Pesquise Modelo de Projeto Social

30 outubro 2009

Consultoria

Recebi esse email da amiga Vanessa. Mais algumas dúvidas que tento esclarecer aqui. Espero que tudo corra bem e que ela consiga alçar vôo com seu projeto.

Victor meu querido, minhas duvidas são simplesmente tudo. Como faço e qual o primeiro passo para oficializar, documentar uma ONG? O que tenho que fazer de imediato e como consigo um modelo de estatuto. Ok e se não consigo algum contador voluntário, pois estamos no começo. Tenho que ter algum documento, para poder arrecadar doações para construir nosso escritório. E para abrir uma conta bancaria, para depósitos de doadores.
Um forte abraço Vanessa

Olá amiga Vanessa
No link abaixo tem um modelo de estatuto usado por mim no Centro Cultural Criança Cidadã, que você pode modificar para adequar a sua instituição. Depois de discutido com seus companheiros de instituição, tem que levá-lo a um advogado para que seja analisado, assinado e rubricado em todas as páginas.

http://www.victorsgomez.com/search/label/Modelo%20de%20Estatuto

A legalização da ONG é um dos primeiros passos para que você consiga parceiros sérios. É claro que se você já estiver com um trabalho adiantado é muito melhor. De entrada no cartório de pessoas jurídicas, leve o estatuto e a ata de fundação, o preço varia de região para região.
Para conseguir doações é necessário que sua ONG esteja documentada e legalizada.
Se você não conseguir um contador voluntário, vá em www.portaldovoluntario.org.br , se não conseguir terá de pagar um.
O escritório a principio pode ser uma garagem, tem de ter um endereço fixo, depois você pode tentar parcerias com igrejas, ou qualquer outra instituição parceira.
Espero ter esclarecido os pontos que você me enviou, qualquer dúvida entre em contato comigo.

29 outubro 2009

Selos

Três selos de duas grandes amigas. O primeiro veio do Blog Claudine Ribeiro, os outros dois da amiga Rosemary Quintas do Blog Mary Pop. Obrigado amigas.



Rejane Luna

Mais uma excelente cantora de MPB. Veja que maravilhoso vídeo e saiba mais sobre essa grande cantora em seu site: www.rejaneluna.com.br

Apaixonada por Música Popular Brasileira de qualidade, Rejane Luna é facilmente comparada às grandes divas da MPB por interpretar com alma, coração e timbre bem peculiar, misturando por vezes a delicadeza de sua voz a sons guturais inesperados. Vencedora do Prêmio Hangar de Música nas categorias de melhor intérprete e de melhor música com a canção 'Sabe-se Lá', uma parceria sua com a poetisa portuguesa Rita Alves da Silva, que faz parte da coletânea 'Esquina Brasil'. Rejane Luna iniciou sua carreira profissional em 1998 e no mesmo ano, foi uma das artistas convidadas do I Festival Internacional de Música de Natal - RN. Leia mais aqui...

Fonte: Assessoria de imprensa

28 outubro 2009

Você Sabia que...

- Mais de um bilhão de pessoas no mundo vive com menos de um dólar por dia;
- Cada dia, morrem, por causa da fome, 24 mil pessoas. 10% das crianças, em países em desenvolvimento, morrem antes de completar cinco anos...
- um terço da população é mal alimentado e outro terço está faminto.
- Que a cada dia 275 mil pessoas começam a passar fome ao redor do mundo. O Brasil é o 9º pais com o maior número de pessoas com fome...
- Atualmente, cerca de 1,2 bilhão de pessoas se encontra no estado de alta pobreza devido às condições climáticas de suas regiões.

Você Sabia?
- Mais de um bilhão de crianças, a metade dos menores do mundo, é castigado pela pobreza, as guerras e a Aids;
- Todos os dias, o HIV/AIDS mata 6.000 pessoas e infecta outras 8.200 .
- Todos os anos, seis milhões de crianças morrem de má nutrição antes de completar cinco anos.
- Cerca de 90 mil crianças e adolescentes são órfãos no Brasil, à espera de uma adoção.
- a escassez de água já atinge 2 bilhões de pessoas. Esse número pode dobrar em 20 anos...

Você Sabia?
- Cerca de 100 milhões de pessoas estão sem teto;
- No Brasil, são 33,9 milhões de pessoas sem casa. Só nas áreas urbanas, são 24 milhões que não possuem habitação adequada ou não têm onde morar.
- Que vinte e cinco milhões de pessoas são dependentes de drogas no mundo;
- Que os indígenas continuam a ser vítimas de assassinatos, violência, discriminação, expulsões forçadas e outras violações de direitos humanos.

Você Sabia?
- Mais de 2,6 bilhões de pessoas não têm saneamento básico e mais de um bilhão continua a usar fontes de água imprópria para o consumo.
- Cinco milhões de pessoas, na sua maioria crianças, morrem todos os anos de doenças relacionadas à qualidade da água.
- No mundo inteiro, 114 milhões de crianças não recebem instrução sequer ao nível básico e 584 milhões de mulheres são analfabetas.

Você Sabia?
- Que é gasto 40 vezes mais dinheiro com cosméticos do que com doações...
- é gasto 10 vezes mais dinheiro com armas do que com educação básica;
- O Brasil é campeão mundial de desmatamento. Em segundo lugar está a Indonésia: 18,7 km2 por ano e, em terceiro, segue o Sudão, com 5,9 km2.
- O país perdeu um campo de futebol a cada dez minutos na Amazônia, nos últimos 20 anos.

..Agora você já sabe.

E vai ficar aí parado? Tome uma atitude.

Milhões de Pessoas em Pobreza Extrema Precisam da sua Ajuda!
Seja Voluntário você Também!

Planeta Voluntários
www.planetavoluntarios.com.br
Porque ajudar faz bem!

27 outubro 2009

Show de Projeto

Um modelo de projeto social, o Projeto Livro sem Fronteiras, do meu amigo Fernando Monção, teve matéria publicada no caderno especial do Globo e Extra.
Veja a matéria no site e no jornal O Globo e Extra. Projeto Livro Sem Fronteiras é destaque em caderno especial.

Repórter: Duilo Victor
Foto: Hudson Pontes

Imagine uma cidade onde os livros são um bem comum, do mesmo modo que o sol do meio-dia ou a sombra de uma árvore. Na biblioteca deste lugar, qualquer pessoa pode usufruir da leitura sem data para devolver o livro ou retorná-lo necessariamente para o local de onde foi levado. O que muitos sentenciaram como loucura de Fernando Monção, um empresário de prontaentrega de refeições, vai começar em até três meses em Valença, no Jardim Velho.
O projeto custará cerca de R$ 130 mil. Pouco mais da metade será bancada pela prefeitura de Valença, que ficará responsável pela construção da biblioteca, um projeto arquitetônico doado por Germano Brito, morador da cidade, a pedido de Monção. Novidade: a biblioteca, sem balcões ou fichas de cadastro, ficará numa árvore, com capacidade para 800 livros.
A semente do projeto foi a forma como o acervo está sendo montado. Monção começou, há uma ano e meio, uma campanha de doação de livros sem grandes pretensões. Já recolheu 5.800 volumes. Leia mais aqui...




26 outubro 2009

Curso de Licenciamento Ambiental Estadual- Minas Gerais

Objetivo: Capacitar profissionais para atuar com licenciamento ambiental.

Carga horária: 12 horas / aula
Data: 03 a 06 de Novembro de 2009
Horário: 18h às 21hs

Realização: ABES - Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental
Local: Rua São Paulo 824 - 14º andar - Centro - Belo Horizonte, MG

Inscrições: http://www.abes-mg.org.br - 31 3224.8248

Valores do curso cobrados pela ABES:
R$ 200 (Sócio da ABES), R$ 280 (Não sócio)
R$ 100 (Sócio estudante), R$ 150 (Não sócio estudante).

Programa do curso:
Licenciamento Ambiental em Minas Gerais (Foco principal do curso (90% do curso) - ( FEAM/ IGAM/ IEF)
Licenciamento Ambiental em Belo Horizonte/MG
(COPASA/ SLU/ SUDECAP/ BHTRANS/PBH)
Relatórios: COPASA A e B, PGRSE, SUDECAP, SLU, RIC , RCA , PCA EIA , RIMA e SMARU
Licenciamento Ambiental em Contagem/MG - (SEDUMA)
Cadastro Técnico Federal - IBAMA
Etapas do Licenciamento, Prazos na FEAM, Estudos Ambientais, Classificação dos Empreendimentos, Taxas de Licenciamento, Competências AAF, Licenças, Documentos AAF, Legislação Ambiental
Outorga, Reserva Legal, APEF - DCC, Procedimentos para Desativação de Postos

Instrutora:
Suzana Mascarenhas - Bióloga, Mestranda em Sustentabilidade Ambiental pela UFOP , Especialista em Gestão Ambiental, Consultora Ambiental, professora do curso de Pós - Graduação em Direito Ambiental - CAD (Centro de Atualização em Direito ), IMEC / CREA (Instituto Mineiro de Engenharia Civil de MG) e ABES (Associação Brasileira de Engenharia Sanitária de MG).

Informações: contato@gseducacionalbh.com.br

22 outubro 2009

Michel Ferraz Margon

Um trabalho emocionante. Músco, talentoso, jovem e ainda encontra tempo para ajudar ao próximo. Um verdadeiro Achado de Vaior.
Michel Ferraz Margon e o Coral Infantil - A Lição de Biel: Sorrir ao Partir. Apresentação Asas Imaginárias, parte do evento em homenagem ao Maestro Silvestre Pereira de Oliveira em 19-09-09. Coral composto pelas Crianças do Cemus II Salto, alunos da Profª Milene.
Comunicações ou mídia
Profissão: Compositor e Comunicólogo
Local: Salto - São Paulo - Brasil
www.michelfm.blogspot.com

A Lição de Biel: Sorrir ao Partir

Simplesmente um pássaro que não podia voar,
Raramente se queixava, se empenhava em insistir,
Particularmente nunca o vi reclamar,
Sua grande qualidade era sorrir ao partir.

Jamais partilharia a sensação de voar,
Estar no alto das nuvens e dali acenar,
Mas ele podia sem nenhum impedimento,
Sair da atmosfera só com seu pensamento.

Sabia que esta condição, Não o impediria
De buscar a mais longínqua sabedoria.

Simplesmente um pássaro que não podia voar,
Raramente se queixava se empenhava em insistir,
Particularmente nunca o vi reclamar,
Sua grande qualidade era sorrir ao partir.

Se um pássaro sem asas aprendeu a lutar,
Quem somos nós para duvidar,
Da vida só o máximo devemos extrair,
E se tivermos que ir, vamos sorrir ao partir.

Simplesmente um pássaro que não podia voar,
Raramente se queixava se empenhava em insistir,
Particularmente nunca o vi reclamar,
Sua grande qualidade era sorrir ao partir.

Da vida só o máximo devemos extrair,
Quando tivermos que ir, vamos sorrir ao partir.

(Compositor: Michel Ferraz Margon)

20 outubro 2009

Projeto Livro sem Fronteiras

Tenho orgulho de fazer parte do Projeto Livro sem Fronteiras do meu amigo Fenando Monção. Comecei a me apaixonar por esse projeto logo que assisti o vídeo pela primeira vez no Youtube. Confesso que no inicio pensei ser dificil conservar uma biblioteca quase que a céu aberto, mas a paixão e paciência do Fernando em me explicar todo o projeto foi impressionante. Hoje depois de ter sido convidado por ele à fazer parte da Diretoria do projeto, me sinto um felizardo. Poder contribuir com um projeto de incentivo a leitura, que com certeza dará certo e transformará nossa cidade na Cidade da Leitura é para lá de gratificante. Por isso escrevi esse post, por acreditar no sonho de um homem, que muitas vezes abre mão de seu tempo para sua família, mas também não abre mão de realizar um projeto, que com certeza encaminhará muitas de nossas crianças e adolescentes a terem um futuro melhor. Para terminar faço um pedido para todos os meus amigos, cliquem no link do Blog Projeto Livro sem fronteiras, assim vocês estarão sendo parceiros efetivos de um projeto inovador e capaz de transformar a vida de milhares de pessoas.



19 outubro 2009

Jacaré na Concórdia

O amigo Henrique Luth me mandou essa foto, tirada pelo Luis Felipe no Parque Municipal do Açude da Concórdia, Valença. Um jacaré de papo-amarelo foi visto lá essa semana, parece que há algum tempo eles não eram vistos no local. Acontece que todo trabalho bem feito gera frutos e o pessoal que administra o Parque da Concórdia, vem fazendo um ótimo trabalho de recuperação do meio ambiente. Palmas para a administração do Parque do Açude da Concórdia, que vem administrando um modelo de projeto social que deu certo.
Tel: 24.9969.1018



Vista aérea da Serra da Concórdia com o lago do Parque da Concórdia,
ao fundo à esquerda está o Morro da Torre em Valença.

17 outubro 2009

Victor Biglione e Euclides Amaral

Mais um evento com a participação do meu fantástico amigo Euclides Amaral.
Euclides Amaral, poeta, letrista, produtor e pesquisador é autor de seis livros de poesia e um de contos (Editora Aldeia). Estudioso de MPB, trabalha no Instituto Cultural Cravo Albin e é um dos pesquisadores do "Dicionário Houaiss Ilustrado da Música Popular Brasileira" (Editora Paracatu, 2006). Produziu discos para artistas/selos independentes e gravadoras. Como letrista tem composições gravadas em parceria com Renato Piau, Sidney Mattos, Cacaso, Xico Chaves, Reizilan, Marko Andrade, Rubens Cardoso, entre outros. Dentre seus intérpretes destacam-se Luiz Melodia, Carlos Dafé, Lúcio Sherman, Anna Pessoa e Elza Maria. Mais dados sobre o autor: www.dicionariompb.com.br

O livro O guitarrista Victor Biglione & a MPB (Edições Baleia Azul, 204 pág), do poeta e pesquisador musical Euclides Amaral, é integrado por textos e imagens que perpassam a carreira do músico argentino naturalizado brasileiro. Através de artigos, entrevistas e matérias publicadas em jornais, revistas, livros e sites, os textos particularizam a visão do guitarrista quanto a gêneros musicais como o rock, samba, choro, blues, bossa nova e baião, entre outros, além de trilhas compostas para teatro, cinema e televisão. No livro consta o ensaio, sugerido pelo músico ao autor do livro, “A Contribuição Estrangeira na MPB” no qual através de micro-verbetes é prestada uma homenagem aos principais músicos, letristas e editores musicais que influenciaram a MPB, tais como os portugueses com suas escalas diatônicas e cromáticas, que mescladas às manifestações musicais nativas e posteriormente de origem afro, resultaram na sedimentação de novos gêneros musicais através dos séculos. Já nas imagens, constam 27 capas de discos, partituras, capas de impressos e cerca de 70 fotos com alguns dos mais de 250 artistas com os quais o músico vem atuando na MPB a partir da década de 1970.

Lançamento do livro "O Gutarrista Victor Biglione & a MPB"
Dia 05/11 - 19 h
Livraria Bolivar
Rua Bolivar, 42 - Copacabana
Tel: 3208-3600

16 outubro 2009

Consultoria

Recebi esse email de Reinaldo C. Salgado:

Prezado Sr. Victor S. Gomez,
Segui as orientações de seu site de como fundar uma ONG, e Eu e uma equipe de profissionais de saúde estamos em fase de finalização, faltando apenas obter o CNPJ. Solicito que o Senhor, se possível, me esclareça, ou quem sabe me ajude, em como faço para conseguir parcerias e apoio para o funcionamento da nossa ONG! Como faço para pedir auxilio financeiro? o Senhor indica onde posso encontrar? A quem recorrer?
Agradeço sua atenção em ler meu e-mail.
Atenciosamente, Reinaldo C. Salgado.


Olá amigo Reinaldo
Existem várias empresas que lançam editais para projetos no final do ano. Outras empresas também abrem suas portas, para que dirigentes de ONGs, venham conversar com eles sobre seus projetos. Por experiência própria, eu já fui recebido por algumas empresas, para mostrar meu trabalho. Outras agem até como olheiros de futebol nas comunidades onde estão instaladas, procurando por projetos que possam ser interessantes e que se adequem com a proposta de empresa. Uma coisa é certa, as empresas gostam de ajudar projetos que já estejam em andamento, por isso é necessário que você comece a tentar pequenas parcerias em sua comunidade, para começar a movimentar seu projeto. Abaixo estou colocando um texto que publiquei em meu blog a algum tempo, sobre como encontrar parcerias:

"A busca por recursos é uma das coisas que mais preocupam os dirigentes de instituições. Conseguir boas parcerias, não depende somente de projetos bem redigidos e bem direcionados. Devo esclarecer primeiro, que várias ONGs sobrevivem sem amparo de grandes empresas. Existem várias formas de conseguir ajuda para dar continuidade ao trabalho de uma instituição. Nesse momento é que se vê como as pequenas parcerias e o apoio da comunidade, são fundamentais para dar prosseguimento ao trabalho realizado. Muitos pequenos comerciantes da região, onde está localizada sua ONG, devem estar interessados em ajudar, falta apenas uma boa conversa.

Ter um projeto já pronto, fundamentado em bases solidas, pode ser a melhor forma de conquistar apoio. Não espere que o dinheiro entre sem ter o que mostrar. Crie um projeto de incentivo a leitura, um grupo de dança, ou um projeto de complementação escolar. São exemplos simples, mas que dão resultado. Depois procure os comerciantes da área e convide-os para visitar sua instituição. É um bom começo. Outras formas de conseguir ajuda é organizar um bingo, um jantar dançante ou uma rifa. Várias idéias podem surgir, principalmente se você reunir o grupo que trabalha com você e discutir novas propostas. Podem ser feitos também projetos de geração de renda. Montar um projeto de um curso de artesanato pode ser uma boa idéia, pois mais adiante os produtos podem ser comercializados e a renda dividida entre os alunos e a instituição.

Mesmo as grandes empresas, quando apóiam uma instituição é por que já viram o trabalho da ONG já iniciado. Outras só aceitam inscrições de projetos, que já estejam em andamento e obtendo resultados. Por isso trabalhe e procure pessoas qualificadas, para redigir seu projeto. Tente encontrar entre os voluntários da sua instituição, aquele que tenha perfil para trabalhar como assessor de projetos. No CECI, eu trabalhava com mais uma pessoa, tínhamos um bom entrosamento e quando conversávamos com alguma empresa, o que um não sabia o outro complementava. Caso não consiga, tente encontrar no Portal do Voluntário, alguém que esteja mais familiarizado com essa área e queira ajudar.

Finalmente, se não achar ninguém, ainda existe a possibilidade de se conseguir parceria com pessoas trabalhem com Assessoria de Projetos. Procurar na internet pode ser outra opção, várias firmas ou particulares trabalham com assessoria; e melhor, já conhecem os caminhos."

Mas também existem outros caminhos. Conheço dirigentes de ONGs, que se associam a políticos para conseguir verbas. Não considero isso errado, se for feito de forma correta e honesta. Tentar contato com um Vereador, ou Deputado Federal, ou estadual, pode ser interessante, desde que a instituição não fique atrelada a esse ou aquele partido. Veja bem, você pode ter alguns cuidados, que poderão garantir que seu trabalho, não seja denegrido por qualquer atitude ilícita de qualquer pessoa. Entra em contato com um advogado de sua confiança e faça seu estatuto de forma que nenhuma falcatrua possa ser feita. Deixe ele bem amarrado para que tudo seja bem transparente, então somente os bons políticos é que se aproximarão de sua ONG.
Abraços, Victor S. Gomez

15 outubro 2009

Aquecimento Global



Blogs do mundo inteiro unidos com o mesmo objetivo.
http://webcitizen.com.br

Mudanças constantes do clima e seus efeitos devastadores têm sido notados ultimamente. As manchetes dos jornais e revistas mostram que a cada dia, as mudanças climáticas se tornam mais rápidas. O desmatamento e a queimadas tem colaborado enormemente com esse processo. A fumaça das queimadas, a fumaça que escapa das chaminés das grandes empresas e as que saem dos canos de descargas dos veículos, fazem com que o calor do sol fique retido em nossa atmosfera, resultando assim o aumento da temperatura do planeta. Não é dificil mudar isso tudo, basta cada um de nós fazer a sua parte.

Conseqüências do aquecimento global:
Aumento do nível dos oceanos
Crescimento e surgimento de desertos
Aumento de furacões, tufões e ciclones
Ondas de calor

Algumas formas de diminuir o aquecimento global:
Diminuir o uso de combustíveis fósseis.
Instalação de sistemas de controle de emissão de gases poluentes nas indústrias.
Ampliar a geração de energia através de fontes limpas e renováveis
Colaborar para o sistema de coleta seletiva de lixo e de reciclagem.
Recuperação do gás metano nos aterros sanitários.
Usar ao máximo a iluminação natural dentro dos ambientes domésticos.
Não praticar desmatamento e queimadas em florestas.



fonte: pt.wikipedia.org

13 outubro 2009

II Festival Cultural Brasil – Japão

Data: De 16 a 18 de outubro de 2009
Local: Casa Léa Pentagna – Rua Vito Pentagna, 213, Benfica
Entrada Franca (Consumo gastronômico à parte)

16/10 - sexta-feira
09h – Abertura da Exposição sobre a Cultura Japonesa
Mostra de artistas valencianos
20h – Gastronomia e Música Popular Brasileira – Jô Macedo e amigos.

17/10 – sábado
09h – Continuação das exposições
11h – Cerimônia Oficial com autoridades japonesas e valencianas - Presença do Cônsul Geral do Japão Sr. Yoshihiko Arakawa - Apresentação do Coral Hikari e Kaminari Taiko
15h – Palestra sobre o tema “Culinária Japonesa” - Palestrante: Cônsul Kiyoshi Ishii
16h às 18h – Workshop de Língua Japonesa
18h – Workshop de Culinária Japonesa – com Alex Sakatsume
20h e 30min – Jantar Italiano e Música Italiana, com Luiz Filippe Campana Sampaio Fernandes, acompanhado de Jô Macedo e apresentação de alunas da Escola Municipal N. Sª Aparecida.

18/10 – domingo
09h – Continuação das exposições
09h às 12h e 14h às 17h – Prática de Shiatsu
09h às 12h e 14h às 17h – Workshop de Origami
12h às 14h – Almoço: Yakisoba
13h às 15h – Apresentação de músicas e danças japonesas com: Kaito Shamidaiko – Shamisen – Bom Odori – Minyo e flauta

Apoio:

Prefeitura Municipal de Valença

Fundação Léa Pentagna



Fundação D. André Arcoverde

Stefano Bollani

Em sua primeira visita ao Brasil, em 2006, o pianista milanês Stefano Bollani (Itália 1972) abriu com seu grupo I visionari os shows de Ahmad Jamal e Herbie Hancock no “Tim Jazz Festival”. No ano seguinte, com apoio do Ministério da Cultura do Brasil e do Governo da região da Úmbria na Itália, apresentou-se em comunidade carente no Rio de Janeiro.
Em 2008 encerrou o “Projeto Interseções” (Sala Cecília Meireles), produzido pelo poeta Sergio Natureza, no qual recebeu os convidados Ná Ozzetti, Zé Renato, Marcos Sacramento, Zé Nogueira e Nilze Carvalho.
Em 2009, dias 13 e 14 de outubro, lançará, no SESC GINÁSTICO, o CD “Bollani carioca” (selo MP.B) que gravou acompanhado por músicos italianos e brasileiros como Marco Pereira (violão), Jorge Helder (baixo), Zé Nogueira (sax soprano), Jurim Moreira (bateria) e Armando Marçal (percussões). No disco foram incluídas “Luz Negra” (Nelson Cavaquinho e José Amâncio), “Valsa brasileira” (Edu Lobo e Chico Buarque), “A voz do morro” (Zé Kéti), “Segura ele” (Pixinguinha), “Doce de coco” (Jacob do Bandolim), “Folhas secas” (Nelson Cavaquinho e Guilherme de Brito) e “Tico-tico no fubá” (Zequinha de Abreu), entre outras.

Teatro Sesc Ginástico
Dias 13 e 14 de outubro às 19H
Av. Graça Aranha, 187 centro tel: 2279-4027
Preços: R$ 7,00 – R$ 15,00 e R$ 30,00
Produção: Sergio Natureza

10 outubro 2009

Daniele Salgado Teixeira

Escola Municipal Nossa Senhora da Aparecida, um colégio limpo, organizado e que estimula seus alunos a cuidarem do meio ambiente e a se preocuparem com o cidadania.
Em visita a essa Escola, por motivo de uma palestra do SOS Serra dos Mascates; apreciando o mural da escola, achei essa preciosidade, leiam com atenção e vejam a sensibilidade dessa aluna.

O mendigo na cidade

As noites em minha cidade,
São frias e ameaçadoras,
Nas suas ruas desertas
Encontramos sofredores.

Vejo aquele homem
que sente frio e solidão,
Fica sempre à espera
De alguém que lhe dê a mão!

Dorme nos jardins
e praças da cidade.
Aqui não há viaduto,
e falta solidariedade.

Bancos, lojas,
Padarias, farmácias,
Colégios, faculdades,
Cidade universitária.

O progresso vem chegando.
Ruas e bairros se formando.
Junto com tudo isso,
a pobreza se instalando.

É apenas um homem,
precisando de uma oportunidade.
Estudo, trabalho...
Apenas dignidade!

O céu é o seu teto,
Seus vizinhos, a população.
Mas o amor por essa cidade,
Não o deixa sentir solidão!

Daniele Salgado Teixeira – 7º ano
Escola Municipal Nossa Senhora Aparecida


A Escola Municipal Nossa Senhora Aparecida, foi criada pelo decreto nº 9 de 29 de julho de 1971, iniciando, entretanto suas atividades em 1973, precariamente no salão paroquial da Matriz de Nossa Senhora Aparecida e depois no Artesanato das Filhas do Divino Zelo.
O prédio escolar foi inaugurado no dia 15 de março de 1980, quando o então prefeito Fernando Pereira Graça entregou aos valencianos uma escola modelo.
A EMNS Aparecida, é considerada um colégio padrão, que possui 17 salas de aula, módulo administrativo, quadra poliesportiva, pátio para recreação, cozinha equipada, sala de leitura, laboratório de informática, biblioteca, sala para atendimento a alunos com necessidades educacionais especiais e educação de jovens e adultos.
O educandário conta atualmente com 560 alunos distribuídos em três turnos e 83 profissionais na área da educação que todos os dias se dedicam a melhorar o aprendizado e a cultura dos jovens valencianos. Suas diretoras são Elisabete Serafim da Silva Lima e Aline Santos Rocher Monteiro.
A educação é a atividade criadora que visa levar o ser humano a realizar suas potencialidades físicas, intelectuais, morais e espirituais.

09 outubro 2009

O Que o Brasil Tem a Oferecer ao Mundo Agora?

"Pensadores brasileiros de várias áreas do conhecimento reunidos em um só lugar para avaliar o papel do nosso país no contexto global. Quais ideias de um país moldado pela diversidade podem ajudar a construir na prática um mundo melhor. Um evento aberto a todos que não querem mais esperar o futuro."

Essa é a proposta do TEDx São Paulo, evento que se realizará em São Paulo, no dia 14 de novembro, e terá como tema: “O que o Brasil tem a oferecer ao mundo agora?”
Nesse dia, 30 palestrantes apresentarão inovações em diversas áreas de conhecimento e atuação, com o objetivo de avaliar o papel de nosso pais no contexto global.
As inscrições são gratuitas e ainda estão abertas.
Confira mais sobre o evento e os palestrantes no site: www.tedxsaopaulo.com.br

Segue abaixo trechos do Email que me foi enviado como sugestão de post por:
Thamires Andrade
Assistente do Núcleo de Relacionamento e Disseminação em Mídia Social da WebCitizen
Email: thamires@webcitizen.com.br

"Mais do que uma exposição de boas ideias, a conferência propõe a formação de uma comunidade de inovação, que inspire e mobilize. Um primeiro encontro, um primeiro passo. Desde a seleção dos palestrantes até a plateia, a Comissão Organizadora busca explorar a diversidade, criatividade, inteligência e, porque não, a paixão e fascínio dos brasileiros por seus projetos."

"Uma força que une a química Milena Boniolo, que aos 25 anos recebeu o Prêmio Jovem Cientista por seus estudos em torno do uso da casca de banana na limpeza da água, à Guti Fraga, ator e realizador do Projeto Nós do Morro. Regina Casé, atriz, apresentadora e produtora de programas como “Central da Periferia”, à Flávio Deslandes, designer industrial, criador de bicicletas com bambu nativo do Brasil. Pensadores que juntos descobrirão como um país moldado pela diversidade podem ajudar a construir na prática um mundo melhor."

"Para que a experiência não seja restrita aos presentes e não se encerre na data, após o evento todas as apresentações serão disponibilizadas na íntegra no site do TEDx São Paulo. No canal, os interessados também podem realizar suas inscrições. Vale ressaltar o evento não tem fins lucrativos. Os palestrantes não são pagos e as inscrições são gratuitas. Sendo fundamental a curadoria tanto de um, quanto de outro."

"Sobre o TED:
O TED surgiu em 1984 como uma conferência anual na Califórnia e já teve entre seus palestrantes Bill Clinton, Paul Simon, Bill Gates, Bono Vox, Al Gore, Michelle Obama e Philippe Starck. Apesar dos mil lugares na platéia, as inscrições esgotam-se um ano antes. Cerca de 500 das palestras estão disponíveis no site do evento e já foram acessadas por mais de 50 milhões de pessoas de 150 países. A cada ano a organização elege um pensador de destaque e repassa a ele 100 mil dólares para ele que possa realizar “Um Desejo que Vai Mudar o Mundo”. Com essas 4 ações, TED Conferece, TED Talks, TED Prize e TEDx a organização pretende transformar seu mote “ideias que merecem ser espalhadas” cada vez mais em realidade. “Acreditamos apaixonadamente no poder das ideias para mudar atitudes, vidas e, em última instância, o mundo”, dizem os organizadores do TED. Nós também. E você?"

"Sobre o TEDx:
No espírito das ideias que merecem ser espalhadas, o TED criou o programa chamado TEDx. O TEDx é um programa de eventos locais, e organizados de forma independente, que reúne pessoas para dividir uma experiência ao estilo TED. O TEDx São Paulo é uma conferência sem fins lucrativos que reunirá mais de 30 pensadores de áreas de conhecimento tão diversas quanto arte e tecnologia, ciência e negócios, para falar sobre suas melhores ideias em palestras com duração de 5 ou 15 minutos. O tema desta primeira edição do evento será: O que o Brasil tem a oferecer ao mundo hoje? O TEDx São Paulo acontecerá no dia 14 de novembro de 2009 e será gratuito."

Mais informações:
Lívia Ascava
livia@tedxsaopaulo.com.br

08 outubro 2009

Economia de Baixo Carbono

O Brasil e os compromissos para construção de uma economia de baixo carbono.
PROGRAMAÇÃO:
Mesa da Manhã: Um Clima para o Mundo
Abertura: Mino Carta
Palestrante: Sérgio Serra – Embaixador extraordinário de Mudanças Climáticas do Itamaraty.
Debatedores: Ricardo Young - Presidente do Instituto Ethos. (Moderador)
Sergio França Leão – Diretor de Meio Ambiente da Odebrecht Engenharia e Construção.
Sérgio Weguelin - Superintendente da Área de Meio Ambiente do BNDES.
Virgílio Viana – Diretor Executivo da Fundação Amazonas Sustentável.

Mesa da Tarde: A Economia da Biomassa
Palestrante: José Goldenberg - Doutor em Ciências Físicas e ex-reitor da USP.
Debatedores: Dal Marcondes - Jornalista especializado em economia e sustentabilidade, diretor da Envolverde. (Moderador)
Linda Murasawa - Superintendente de Desenvolvimento Sustentável do Grupo Santander Brasil.
Ladislau Dowbor – Economista e professor da PUC-SP, defensor de um modelo de desenvolvimento baseado na sustentabilidade.
Ana Julia Carepa – Governadora do Estado do Pará.
João Norberto Noschang Neto - Gerente de Tecnologia da Petrobras Biocombustível S.A.

(A programação poderá ser alterada sem aviso prévio)

Data: 13 de outubro
Horário: 9 às 18 horas
Local: Rosa Rosarum - Rua Francisco Leitão, 416 - Pinheiros

Inscrições aqui...

07 outubro 2009

A Cada 3 Segundos...

Sugestão de vídeo da amiga Karen Coimbra do Facebook. A Cada 3 Segundos... uma criança morre de fome. Faça a sua parte, faça o que puder, mas faça.

05 outubro 2009

ONG IDDEIA

A ONG IDDEIA , da qual participa o amigo Pedro Neto, foi ganhadora do Prêmio “Dê Crédito ao Meio Ambiente”. Vamos valorizar mais esse trabalho, que surge aqui em Valença e que mostra que quando se trabalha com honestidade e respeito ao próximo, tudo tende a dar certo.

Projeto: "Dê Crédito ao Meio Ambiente"
O projeto tem como objetivo obter créditos de carbono, abater o gás metano da atmosfera, reduzir o aquecimento global, fomentar o desenvolvimento sustentável utilizando a energia renovável do biogás, melhorar a eficiência energética do sistema e a renda do produtor rural.
Benefícios locais e regionais:
Tratamento do resíduo bovino. Geração do biogás como fonte de energia substituta aos combustíveis fósseis e à energia elétrica. Produção do biofertilizante. Desenvolvimento sustentável. Melhoria da qualidade da água da região (242.649 habitantes do Vale do Rio Paraíba do Sul e do Vale do Rio Preto) e da cidade do Rio de Janeiro.
Benefícios globais:
Redução da emissão de metano na atmosfera; Redução do aquecimento global; Fomento da economia verde; Substituição da matriz energética. Disseminação de tecnologia verde.
Outros benefícios:
Serão criados 140 empregos diretos na fase 2 (dois) do projeto. Empregos indiretos serão criados pelo incremento da renda dos beneficiados do projeto e pelo valor agregado ao produto rural. O Desenvolvimento financeiro, econômico e social será altamente impactante na região.
O projeto possibilitará a educação ambiental com modelos práticos em funcionamento. Ciências exatas, ambientais e humanas serão facilmente lecionadas e assimiladas pelos estudantes. Esses conhecimentos certamente levarão ao desenvolvimento social e econômico tanto do cidadão como do país.
Cidades que serão beneficiadas:
Barra do Piraí, RJ; Rio das Flores, RJ; Valença, RJ; Vassouras, RJ; Belmiro Braga, MG; Lima Duarte, MG; Passa Vinte, MG; Rio Preto, MG; Santa Rita do Jacutinga, MG e Santa Bárbara do Monte Verde, MG.

23/09/2009 - Brasília, DF, IDDEIA recebe o Prêmio

O projeto vencedor na categoria “Idéias de Projeto” foi:
● Melhor Benefício Socioambiental: A empresa IDDEIA – Instituto de Defesa e Desenvolvimento do Inteiro Ambiente – com o projeto “Biodigestores e Créditos de Carbono para o produtor rural”.

02 outubro 2009

Consultoria

Recebi esse email da Camila Lazzarini, me pedindo informações de como agir, para colocar em prática seu projeto. Dentro do que eu sei, respondi dá melhor maneira possível. Não sendo um profissional da área de consultoria, tendo apenas minha pequena experiência como voluntário, em meus projetos sociais no terceiro setor, espero ter conseguido esclarecer as dúvidas da amiga.

"Caríssimo Victor, Este e-mail é para fazer uma consulta a você que tem experiência com o terceiro setor. Desde que comecei a estudar Enfermagem tenho o desejo de elaborar um projeto na área de saúde coletiva. Esse projeto tem como base a experiência de aprendizado que tive em toda a minha vida, onde percebo que tudo o que é fundamentado é melhor assimilado. Basicamente a idéia é de elaborar uma espécie de curso para comunidades carentes. O curso consiste em uma cartilha e aulas com fundamentos básicos de saúde, em linguagem didática e acessível com recursos de visualização para maior entendimento. Acredito que o conhecimento sobre o próprio corpo, alimentação e higiene - com princípios de microbiologia - façam com que as pessoas não fiquem tão reféns da figura superior e poderosa do Doutor e seus nocivos medicamentos alopáticos. É claro que não poderia ficar de fora uma abordagem holística e espiritual, mas sem figurar a religião, pois o meu desejo é incluir, não selecionar. Estou finalmente debruçada no desenvolvimento desse projeto, insegura com a falta de um diploma de nível superior, entre outras neuras que esse sistema perverso nos faz ter. Mas por outro lado impulsionada pelas vivências pessoais e carências alheias. A dúvida maior é mesmo sobre como viabilizar esse sonho. Pelo pouco que pesquisei somente a Pastoral da Criança desenvolve um trabalho semelhante. Vamos então com mais objetividade às dúvidas que tenho:
- Seria necessário ou ideal fundar uma ONG que atuasse nesse sentido para garantir a implementação de tal sonho/projeto?
- Caso seja, como, qual a melhor maneira de fazê-lo? -Poderia apresentar o projeto a alguma ONG já existente para conseguir recursos (que imagino serem mínimos) para implementação. Nesse caso você poderia me orientar, pois não conheço nenhuma além da Pastoral?
- Sendo eu uma profissional de nível médio, posso eu mesma assinar esse projeto, ou precisaria de um profissional mais graduado?
Como você pode perceber está tudo bem embrionário, mas o desejo é enorme. Espero que a minha urgência em ser útil tenha permitido ser clara. E desde já muito obrigada! Abraço, Camila"

Minha resposta:
Há alguns anos trabalho no terceiro setor na área de cultura, crianças e adolescentes, agora estou no meio ambiente e em um projeto de incentivo a leitura. Na saúde não tenho muita informação, penso que você deve precisar de algum profissional da área, um médico, mas você tendo o nível técnico de enfermagem acho que fica mais fácil. A fundação da ONG é essencial, facilita em muitas coisas e dá mais seriedade ao seu trabalho. Arregimente um grupo de pessoas que esteja afinado com sua proposta. Crie um estatuto com os objetivos, que se adéquem ao trabalho que você quer realizar, faça a ata de fundação e encaminhe ao cartório de pessoas jurídicas da sua cidade. Lembrando que o estatuto tem de estar assinado por um advogado. Para você aprovar projetos, tem de ter CNPJ. Nenhuma empresa ou governo financia uma pessoa ou um grupo, é necessário que aja uma instituição legalizada por trás. Caso não queira fundar uma entre na internet e procure por instituições que atuem nessa área. Existem ONGs que aceitam projetos de terceiros, mas eles precisam estar bem fundamentados. Aqui no meu blog tem uma seção com alguns modelos de projetos, ata de fundação, documentos básicos para fundação de uma ONG, é só adaptá-lo para as suas necessidades. Espero ter esclarecido pelo menos um pouco. Abraços

Selos

Dois selos, um da amiga Rosana Madjarof do blog Pedacinho do Céu, do amigo Márlon do Blog Márlon SS e da amiga Sara Levy Lima do Blog Coisinhas da Escriba e outro da amiga Serena Flor do Alma Poeta. Obrigado amigos.



Dois selos

01 outubro 2009

Menina Parou o Mundo

Com apenas treze anos essa menina canadense calou o mundo, por 6 minutos na ECO 92. Revejam esse emocionante relato. A Eco/92 foi realizada em Junho de 1992 no Rio de Janeiro -RJ -Brasil.

Passo a passo de como criar uma ONG