de projetos;
- Empresas que podem patrocinar projetos com benefício da isenção fiscal;
- Limites de isenção;
- Prestação de contas - recibos e procedimentos;
- Roteiro para elaboração de projeto;
- Legislação, Decretos, Portarias e Medidas Provisórias;
- Apresentação de projetos aprovados.

LOCAL
Sede DEARO - Av. Paulista, 1.159 cj. 1518 - Bela Vista - São Paulo - ao lado da estação do metrô TRIANON-MASP - a 25 minutos do aeroporto de Congonhas.

DATA
Segunda-feira - dia 19 de julho das 9h às 17h.

01 julho 2010

Sua ONG é Transparente?

Todos os dias novas ONGs surgem em nosso país, algumas fazem um excelente trabalho, outras nem tanto. Mas como se destacar nesse imenso caldeirão de instituições, que surgem dia a dia. Um dos conselhos que dou, é para que se faça uma gestão transparente. A transparência gera credibilidade. Se você pretende trabalhar nesse nicho de mercado, mostrar seus projetos, seu trabalho de cidadania, deve pensar nisso com muito carinho, pois empresas sérias só trabalham com instituições sérias. Seja sempre claro e objetivo em tudo que você fizer. Um dos principais fatores que geram credibilidade é a prestação de contas da sua ONG. Você nunca deve esquecer-se dela. Torne o balanço financeiro da instituição, público, espalhe pela comunidade cópias desse balanço e dos resultados alcançados pela sua ONG. Coloque essas cópias na padaria, no mercadinho, nos bares, para que todos tenham acesso à prestação de contas. Um dos maiores trunfos que as instituições tem, é ter a comunidade ao seu lado. Se uma empresa percebe que sua comunidade apóia sua ONG, mais fácil se torna a parceria. Por isso nunca esqueça, seja transparente sempre.

Passo a passo de como criar uma ONG