Postagem em destaque

O Projeto Valença Troca Livros Precisa de Ajuda

Ajude no Apoia.se: https://apoia.se/valencatrocalivros O Projeto Valença Troca Livros precisa de ajuda. Victor S. Gomez - Escritor, Ato...

06 julho 2009

Cora Coralina

Ana Lins dos Guimarães Peixoto Bretas era o verdadeiro nome de Cora Coralina. Nascida em Goiás, em 20 de agosto de 1889, poetisa e contista brasileira. Doceira de profissão viveu sempre no interior, longe dos modismos literários, tem na sua rica obra poética rica os motivos do cotidiano do interior do Brasil. Seu primeiro livro foi lançado em 1965, pela Editora José Olympio, quando ela tinha 75 anos. Isso nos mostra que somos criativos e podemos fazer o que quisermos em qualquer idade, basta querer. Me identifico demais com os poemas dessa grande artista, por isso coloco junto a eles fotos do trabalho que realizei no Centro Cultural Criança Cidadã - CECI em 2002. O amor é perene, quando puro e verdadeiro.

"Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina."


Imagens de atividades do
Centro Cultural Criança Cidadã - CECI em 2002

Saber Viver

Não sei... Se a vida é curta
Ou longa demais pra nós,
Mas sei que nada do que vivemos
Tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas.

Muitas vezes basta ser:
Colo que acolhe,
Braço que envolve,
Palavra que conforta,
Silêncio que respeita,
Alegria que contagia,
Lágrima que corre,
Olhar que acaricia,
Desejo que sacia,
Amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo,
É o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela
Não seja nem curta,
Nem longa demais,
Mas que seja intensa,
Verdadeira, pura... Enquanto durar

Cora Coralina

Livros da poetiza:
Meninos verdes (Infantil)
Poemas dos Becos de Goiás e estórias mais
Meu livro de cordel
Estórias da casa velha da ponte
O tesouro da casa velha
A moeda de ouro que o pato engoliu (Infantil)
Vintém de cobre

Passo a passo de como criar uma ONG