Pesquise Modelo de Projeto Social

31 maio 2010

Empreendedor Social 2010


Começem já a mandar seus projetos inovadores, vamos mostrar do que somos capazes.

Realização:

Objetivo:
Identificar líderes de cooperativas, empresas sociais (do setor privado e que distribuem o lucro em benefício da sociedade), ONGs e pessoas físicas que desenvolveram iniciativas inovadoras e sustentáveis para benefício da coletividade.

Critérios para seleção dos projetos sociais:
Inovação: o candidato precisa apresentar ideias pioneiras, que estejam sendo desenvolvidas há pelo menos 36 meses, como a criação de um produto ou um serviço ou a aplicação diferenciada de tecnologias já conhecidas;

Sustentabilidade: para a arrecadação de recursos, o projeto precisa ter ações independentes ou parcerias com empresas privadas ou órgãos governamentais. Também será levada em consideração a sustentabilidade da organização no sentido mais amplo (sua capacidade de existir em longo prazo, por meio de equipe qualificada, rede de parcerias bem estruturada, infraestrutura adquirida etc.); Saiba Mais.

28 maio 2010

Projeto Comunidade que Luta

A partir de hoje estarei divulgando algumas das comunidades mais combativas do Orkut. Existem algumas comunidades bastante interessantes, mas que não são conhecidas pela maioria das pessoas. Algumas com propostas e projetos de grande valor. Essa que começa a série é a comunidade "Sustentabilidade - Agenda 21", soube dela através do perfil do meu amigo Eugenio Costa. Se você gostou ou não, comente.Se quiser me envie o endereço da sua comunidade, que esteja ligada a projetos sociais, que a divulgarei aqui assim que possível.

"A Agenda 21 Global foi construída de forma consensuada, com a contribuição de governos e instituições da sociedade civil de 179 países, em um processo que durou dois anos e culminou com a realização da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento (CNUMAD), no Rio de Janeiro, em 1992, também conhecido por Rio 92. Constitui-se na mais abrangente tentativa já realizada de orientar para um novo padrão de desenvolvimento para o século XXI, cujo alicerce é a sinergia da sustentabilidade ambiental, social e econômica, perpassando em todas as suas ações propostas.
Resultaram desse mesmo processo quatro outros acordos: a Declaração do Rio, a Declaração de Princípios sobre o Uso das Florestas, a Convenção sobre a Diversidade Biológica e a Convenção sobre Mudanças Climáticas.
Alcançar as mudanças necessárias para o sucesso da Agenda 21 Local demanda a ação dos grupos e indivíduos, sim depende de cada um de nós."

27 maio 2010

Centro Cultural Criança Cidadã - O Início

No ano 2000, um grupo de voluntários da comunidade de Seropédica, fundava o Centro de Assessoria e Desenvolvimento Cultural e Social (CADECS), tendo como Diretor Executivo, Victor S. Gomez. Dois anos depois, por divergências internas, parte desse grupo juntamente com seu Diretor Executivo, funda o Centro Cultural Criança Cidadã (CECI), projeto que tinha como objetivo, o resgate da auto-estima de crianças e adolescentes daquela comunidade. Com um acervo de 5000 livros, uma sala de informática e um grupo de adolescentes voluntários que formavam a Trupe da Leitura e levava incentivo a leitura nas escolas do município de Seropédica, a nova instituição realizou projetos por mais 3 anos.

"O projeto realizado por mim em Seropédica mudou minha forma de ver a vida, trouxe para mim e para os voluntários que dele participaram uma experiência das mais enriquecedoras. Nascido da vontade pura e simples de ajudar o próximo, o CECI, foi um trabalho onde todos nós nos doamos por inteiro, para que as crianças e adolescentes daquela comunidade tivessem mais opções de escolha para seu futuro. O carinho e  o amor depositado por todos naquele trabalho, deixou marcado em cada criança que frenquentou aquela instituição, uma bela lembrança que nunca mais será esquecida. Muitas dessas crianças, hoje jovens e adultos, ainda mantêm contato comigo, o que me deixa muito feliz.

O vídeo é do início do projeto em Seropédica, mostra a arrumação da casa e a montagem de estantes da biblioteca. Está um pouco ruim, mas foi o que consegui recuperar, mais adiante tentarei melhorar essa cópia e a postarei aqui de novo. Espero que gostem e se possível comentem sobre o que viram. Postei esse vídeo somente com a intenção de que todas as pessoas que participaram daquela instituição, consigam ter uma cópia do trabalho que realizaram e para que outras pessoas vejam que, quando se trabalha com amor e com vontade, acreditando no que se está fazendo, tudo é possível."

26 maio 2010

Lei do Trabalho Voluntário

O voluntário é de grande necessidade para o funcionamento de algumas ONGs. Por isso estou publicando a lei do trabalho voluntário. Deve-se ter muito cuidado quando se  contrata uma pessoa para  trabalhar em uma ONG. Apesar de estar explicito na lei que o trabalho voluntário não gera vínculo empregatício, é primordial que a ONG se previna fazendo com que o futuro voluntário, assine um termo de adesão ao trabalho voluntário.  É sempre bom consultar um advogado, para saber exatamente qual a carga horária que o voluntário poderá doar a ONG. Estipule pelo menos duas horas por dia e dois dias por semana, para o trabalhador voluntário, assim fica mais difícil qualquer medida trabalhista contra a ONG.


LEI Nº 9.608, DE 18 DE FEVEREIRO DE 1998

Dispõe sobre o serviço voluntário e dá outras providências.
O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: 
Art. 1º Considera-se serviço voluntário, para fins desta Lei, a atividade não remunerada, prestada por pessoa
física a entidade pública de qualquer natureza, ou a instituição privada de fins não lucrativos, que tenha objetivos cívicos, culturais, educacionais, científicos, recreativos ou de assistência social, inclusive mutualidade.
Parágrafo único. O serviço voluntário não gera vínculo empregatício, nem obrigação de natureza trabalhista
previdenciária ou afim.
Art. 2º O serviço voluntário será exercido mediante a celebração de termo de adesão entre a entidade, pública ou privada, e o prestador do serviço voluntário, dele devendo constar o objeto e as condições de seu exercício.
Art. 3º O prestador do serviço voluntário poderá ser ressarcido pelas despesas que comprovadamente realizar no desempenho das atividades voluntárias.
Parágrafo único. As despesas a serem ressarcidas deverão estar expressamente autorizadas pela entidade a que for prestado o serviço voluntário.
Art. 4º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.
Art. 5º Revogam-se as disposições em contrário

25 maio 2010

Oportunidade para Pessoas com Necessidades Especiais


Projeto Abrindo Caminhos, do Metrô do Rio de Janeiro, abre vagas para portadores de necessidades especiais. Não perca essa oportunidade. As vagas são para a função de auxiliar de Operação. Os candidatos com necessidades especiais passarão por um treinamento, com aulas de idioma estrangeiro (inglês) e curso de informática.


Os interessados precisam de ensino fundamental completo. Para participar da seleção é preciso se inscrever no Programa Abrindo Caminhos pelo site do Metrô, clicando primeiro em Trabalhe Conosco e depois em Oportunidades. O endereço do site é: www.metrorio.com.br. O Programa Abrindo Caminhos é uma parceria do Metrô Rio com a ONG CVI Rio (Centro de Vida Independente).

24 maio 2010

Eu Mereço Ganhar Um Netbook

Eu mereço um Netbook

Acho que todos tem possibilidade e capacidade para ganhar esse netbook, mas tenho que falar sobre mim, então vamos lá. Todos sabem o trabalho que faço, se visitarem o meu blog terão uma visão completa do que já fiz e do que faço ainda hoje. Falar que preciso de um notebook é um tanto redundante, estarei repetindo o que todos falam, mas no momento é a  ferramenta que estou precisando. Trabalho como diretor de informática de dois projetos em  Valença, Projeto SOS Serra dos Mascates e Projeto LIvro Sem fronteiras, além de trabalhar  com sites e blogs e até o momento não consegui comprar um netbook.
É muito chato falar sobre isso, fico um pouco constrangido, principalmente depois de já ter lido alguns dos textos de outros blogueiros. Se me pedissem para escrever um texto sobre algum tema, talvez eu consguisse um melhor resultado. Tenho facilidade de escrever textos sobre outras coisas ou outras pessoas, mas quando tenho que me referir a mim mesmo, é complicado.Espero que tenham entendido o que quero dizer e torço para que o melhor texto ganhe, pois não quero ser piegas e ficar aqui fazendo um auto elogio ou dizendo que estou super necessitado, essas coisas todas, que soam um tanto apelativo. Obrigado

Verba para o Projeto Livro Sem Fronteiras está a Caminho

Verba para o Projeto Livro Sem Fronteiras está a caminho. Depois de uma longa luta, o projeto de Fernando Monção, recebeu o devido apoio para a liberção da verba para a contrução da biblioteca do Projeto Livro Sem Fronteiras. A emenda foi criada pelo Deputado Federal Rodrigo Maia
O Projeto Livro sem Fronteiras é um projeto de incentivo a leitura, criado por Fernando Monção, do qual participo como Diretor de Informatica, o que me deixa muito orgulhoso. Devemos todos parabenizar Fernando Monção e a comunidade valenciana por mais essa conquista.

O Projeto recebe o Apoio do Deputado Federal Rodrigo Maia, que destina uma Emenda ao Orçamento da União para a Prefeitura Municipal de Valença em favor da construção da nossa biblioteca.
Não é segredo para ninguém que o Prefeito Vicente Guedes, vem atravessando um momento difícil, aguardando a decisão do TSE, e que toda a cidade vive uma incômoda expectativa, mas nem com toda essa dificuldade o Sr Prefeito permitiu que suas Secretarias Municipais negligenciassem o andamento dos projetos. O Sr Marcos Toledo da Sec. de Projetos Especiais já corre os tramites junto ao MinC, para em poucos dias dispormos dos recursos necessários para a conclusão do Projeto que está  inscrito no Siconv sob o número:  036.053/2010
( Sistema de Convênios ).
O Projeto Livro Sem Fronteiras é parte desse posicionamento sério e gestor do Sr Prefeito. Cabe citar inclusive que o partido político do Deputado Rodrigo Maia é oposição ao partido do Prefeito, digo isso para valorizar a posição de Homens que estão acima do interesse eleitoreiro e apóiam um mesmo projeto, mesmo sob óticas divergentes, o apóiam pela cidade, pelos cidadãos, enfim, pela leitura.  Isso é a diferença entre  Política e Politicagem.
Agora é questão de pouco tempo.
Deus esteja com esses Homens e com todos que direta ou indiretamente estão conosco construindo a Cidade da Leitura.
 

22 maio 2010

Centro Cultural Criança Cidadã (CECI)

Trabalho construído por mim e por alguns voluntários em Seropédica, que teve seu início no ano 2000.
O Centro Cultural Criança Cidadã (CECI), atende crianças e adolescentes em situação de risco ou não, em parceria com a Paróquia Maria Mãe da Igreja. Fundado em 13 de setembro de 2002, a instituição já atendeu milhares de crianças e adolescentes do município de Seropédica. O CECI oferece ainda, vários cursos abertos a comunidade e cobrando apenas ajuda de custos. Com um curso de informática, em parceria com o Comitê para Democratização da Informática (CDI), a instituição oferece à comunidade a inclusão digital, com cursos de Word, Excel e Power Point; dessa forma o CECI abre portas do mercado de trabalho, para muitos jovens. Contando também com uma biblioteca com cêrca de três mil volumes, a primeira biblioteca inaugurada em Seropédica, que fica aberta todos os dias, para as pesquisas das crianças e jovens de todo o município.


O CECI tem pôr objetivo o estudo, pesquisa, assessoria, organização e proteção ao meio ambiente, assistência à cidadania, educação e saúde, podendo criar intercâmbios com grupos culturais e entidades nacionais e internacionais, apoio e luta contra qualquer forma de discriminação social, econômica, racial, religiosa e sexual em todo território nacional e atendimento a grupos vulneráveis, especialmente crianças e adolescentes.


Rua Durvalino Francisco de Jesus, 3
Parque Jacimar (km 42)
Seropédica - RJ
Cep: 23850-370
Telefone: (0xx21) 3787-3229
CNPJ:05.504.420/0001-29
e-mail: eic_ceci@yahoo.com.br

21 maio 2010

Bourbon Festival Paraty 2010

Conheço poucas pessoas que não gostam de jazz, eu adoro.
Surgido em Nova Orleans, nos Estados Unidos, no início do século XX, o jazz mostra toda a criatividade dos negros americanos. A tradição afro-americana misturada com diversos outros ritmos, transformaram aquela região no berço do mais fantástico improviso sonoro que é o jazz. 


As charmosas ruas de Paraty, já acostumadas a receber visitantes de todo o país e do mundo, receberão no final de semana de maio, dias 28, 29 e 30 de maio 10, uma série de excelentes shows produzida pelo conceituado clube paulistano" Bourbon Street Music Club ".

Jazz tradicional e moderno, Blues, R&B, Soul, Swing e o originalíssimo Zydeco de New Orleans serão representados por muitas atrações nacionais e internacionais e participações especiais em três noites de shows abertos e gratuitos em um palco especialmente montado para o evento, o Palco da Matriz.

O Festival, promovido pelo Bourbon Street Music Club com apoio da Prefeitura de Paraty e do Convention & Visitors Bureau da cidade, será uma amostra das atrações que se apresentam no clube paulistano que é considerado o templo do jazz e blues de São Paulo, conhecido por ter trazido a seu palco nomes como BB King, Ray Charles e Nina Simone, só para citar alguns.

A festa começa no cais e nas ruas do Centro Histórico com a Dixie Square Jazz Band, uma animada Street Band que anunciará os shows imperdíveis das noites de sexta, sábado e domingo à noite a partir das 21h00.

((( PROGRAMAÇÃO )))

SEX 28

21h30> LEO GANDELMAN & DIOGO POCAS
23h00> GLEN DAVID ANDREWS
00h00> BIG TIME ORCHESTRA
all night long> DJ BEBETO + JAM

SAB 29

21h00> CAVIARS BLUES BAND + chui, paulo meye e donny nichillo
22h30> STANLEY JORDAN & ARMANDINHO
00h00> VICTOR BROOKS + julie mcknight & wayne vaughn
all night long> DJ BEBETO + JAM

DOM 30

20h30> RHANDAL & TRIO
22h00> BOCATO & flavia fonseca
23h00> JOHN PIZZARELLI

19 maio 2010

Lembrete para quem quer criar uma ONG

Algumas dicas para quem tem um projeto social já em funcionamento e quer transformá-lo em uma ONG. Não espere encontrar facilidades pela frente, poucas pessoas o ajudarão nesse caminho, é muito difícil que alguém lhe ensine o caminho das pedras. Você só poderá contar com você mesmo e com alguns poucos amigos. Mas não desista, trabalhar com projetos sociais é uma tarefa para pessoas de sensibilidade. Tente se organizar bastante, para que não se perca pelo caminho. Busque auxílio na internet, pesquise outras ONGs e veja como elas trabalham, visite-as se possível. Uma das coisas mais importantes antes de fundar uma ONG, é você já ter um trabalho pronto e bem divulgado. Não deixe de criar um blog para sua instituição, isso é muito importante, é através dele que você poderá mostrar para o mundo o seu trabalho. Se tiver alguma dúvida entre em contato comigo, que eu tentarei responder na medida do possível.

  1. Organize-se.
  2. Crie um código de ética.
  3. Seja participativo e delegue funções.
  4. Para decisões de assuntos relevantes convoque sempre a Assembléia Geral.
  5. Nunca fira o código de ética da ONG.
  6. Seja contra qualquer tipo de discriminação.
  7. Implemente parcerias.
  8. Sempre planeje a longo prazo, não tenha pressa.
  9. Seja transparente sempre.
  10. Trabalhe incessantemente.
  11. Não pare pelo caminho.

18 maio 2010

III Feira Cultural de Responsabilidade Social Empresarial


Você que é empresário e tem responsabilidade social não pode perder esse evento, que é mais um projeto do Plante Árvore.

A III Feira Cultural de Responsabilidade Social Empresarial Bacia de Campos tem por objetivo divulgar conceitos, metodologias e estimular ações de responsabilidade social empresarial e sustentabilidade nos municípios da área de influencia da Bacia de Campos e outras regiões do estado e do país, além de possibilitar a realização de bons negócios sustentáveis.

Horário: 19 maio 2010 às 14:00 a 21 maio 2010 às 19:00
Rua: Rodovia Amaral Peixoto, Km 170 - Barreto
Cidade: Macaé - RJ
Telefone: (22) 2772-2569
Tipo de evento: feira
Organizado por: Wiliam Martins Aquino

17 maio 2010

Seu Banner no Planeta Voluntários

O site Planeta Voluntários está disponibilizando um espaço para banners de parceiros. Que tal aproveitar essa oportunidade e conhecer o trabalho desse projeto, que vem interligando voluntários e instituições há algum tempo. Entre no site e se cadastre, seu banner estará no ar em poucos minutos. E além de divulgar seu blog, você ajuda um projeto de qualidade.


Atenção! Seu cadastro será submetido para avaliação da equipe do Planeta Voluntários -. Assim que fizer o cadastro insira o código do nosso banner em sua página. Se o mesmo não for encontrado quando algum membro de nossa equipe vistoriar seu site, seu cadastro será imediatamente cancelado. Lembramos que periodicamente verificamos a presença do código em TODOS os sites da rede.

Informações Gerais:

01 - A inscrição é permitida a qualquer pessoa, não importando sua nacionalidade, raça, sexo ou religião.

02 - É vetada a utilização de banners com imagens de sexo, pedofilia, racista, terrorista, discriminatório, ligado à pirataria de software, com conteúdo hacker/cracker, que estimulem violência, uso de drogas ou qualquer outro meio que não atendam ao código de ética da internet.

03 - Da mesma forma a página ligada ao banner através do link selecionado não poderá conter qualquer um dos conteúdos listados no item acima.

04 - Ainda é necessário que o associado possua um banner nas dimensões 468x60, tendo no máximo 30Kb, e que esteja no formato .GIF ou .JPG, podendo ser este animado ou não.

05 - O usuário poderá inserir o código do nosso banner quantas vezes quiser nas páginas de seu site.

06 - As imagens dos banners, bem como o conteúdo dos sites são de inteira responsabilidade dos usuários, não cabendo ao Planeta Voluntários qualquer responsabilidade sobre os mesmos.

07 - As contas cujos sites permanecerem indisponíveis (fora do ar, com problemas técnicos, etc) por um período de 7 dias , serão removidas do sistema.

08 - Caso o usuário retire o nosso banner de sua página sua conta será automaticamente removida.

09 - Dos termos aqui contidos. Todos os Termos são de caráter obrigatório e podem ser alterados a qualquer momento sem necessidade de aviso prévio por parte do Planeta Voluntários.

CADASTRAR

14 maio 2010

Termo de Doação


Um termo de doação é muito importante, para uma instituição tocar seus projetos. Muitas ONGs vivem de doações e precisam se precaver quanto a origem das doações recebidas, por isso nada melhor do que pedir à que doa que assine um termo de doação. Assim ambos estarão garantidos quanto a problemas futuros.

TERMO DE DOAÇÃO


______________________________________________________ portador da cédula de identidade nº

__________________, expedida por _____________,   CPF nº ______________________ , filho(a) de

__________________________________ e de ___________________________________________,
 residente à Rua/Av. __________________________________________________________________ 
faz  DOAÇÃO de: ___________________________________________________________________
a Instituição _______________________________________________________________________, 
CNPJ nº __________________ Localizada à Rua __________________________________________,
_____________________________________ .


_______________, _____ de __________________ de _______



___________________________________________
Doador(a)


____________________________________________
Recebedor(a)

13 maio 2010

Projeto Livro Sem Fronteiras Recebe Indicação na Câmara Municipal de Valença

Na seção do dia 05 de maio de 2010 o Vereador Felipe Farias indicou o Projeto Livro Sem Fronteiras na Câmara Municipal de Valença. O Vereador Felipe Farias enalteceu o Projeto Livro Sem Fronteiras e mostrou a importância dos livros, principalmente para a população mais carente, que com a construção da biblioteca terá mais acesso a leitura.

"O Vereador Felipe Farias indica o Projeto Livro sem Fronteiras ao Ilmo. Prefeito Municipal, Sr. Vicente de Paula de Souza Guedes, no sentido que este determine ao setor responsável, apoio ao Projeto Livro sem Fronteiras."

12 maio 2010

Diretoria Vitalícia, é Possível?


Dúvida enviada por Vanessa Napoli. 
Sempre respondo os emails ou mensagens do formulário de contato, que me são enviadas. Dentro do meu conhecimento procuro responder atenciosamente cada questão, caso eu não saiba a resposta,  tento consegui-la com outras pessoas que tenham maior conhecimento na área.

"Olá, quero em primeiro lugar parabenizar pelo blog. Gostaria de tirar uma dúvida. Uma ONG pode ter uma diretoria vitalícia? Pois andei consultando algumas e pude perceber que existem Ongs com diretoria vitalícia. Qual a diferença de uma ONG e uma Fundação? e para finalizar gostaria de seu contato, pois estou querendo criar alguns projetos e não achei nenhum profissional especializado para desenvolver esse trabalho. 
Vanessa Napoli"

Olá amiga Vanessa
Tenho um problema parecido acontecendo na ONG que estou fundando aqui em Valença. O atual presidente da instituição está querendo colocar no estatuto da instituição a composição da diretoria como vitalícia, eu sou contra.
Estive conversando com dois advogados amigos, que me disseram ser pouco provável que ele consiga registrar esse estatuto, pois o atual código civil não permite. Além disso, você fecha portas, nenhuma empresa vai apostar em uma instituição com diretoria vitalícia e também não será possível fechar parceria com o governo.
Quando fundamos uma instituição, temos de nos perguntar: para que? E para quem? Está sendo fundada essa ONG. Acredito que seja para a comunidade, para a sociedade. Ela não é minha propriedade, não vou levá-la comigo, caso eu tenha de me afastar, trocar de município, de estado.
Quando fundei o Centro Cultural Criança Cidadã, tinha certeza do que estava fazendo, por isso me cerquei de amigos que tinham o mesmo ideal. Quando me mudei de Seropédica para Valença, me afastei legalmente da instituição, mas deixei como herança um trabalho bem feito, uma instituição sem dívidas e bem equipada, para que toda a comunidade pudesse utilizá-la em seu próprio benefício.
A fundação é mais flexível, porque quando se cria uma fundação, você mesmo é quem banca. Os projetos são bancados pela própria fundação e por empresas parceiras.
Existem vários profissionais de alto nível que fazem projetos, mas cobram caro, mas o trabalho fica muito bom. Você pode achá-los na internet.
Espero ter ajudado. 
Caso precise de algo mais específico, entre em contato comigo, para conversarmos.
Abraços
Victor S. Gomez

11 maio 2010

BUSTV Procura Produtores Culturais


Encontrei essa oportunidade no site, escuta.estudiolivre.org.
Ótima oportunidade para mostrar seu talento, entre nessa e mostre que você é capaz de realizar algo, que contribua para a melhoria da nossa sociedade.
Produtores Culturais, formadores de opinião, a BUSTV Brasil está disponibilizando um espaço na sua grade de programação com o programa “Fazendo Arte” que tem o objetivo de divulgar novos projetos culturais alternativos que estão acontecendo no Brasil. Fomentar a cultura e dar visibilidade a projetos que não estão na mídia.
Para participar do “Fazendo Arte” é preciso produzir um vídeo de 3 minutos fazendo menção ao nome do programa “Fazendo Arte” e da BUSTV.
O conteúdo do vídeo deverá conter os objetivos do projeto, como é desenvolvido o trabalho e o que ele oferece ao público, qual o retorno à comunidade ou à sociedade.
Não há limite de data para o envio de vídeos.
Os vídeos devem ter o formato 720×480 pixels e estar, de preferência, em alta definição.
Mais informações pelo e-mail: joaogabriel@bustv.com.br

CQY7UJZ8J758

10 maio 2010

Cia de Artes Amor e Arte

A Cia de Artes Amor e Arte está há 9 anos de atuação em Valença. É bom conhecer voluntários, com um projeto tão lindo e que realmente acreditam no que fazem. Um grupo de jovens obstinados, que não deixa a peteca cair e leva arte a todos os cantos. Jovens que fazem arte com amor.
Curto Slide com fotos antigas, de 2008, e algumas anteriormente a esta data, da Cia.
Para 2009 estamos com interessantes projetos em andamento...

08 maio 2010

Necessito de Ajuda

fonte da imagem: www.serhumano.org

Recebi essa mensagem através do formulário de contato aqui do blog e resolvi publicá-la, porque notei muita sinceridade nas palavras escritas. Espero que essa pessoa retorne o meu email, para que me possa falar mais sobre seu projeto, que nem sei de onde é, se alguém quiser checar, tem o telefone ai embaixo.

"Estou há dois anos, com uma equipe de 08 pessoas trabalhando com ajuda humanitária, não tenho uma ONG, e gostaria de tê-la e fazê-la reconhecida, desejo entrar em contato com pessoas que possam fazer doações de roupas, calçados, roupas de cama e banho, brinquedos, enfim...
A região onde moro é sempre castigada por enchentes, e as ajudas que aqui chegam nem sempre são destinadas as pessoas carentes. Pois grupos politiqueiros entram em cena, e usam as ajudas para fins próprios, sendo poucos os produtos enviados as pessoas. São pessoas pobres, de baixíssima renda, e outras que não são afetadas por cheias, mas são assoladas pelo flagelo da fome.
E eu desejo de coração que a minha mensagem seja transmitida a todos os que desejam fazer o bem, e realmente queiram ajudar, sem interesses próprios ou lucrativos.
É esse o destino do que peço, para pessoas realmente carentes.
Contatos por e-mail ou cel.: 084 9145-5457"

Olá Franckysthênia
Desculpe a demora em responder.
Tenho estado muito atarefado com meus blogs e meus trabalhos sociais.
Acho que o primeiro passo seria você legalizar a ONG, pelo que notei ela já existe, mas não está registrada. Facilitaria muito o recebimento de doações, teria mais credibilidade.
Não creio ser muito dificil começar, você precisaria de pouco dinheiro para o registro, são várias pessoas no grupo, e isso poderia ser rateado entre todos.
Se quiser divulgar seu trabalho no meu blog, tenho recebido mais de 500 visitas por dia, me mande fotos e um texto sobre seu trabalho.
Caso tenha dúvidas quanto ao registro, me mande elas em tópicos, que responderei na medida do possível.
Abraços e sucesso.

07 maio 2010

Vereador Felipe Farias indica Projeto Livro Sem Fronteiras

O Projeto Livro Sem Fronteiras faz um trabalho de incentivo a leitura, que visa criar na população valenciana o hábito da leitura, formando assim cidadãos conscientes de seus direitos e deveres.
Na última quarta-feira, na Câmara de Vereadores de Valença, o Vereador Felipe Farias indicou o Projeto Livro sem Fronteiras ao Ilmo. Prefeito Municipal, Sr. Vicente de Paula de Souza Guedes, no sentido que este determine ao setor responsável, apoio ao Projeto Livro sem Fronteiras.

06 maio 2010

Castro Alves

Antônio Frederico de Castro Alves nasceu em 14 de março de 1847, Vila de Nossa Senhora da Conceição de "Curralinho", hoje Castro Alves, Estado da Bahia. Considerado o "Poeta dos Escravos", por suas poesias contra a escravidão. Sempre teve em sua mente o forte pensamento na liberdade dos escravos, sua luta era social e moral e isso foi marcante em sua literatura.

Poesias:
Espumas Flutuantes, 1870
A Cachoeira de Paulo Afonso, 1876
Os Escravos, 1883
Hinos do Equador, em edição de suas Obras Completas (1921)
Navio Negreiro(1869)
Tragédia no mar

Navio Negreiro
Castro Alves

'Stamos em pleno mar... Doudo no espaço
Brinca o luar — dourada borboleta;
E as vagas após ele correm... cansam
Como turba de infantes inquieta.
'Stamos em pleno mar... Do firmamento
Os astros saltam como espumas de ouro...
O mar em troca acende as ardentias,
— Constelações do líquido tesouro...
'Stamos em pleno mar... Dois infinitos
Ali se estreitam num abraço insano,
Azuis, dourados, plácidos, sublimes...
Qual dos dous é o céu? qual o oceano?...
'Stamos em pleno mar. . . Abrindo as velas
Ao quente arfar das virações marinhas,
Veleiro brigue corre à flor dos mares,
Como roçam na vaga as andorinhas...

Donde vem? onde vai? Das naus errantes
Quem sabe o rumo se é tão grande o espaço?
Neste saara os corcéis o pó levantam,
Galopam, voam, mas não deixam traço.
Bem feliz quem ali pode nest'hora
Sentir deste painel a majestade!
Embaixo — o mar em cima — o firmamento...
E no mar e no céu — a imensidade!
Oh! que doce harmonia traz-me a brisa!
Que música suave ao longe soa!
Meu Deus! como é sublime um canto ardente
Pelas vagas sem fim boiando à toa!
Homens do mar! ó rudes marinheiros,
Tostados pelo sol dos quatro mundos!
Crianças que a procela acalentara
No berço destes pélagos profundos!
Esperai! esperai! deixai que eu beba
Esta selvagem, livre poesia
Orquestra — é o mar, que ruge pela proa,
E o vento, que nas cordas assobia...

Por que foges assim, barco ligeiro?
Por que foges do pávido poeta?
Oh! quem me dera acompanhar-te a esteira
Que semelha no mar — doudo cometa!
Albatroz! Albatroz! águia do oceano,
Tu que dormes das nuvens entre as gazas,
Sacode as penas, Leviathan do espaço,
Albatroz! Albatroz! dá-me estas asas.
II
Que importa do nauta o berço,
Donde é filho, qual seu lar?
Ama a cadência do verso
Que lhe ensina o velho mar!
Cantai! que a morte é divina!
Resvala o brigue à bolina
Como golfinho veloz.
Presa ao mastro da mezena
Saudosa bandeira acena
As vagas que deixa após.
Do Espanhol as cantilenas
Requebradas de langor,
Lembram as moças morenas,
As andaluzas em flor!
Da Itália o filho indolente
Canta Veneza dormente,
— Terra de amor e traição,
Ou do golfo no regaço
Relembra os versos de Tasso,
Junto às lavas do vulcão!

O Inglês — marinheiro frio,
Que ao nascer no mar se achou,
(Porque a Inglaterra é um navio,
Que Deus na Mancha ancorou),
Rijo entoa pátrias glórias,
Lembrando, orgulhoso, histórias
De Nelson e de Aboukir.. .
O Francês — predestinado —
Canta os louros do passado
E os loureiros do porvir!
Os marinheiros Helenos,
Que a vaga jônia criou,
Belos piratas morenos
Do mar que Ulisses cortou,
Homens que Fídias talhara,
Vão cantando em noite clara
Versos que Homero gemeu ...
Nautas de todas as plagas,
Vós sabeis achar nas vagas
As melodias do céu! ...
III
Desce do espaço imenso, ó águia do oceano!
Desce mais ... inda mais... não pode olhar humano
Como o teu mergulhar no brigue voador!
Mas que vejo eu aí... Que quadro d'amarguras!
É canto funeral! ... Que tétricas figuras! ...
Que cena infame e vil... Meu Deus! Meu Deus! Que horror!

IV
Era um sonho dantesco... o tombadilho
Que das luzernas avermelha o brilho.
Em sangue a se banhar.
Tinir de ferros... estalar de açoite...
Legiões de homens negros como a noite,
Horrendos a dançar...
Negras mulheres, suspendendo às tetas
Magras crianças, cujas bocas pretas
Rega o sangue das mães:
Outras moças, mas nuas e espantadas,
No turbilhão de espectros arrastadas,
Em ânsia e mágoa vãs!
E ri-se a orquestra irônica, estridente...
E da ronda fantástica a serpente
Faz doudas espirais ...
Se o velho arqueja, se no chão resvala,
Ouvem-se gritos... o chicote estala.
E voam mais e mais...
Presa nos elos de uma só cadeia,
A multidão faminta cambaleia,
E chora e dança ali!
Um de raiva delira, outro enlouquece,
Outro, que martírios embrutece,
Cantando, geme e ri!
No entanto o capitão manda a manobra,
E após fitando o céu que se desdobra,
Tão puro sobre o mar,
Diz do fumo entre os densos nevoeiros:
"Vibrai rijo o chicote, marinheiros!
Fazei-os mais dançar!..."
E ri-se a orquestra irônica, estridente. . .
E da ronda fantástica a serpente
Faz doudas espirais...
Qual um sonho dantesco as sombras voam!...
Gritos, ais, maldições, preces ressoam!
E ri-se Satanás!...

V
Senhor Deus dos desgraçados!
Dizei-me vós, Senhor Deus!
Se é loucura... se é verdade
Tanto horror perante os céus?!
Ó mar, por que não apagas
Co'a esponja de tuas vagas
De teu manto este borrão?...
Astros! noites! tempestades!
Rolai das imensidades!
Varrei os mares, tufão!
Quem são estes desgraçados
Que não encontram em vós
Mais que o rir calmo da turba
Que excita a fúria do algoz?
Quem são? Se a estrela se cala,
Se a vaga à pressa resvala
Como um cúmplice fugaz,
Perante a noite confusa...
Dize-o tu, severa Musa,
Musa libérrima, audaz!...
São os filhos do deserto,
Onde a terra esposa a luz.
Onde vive em campo aberto
A tribo dos homens nus...
São os guerreiros ousados
Que com os tigres mosqueados
Combatem na solidão.
Ontem simples, fortes, bravos.
Hoje míseros escravos,
Sem luz, sem ar, sem razão. . .
São mulheres desgraçadas,
Como Agar o foi também.
Que sedentas, alquebradas,
De longe... bem longe vêm...
Trazendo com tíbios passos,
Filhos e algemas nos braços,
N'alma — lágrimas e fel...
Como Agar sofrendo tanto,
Que nem o leite de pranto
Têm que dar para Ismael.
Lá nas areias infindas,
Das palmeiras no país,
Nasceram crianças lindas,
Viveram moças gentis...
Passa um dia a caravana,
Quando a virgem na cabana
Cisma da noite nos véus ...
... Adeus, ó choça do monte,
... Adeus, palmeiras da fonte!...
... Adeus, amores... adeus!...
Depois, o areal extenso...
Depois, o oceano de pó.
Depois no horizonte imenso
Desertos... desertos só...
E a fome, o cansaço, a sede...
Ai! quanto infeliz que cede,
E cai p'ra não mais s'erguer!...
Vaga um lugar na cadeia,
Mas o chacal sobre a areia
Acha um corpo que roer.

Ontem a Serra Leoa,
A guerra, a caça ao leão,
O sono dormido à toa
Sob as tendas d'amplidão!
Hoje... o porão negro, fundo,
Infecto, apertado, imundo,
Tendo a peste por jaguar...
E o sono sempre cortado
Pelo arranco de um finado,
E o baque de um corpo ao mar...
Ontem plena liberdade,
A vontade por poder...
Hoje... cúm'lo de maldade,
Nem são livres p'ra morrer. .
Prende-os a mesma corrente
— Férrea, lúgubre serpente —
Nas roscas da escravidão.
E assim zombando da morte,
Dança a lúgubre coorte
Ao som do açoute... Irrisão!...
Senhor Deus dos desgraçados!
Dizei-me vós, Senhor Deus,
Se eu deliro... ou se é verdade
Tanto horror perante os céus?!...
Ó mar, por que não apagas
Co'a esponja de tuas vagas
Do teu manto este borrão?
Astros! noites! tempestades!
Rolai das imensidades!
Varrei os mares, tufão! ...
VI
Existe um povo que a bandeira empresta
P'ra cobrir tanta infâmia e cobardia!...
E deixa-a transformar-se nessa festa
Em manto impuro de bacante fria!...
Meu Deus! meu Deus! mas que bandeira é esta,
Que impudente na gávea tripudia?
Silêncio. Musa... chora, e chora tanto
Que o pavilhão se lave no teu pranto! ...
Auriverde pendão de minha terra,
Que a brisa do Brasil beija e balança,
Estandarte que a luz do sol encerra
E as promessas divinas da esperança...
Tu que, da liberdade após a guerra,
Foste hasteado dos heróis na lança
Antes te houvessem roto na batalha,
Que servires a um povo de mortalha!...
Fatalidade atroz que a mente esmaga!
Extingue nesta hora o brigue imundo
O trilho que Colombo abriu nas vagas,
Como um íris no pélago profundo!
Mas é infâmia demais! ... Da etérea plaga
Levantai-vos, heróis do Novo Mundo!
Andrada! arranca esse pendão dos ares!
Colombo! fecha a porta dos teus mares!

05 maio 2010

Seleção Pública de Projetos Sociais 2010


Seleção Pública de Projetos Sociais 2010 do Programa Petrobras Desenvolvimento e Cidadania.
As inscrições podem ser feitas até o dia 21 de maio de 2010. Poderão ser inscritos projetos que solicitem valor de patrocínio de até R$ 1.450.000,00 por biênio (24 meses). Será possível inscrever até 3 projetos por instituição, mas apenas um ser contemplado. Projetos em andamento ou em fase de planejamento poderão ser inscritos.
É hora de aproveitar a oportunidade de levar seu projeto adiante, faça a inscrição para projetos sociais da Petrobras. A verba oferecida é para dois anos, podendo ser renovada por mais dois anos.
Serão aceitos projetos sob responsabilidade de organismos governamentais, não-governamentais e comunitários, constituídos sob as leis brasileiras, sem finalidades lucrativas, e com atuação no Terceiro Setor, tais como associações, fundações, ONGs, OSCIPs, entre outras.

04 maio 2010

Modelo de Projeto Social - Trupe da Leitura


Um Modelo de Projeto Social criado por mim e por uma voluntária do Centro Cultural Criança Cidadã. Varios adolescentes participaram do projeto e muitos deles, hoje, estão no mercado de trabalho ou terminando seus estudos. Centenas de crianças e adolescentes da rede escolar de Seropédica, tiveram o prazer de assistir as apresentações desse grupo de voluntários do CECI.


Identificação do Projeto

Nome do projeto
Trupe da Leitura

Nome do Coordenador


Data de início do projeto
15/01/2001

Dados da Organização

Nome da organização e sigla
Centro Cultural Criança Cidadã
CECI

Endereço da organização
Durvalino Francisco de Jesus, 3

Bairro    Cidade    UF    CEP
Parque Jacimar    Seropédica    RJ    23850-370

DDD\Telefones    Fax

E-mail

CNPJ

Responsável pela organização
Nome do responsável
Victor Sant'anna Gomez

Cargo do responsável
Diretor Executivo

Data de fundação da organização
13/09/2002

Origem da organização.
A idéia de criarmos uma biblioteca comunitária, surgiu quando da visita de uma menina da comunidade a minha casa. Eu tinha alguns livros infantis e a menina ficou vidrada. A comunidade é muito carente e a preocupação principal dos pais não é comprar livros para seus filhos. Dei a ela um dos livros de presente. A menina ficou encantada e não desgrudou mais do livro. O nome dela é Cintia e na época tinha oito anos. Hoje com 15 anos ela participa da Trupe da Leitura.

Objetivos da organização.
O CENTRO CULTURAL CRIANÇA CIDADÃ, também é representado pela sigla CECI, é uma sociedade civil sem fins lucrativo, livre de quaisquer preconceitos ou discriminações, seja de etnia, sexuais, credo religioso ou ideologia, quer em suas atividades e objetivos sociais, quer entre os componentes de seu quadro de diretoria e parcerias. A entidade será rígida com a legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade, economicidade e da eficiência. O CECI tem pôr objetivo o estudo, pesquisa, assessoria, organização e proteção ao meio ambiente, assistência à cidadania, educação e saúde, podendo criar intercâmbios com grupos culturais e entidades nacionais e internacionais, apoio e luta contra qualquer forma de discriminação social, econômica, racial, religiosa e sexual em todo território nacional e atendimento a grupos vulneráveis, especialmente crianças e adolescentes. Além disso o CECI visa dar cursos profissionalizantes de qualificação e requalificação profissional para melhor atender a comunidade. Podendo também fazer convênio e parcerias com entidades afins.

Dados orçamentários da organização.
Quadro Orçamentário:
Doações ou contribuições individuais    50     Pessoas físicas

Vendas de produtos e serviços    55     Curso de informática

Valor estimado da receita anual
R$  .000,00

Sobre o projeto inscrito
Resumo do projeto
O município de Seropédica localizado na Baixada Fluminense, com uma área territorial de 267 Km2 e população total de 65.020 habitantes; segundo dados do IBGE mais de 45% de sua população ativa não completou o segundo grau. Por isso criamos o Projeto Trupe da Leitura. Acreditamos que ele se destina a desenvolver o gosto pela leitura e a disseminar a cultura entre os habitantes do município. A Trupe da Leitura é um grupo formado por adolescentes da comunidade e freqüentadores de nossa instituição e está em atividade aproximadamente dois anos e seis meses. O projeto Trupe da Leitura surgiu antes de fundarmos a instituição. Esse grupo leva às escolas da rede pública e particular o contato com os livros, fazendo encenações com textos de grandes escritores e declamações de poesias, para com isso despertar nas crianças e adolescentes o gosto pela leitura. Enquanto um narrador com um livro na mão vai lendo parte de um texto, o restantante apresenta um esquete dando continuidade ao texto narrado. Já foram realizadas várias apresentações nas escolas da comunidade com grande sucesso e repercussão. O Projeto Trupe da Leitura busca também a melhoria da qualidade de vida, nas comunidades de baixa renda, pretendendo tirar nossos jovens da faixa de exclusão social. Paralelamente temos o Módulo Ser Cidadão, no qual são tratadas questões como Cidadania, Sexualidade, Drogas, DSTs (AIDS), Família, Estatuto da Criança e Adolescente, etc. Além desses pontos é dada prioridade ao reforço escolar, através de aulas de português e matemática, dando ênfase principalmente ao acompanhamento da freqüência e manutenção da média escolar; visando com isso conter a crescente evasão escolar, que tira grande parte dos alunos da escola. Num município carente de recursos, e sem políticas públicas que favoreçam as crianças e adolescentes; faz se necessário à implantação de projetos socioculturais. O Projeto aposta na formação desses adolescentes; para que possam, por seus próprios esforços, lutar por uma melhor qualidade de vida e conquista de sua cidadania.

População atendida
Critérios de seleção para ingresso no projeto
O jovens devem estar matriculados na escola. É cobrado dos adolescentes a freqüência e a média escolar. Todos os adolescentes que participam do projeto são voluntários.

Número de crianças e adolescentes atendidos mensalmente no projeto, por sexo e faixa etária:
Faixa
Masculino    Feminino    Total
13 a 15 anos    4     7     11
16 a 18 anos    5     8     13
Total    9     15     24

Periodicidade do projeto
3 vez por semana

Equipe de trabalho e formação
O projeto prevê momentos de formação da equipe.
momentos/encontros realizados em 2002.
Anteriormente as reuniões eram feitas esporadicamente somente entre a equipe. Para esse ano achamos que para melhor desenvolvimento do projeto, serão realizadas exposições com os trabalhos dos adolescentes, relatórios e reuniões mensais de avaliação com toda equipe. Nestes encontros serão discutidas todas as situações decorrentes do convívio entre educadores e adolescentes observando assim a eficiência dos métodos aplicados. A ata desta assembléia servirá de base para a avaliação do projeto para possíveis desdobramentos. A cada 3 meses aplicaremos um questionário de avaliação do desenvolvimento dos adolescentes. Ao término des 6 meses faremos painéis indicadores sobre o rendimento da equipe, dos adolescentes e sua freqüência, avaliando se as metas do projeto foram atingidas. Teremos também questionários de avaliação ao término da execução do projeto. Faremos também questionários com pais para avaliação dos adolescentes (mudança de comportamento, melhora no aprendizado, maior participação na escola e em casa).

Composição da equipe de profissionais envolvida no projeto, todos voluntários.
Coordenadora
    2º grau
    Arte educadora
    1
Instrutor
    2º Grau
    Ator e Artista Plástico
    1
Instrutora
    normal
    Educadora
    1
Coordenadora Pedagógica
    3º grau
    Pedagoga
    1

Cursos/seminários/palestras que os profissionais do projeto participaram nos últimos 2 anos.
Participação na coordenação do Seminário "Direito e Voluntariado" realizado na FESUDEPERJ em 2002. Os profissionais do CECI organizaram o Seminário "Criança Cidadã" no final do ano passado em parceria com o Colégio Estadual Presidente Dutra. O seminário visava a criação do conselho tutelar de Seropédica.

Rotina de trabalho e proposta pedagógica.
Método de trabalho na Trupe da Leitura:
Através de círculos de leitura e de técnicas teatrais, são trabalhados os clássicos da literatura infanto-juvenil, poesias, lendas e folclore da nossa cultura. Montamos com os adolescentes esquetes teatrais e os mesmos encenam e recitam poesias nas escolas públicas e particulares do município, visando com esse trabalho, formar multiplicadores que vem despertando o interesse pela leitura em outros jovens.

Módulo Ser Cidadão
Ø Cidadania
Ø Sexualidade
Ø Drogas
Ø DSTs (AIDS)
Ø Família
Ø Estatuto da Criança e Adolescente
Ø Reforço escolar
Ø Relação humana
Ø Ética
Ø Família
Ø Atividades Esportivas
Desenvolvemos os temas em forma de dinâmicas de grupo, oficinas culturais, palestra com profissionais qualificados correspondente a cada tema e campanhas que despertam a consciência da comunidade e dos jovens. Assim formando pessoas mais esclarecidas quanto aos seus direitos e deveres.

Técnicas teatrais:
Ø Dicção
Ø Expressão corporal
Ø Alongamentos
Ø Tempo ritmo de fala
Ø Tempo ritmo no movimento
Ø Exercícios e jogos de dramatização
Ø Entonações e pausas
Ø Leitura, interpretação de texto, coordenação do pensamento
Ø Fé cênica
Ø Subtexto, circunstâncias propostas
Ø Marcação, memorizar texto

O que esperamos desse projeto.
Responder concretamente a questão da ociosidade e despertar o interesse pela leitura. O projeto Trupe da Leitura pretende fundamentalmente tirar os jovens de nosso município da situação de risco social, criando oportunidades para o desenvolvimento pessoal, valorização da identidade, cidadania e auto-estima, ajudando também na identificação de suas potencialidades. Pretendemos fazer um trabalho preventivo, e de compromisso com o fortalecimento desses adolescentes, através de práticas artísticas culturais e complementação da ação educativa e com isso aumentar em 40% a formação de novos leitores até dezembro de 2003. Nossa pretensão é atingir todos os adolescentes nas escolas da rede pública e particular de ensino.

História de uma criança do projeto que alcançou resultados positivos.
A idéia de criarmos uma biblioteca comunitária surgiu quando da visita de uma amiga de nossa filha. Tínhamos alguns livros infantis e a menina ficou vidrada. Nossa comunidade é muito carente e a preocupação principal dos pais não comprar livros para seus filhos. Demos a ela um dos livros de nossa filha de presente. A menina ficou encantada e não desgrudou mais do livro.
O nome dela é Cintia e na época tinha oito anos. Hoje com 15 anos ela participa de Trupe da Leitura.

O jovem Bruno José participante ativo da Trupe da Leitura é instrutor de informática de nossa EIC. Depois de ser formado por nossa escola de informática e cidadania Bruno comanda uma turma com sete alunos.

Relação do projeto com as famílias das crianças e adolescentes.
Fazemos reuniões com os pais dos jovens. E alguns até nos ajudam como voluntários na instituição. O Projeto atende aos jovens, buscando a participação da família nas diversas fases do projeto, tornando assim sujeitos ativos no processo de formação dos alunos. A integração instituição e comunidade fazem parte do trabalho social do CECI. É somente através dessa união que poderemos alcançar nossos objetivos. A busca pela melhoria da qualidade de vida e o resgate da cidadania, são metas que buscamos no nosso dia a dia e só com a continuidade desse trabalho é que poderemos concretizá-la

Dificuldades encontradas no desenvolvimento do projeto e como foram enfrentadas.
A locomoção do grupo é feita em ônibus circular. A compra de uma kombi facilitaria muito a saída dos jovens, para as apresentações. Além de podermos mais facilmente levá-los para assistir peças de teatro, visitar museus e fazer encontros com jovens de outras instituições para troca de experiências. Pretendemos também construir um teatro de bolso para que a Trupe apresente peças teatrais para a comunidade.

Ações realizadas em parceria com outros segmentos da comunidade e quem são esses parceiros.
Seminário Criança Cidadã realizado em parceria com o Colégio Estadual Presidente Dutra. Parceria com a Universidade Federal Rural do Rio Janeiro para estágio de alunos de nossa escola de informática e cidadania. Escola de informática e Cidadania em parceria com o Comitê pela Democratização da Informática (CDI). Parceria com a paróquia Maria Mãe da Igreja, que nos cedeu em comodato a casa que usamos como sede da instituição. O Instituto Xerox imprime todo nosso material de divulgação.

Pontos fortes do projeto.
O incentivo a leitura, o resgate da auto-estima e a formação de multiplicadores. Muitos dos jovens que entraram para a Trupe no início do projeto não gostavam de ler, hoje vários deles buscam nossa biblioteca a procura de livros. Despertar esse interesse é o nosso objetivo.

03 maio 2010

Fabiana Buono

Segredo camuflado...Um canto pra me revelar...


Dois textos da poeta e amiga Fabiana Buono.
A amizade faz com que barreiras e distâncias sejam rompidas.
Vejo no belo trabalho dessa menina, coisas que gostaria de dizer poeticamente, mas não consigo. Me identifico com seu trabalho, a beleza de suas palavras me passa muita sensibilidade, por isso fiz esse post. Leiam vocês mesmos mais escritos dessa jovem poeta.
http://agendapessoal.spaceblog.com.br/

Vai ...
Fabiana Buono

Vai e leva teus monstros enjaulados no seu interior perverso..
Depois de tirado o sabor dos frutos ,
leve as cascas que provariam seus vestígios …
Ponha em seu porta retrato um papel em branco …
Vá mas não se esqueça de nada ,
não marque o caminho com os gravetos que vai triturando...
Não deixe pegadas para quem sabe ...um arrependimento …
Não há voltas onde o passado acorda …
Ande logo e não conte suas recordações ,
nem mesmo pronuncie meu nome ,
não me deixe nesse teu vazio de onde tanto quero sair ...
Feche as portas onde eu existo e não construa uma passagem onde me avistaria por trás das suas cortinas …
Permita-me o mundo ,
aqui morre a minha isnpiração e falece as histórias de amor …
Proponho que me esqueça
ou crie um disfarçe onde eu não lhe reconheça mais …


Sua idade o que me importa ???
Fabiana Buono

Se o envelhecimento de seu corpo consegue rejuvenescer o meu ...
Se tudo o que sabe mais, apenas me tornaria mais aprendiz do que espero ser ...
O que importa então ?
Se o tempo não tirou o brilho que me atraiu e se teu sorriso me lembra o menino que nem conheci....
São essas as diferenças que instigam nossos desejos ....
O que posso fazer ??
Se os belos jovens não extremecem meus lábios e nem deixam bambas as minhas pernas ...
E você tem um coração para bater por mim e eu uma alma sem idade para lhe entregar....
É nessa sintonia que nossos olhares nos tornam uma mesma pessoa...
e depois de você nada mais me importa ....

Passo a passo de como criar uma ONG