Pesquisar este blog

10 setembro 2012

Amizade

Um texto antigo que vale a pena ser relido.

A amizade é uma das coisas que mais valorizo nessa vida. Tenho alguns amigos, uns muito antigos, amigos de juventude, outros mais recentes, mas todos no mesmo nível. Sempre prezei a amizade, mas já me decepcionei algumas vezes. Pessoas, que eu acreditava serem meus amigos, me fizeram ficar receoso com esse tipo de relacionamento.

Quando começo uma amizade penso muito, escuto bastante, tendo perceber o que cada palavra do outro significa, além do som que ela emite. Acho que é para tentar identificar, se o que a outra pessoa está sentindo, é o mesmo que eu sinto. Às vezes dá certo, às vezes não.

Mas o que dizer de uma amizade que começa na internet? Como é possível definir o que o outro está pensando, quando você não ouve o ruído das suas palavras ou seus trejeitos? Como perceber a verdade, se você não consegue ver seus olhos ou o jeito como a outra pessoa se movimenta? É praticamente impossível conhecer alguém dessa forma.

Mas existem exceções. Coisas que ninguém consegue explicar às vezes acontecem. Tem vezes que as pessoas já se conhecem, mesmo sem nunca terem se visto pessoalmente. É uma identificação que vai além do que podemos imaginar. E quando isso acontece, é porque tinha de ser assim. Encontrar alguém que você nunca viu e sentir como se a conhecesse há muito tempo é possível.

Tem pessoas que encontramos pela primeira vez e as odiamos, sem mesmo saber por que, mas tem pessoas que encontramos pela primeira vez e sentimos que a amizade que se formou ali, é para sempre.

Victor S. Gomez - Rio de Janeiro, 12/01/2009


Passo a passo de como criar uma ONG