Pesquise Modelo de Projeto Social

29 janeiro 2009

Projeto Guri Contrata Assistente Social

A Associação Amigos do Projeto Guri, entidade privada sem fins lucrativos, qualificada pelo Governo do Estado de São Paulo como organização social da cultura, cuja finalidade primordial é operacionalizar a gestão e execução do Projeto Guri, programa de inclusão social de crianças e adolescentes por meio do ensino musical, abriu processo seletivo para contratação de: Supervisor de Desenvolvimento Social – Assistente Social

Pré-requisitos:
- Formação Superior em Serviço Social;
- Ter conhecimento atualizado das questões afetas a Política Nacional de Assistência Social (PNAS), Sistema Único de Assistência Social (SUAS), Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS) e Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), Cidadania e Direitos Humanos;
- Experiência na atuação junto a questões relacionadas a crianças, adolescentes, jovens e famílias, sobretudo, em situação de vulnerabilidade ou risco social;
- Habilidade e experiência prévia na gestão de pessoas (in loco e à distância);
- Disponibilidade para viagens.

Os currículos deverão ser encaminhados com Pretensão Salarial e Código São José dos Campos (SDP/ S.J.C.), São Paulo (SDP/ SP), Santos (SDP/ S) , Sorocaba (SDP/ SO), Jaú (SDP/ J) para o e-mail: vagas@projetoguri.org.br.

Currículos devem ser enviados até o dia 03 de março.
fonte: www.promenino.org.br

27 janeiro 2009

Selos

Mais dois selos para começar o ano bem. Do meu amigo Fortunato do blog Acabou o Caviar e do blog Desabafaki do Surfista das Estrelas. Obrigado amigos.


Exército Descobre Minas Terrestres

Felizmente no final de 2008, o exército colombiano descobriu o esconderijo de 600 minas no município de Pitalito, no departamento do Huila. Veja como foi a ação, que se não tivesse sido realizada, poderia ter causado uma enorme tragédia. O exército colombiano teve a cooperação da população nessa tarefa, ajudando na localização das minas. A intenção dos terroristas era causar pânico entre a população e atentar contra a força pública, desestabilzando assim o governo local. Torço para que a situação se estabilize na Colômbia, pois atentados como esse só prejudica a população e em nada melhoram a situação de nossos irmãos colombianos.

25 janeiro 2009

Vaga de Trabalho em Abrolhos

O Parque Nacional Marinho dos Abrolhos está selecionando pessoal para prestar serviços, conforme abaixo:

* COORDENADOR DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL profissional contratado para coordenar e desenvolver atividades de mobilização, sensibilização, informação e educação. Desejável formação superior nas áreas de pedagogia, ciências sociais ou na área ambiental, com experiência em trabalhos similares.

* COORDENADOR DE EDUCOMUNICAÇÃO profissional contratado para coordenar e desenvolver atividades nas áreas de cultura e comunicação. Desejável formação superior na área de jornalismo, comunicação social ou na área ambiental, com experiência em trabalhos de comunicação popular.

A base de trabalho será o Centro de Visitantes do Parque, em Caravelas - BA e o trabalho será desenvolvido nos 04 municípios de entorno direto do Parque Nacional, no âmbito do Programa de Educação Ambiental executado como condicionante do empreendimento de dragagem do canal do Tomba pela empresa Aracruz Celulose.

Os interessados devem apresentar currículo acompanhado de cópia de seu RG, CPF, certificados e atestados que comprovem sua qualificação e experiência para exercer as funções. Incluir telefone de contato e pretensão salarial. Coloque em envelope fechado, e entregue pessoalmente ou via correios, no Centro de Visitantes do Parque Nacional Marinho dos Abrolhos - Praia do Kitongo s/n° - CEP: 45900000 - Caravelas/BA, até o dia 04 de fevereiro de 2009.

24 janeiro 2009

Rua Reciclada

Vídeo publicado por Lucia Messias no Banco do Planeta. Matéria exibida pela emissora RPC filiada da Globo no Paraná. Como é possível transformar uma rua praticamente abandonada pelo poder público, em uma rua aprazível, através da reciclagem e do trabalho voluntário dos moradores. Esta atividade teve início no dia de ação voluntária do Bradesco e não parou até os dias de hoje
fonte: Banco do Planeta

http://br.youtube.com

23 janeiro 2009

Doe Sangue, Salve Vidas.

Uma mensagem de Gabriel Nahas. Veja como é importante ser doador e entenda que um dia você também pode precisar de ajuda. Seja solidário, doe sangue, salve vidas.

Você é doador por natureza. A doação está no seu sangue. Seja um doador É por esse motivo que hoje venho pedir sua ajuda em um assunto bem importante, mas que poucas pessoas levam a sério: Doação de Sangue. Sabemos que o Brasil necessita diariamente de aproximadamente 5.500 bolsas de sangue. Pacientes em todo o país correm risco de vida quando falta sangue no atendimento médico de emergência. Nós, juntos, podemos ajudar a diminuir esse número e assim, salvar muitas vidas. A doação de sangue é segura e não demora mais de meia hora. Todo o material utilizado é descartável e oferece total segurança ao doador. O sangue coletado na doação também é utilizado em cirurgias, no tratamento de doenças como: hemofilia, câncer no sangue, anemias intensas e em casos de queimaduras. Existem apenas alguns requisitos para ser um doador, como ter mais de 18 anos (conheça-os em meu Blog http://portaldovoluntario.org.br/blogs/54505). Então, pensando que um pequeno ato nosso pode salvar uma vida, seja um doador e ajude a salvar vidas!

fonte da imagem: www.charqueadas.rs.gov.br

21 janeiro 2009

Simplicidade Vale a Pena?

Viver de maneira simples é proposta do movimento Simplicidade Voluntária. Aqui no Brasil e no exterior, esse movimento vem ganhando força e novos adeptos. A cerca de um ano o Fantástico apresentou essa matéria, aonde Jorge Mello, introdutor do movimento no Brasil, fala sobre a simplicidade de viver com menos. Simplicidade pode ser também melhor qualidade de vida? De uma olhada no video e reflita. Você conseguiria viver com menos?

20 janeiro 2009

Tambores de Lá

Uma instituição onde música e cidadania caminham lado a lado. A ONG Tambores de Lá atende cerca de 60 crianças e adolescentes em seu projeto, com oficinas de percussão e capoeira e faz o resgate da cidadania desses jovens. Fundada em 2006 e contando apenas com educadores voluntários, recebeu apoio Programa para a Valorização de Iniciativas Culturais do Município de São Paulo (VAI) e do CEDECA INTERLAGOS (Centro de Defesa da Criança e do Adolescente), conseguindo assim, desenvolver seu trabalho. Leia a entrevista do Educador Hertz no Portal do voluntário.


Oficinas do Tambores de Lá:
  • Percussão: as crianças e os adolescentes passam por períodos de preparação e conhecimento teórico e prático com as noções de percussão, instrumento a instrumento, até que conheça aquele com que mais tem afinidade.
  • Dança Afro-brasileira: com a tentativa de conhecer e divulgar essa forte manifestação cultural são ministradas oficinas teóricas e práticas para o conhecimento dos movimentos da dança e da cultura, na expectativa de aumentar a auto estima e a consciência corporal dos participantes.
  • Capoeira: As crianças, adolescentes e jovens têm contato teórico e prático com a história dos movimentos afro-brasileiros, com a vivência em roda e com o aprendizado dos movimentos principais da capoeira.
  • Passeios Culturais: visando a aumentar o repertório cultural são realizados, ao menos uma vez por mês, passeios pela cidade como um todo na busca de manifestações culturais que tenham ou o som ou a dança como foco.
  • Discussão de cidadania: de forma transversal todas as atividades desenvolvidas no projeto devem buscar o conhecimento dos direitos e deveres na perspectiva de atuação mais crítica dos adolescentes e jovens. As atividades desenvolvidas permitem abordar temas do cotidiano, escola, mercado de trabalho, profissões, comunicação, esporte, lazer, namoro, sexualidade, DST/AIDS, violência, drogas, relacionamento familiar e outros de interesse das crianças e dos adolescentes. Além de trabalhar sobre a rotina de vida canalizando suas energias para as atividades criativas e de produção.

Quem estiver interessado em conhecer o Tambores de Lá, basta entrar em contato com Hertz/Andréa, através do email: hertzoliveira@ig.com.br ou Tel: (011) 7561-2381 São Paulo.

18 janeiro 2009

Exija o Cessar-Fogo em Gaza

Minha amiga
me mandou esse post. Leia, clique e participe concretamente do cessar-fogo na Faixa de Gaza. Mais de 500.000 pessoas já assinaram, assine você também.

Caros amigos,

Inclua seu nome no abaixo-assinado emergencial exigindo o cessar-fogo em Gaza. Nós o entregaremos imediatamente ao Conselho de Segurança da ONU, à Liga Árabe e aos líderes dos EUA e de outros países!
Mobilize-se agora!
Ao observarmos o massacre de Gaza com horror e assustados com a rápida e descontrolada espiral da crise, uma coisa é certa: essa violência só causará mais sofrimento entre os civis e uma escalada do conflito.

É preciso encontrar outra solução. Até agora, mais de 370 pessoas já morreram e outras centenas foram feridas. Pela primeira vez, os mísseis estão atingindo a cidade de Ashdod, no interior de Israel, e ambos os lados do conflito estão se mobilizando para uma invasão. Começou uma reação mundial, mas será preciso mais do que palavras: não haverá o fim da violência imediata, nem a garantia de paz geral sem uma firme mobilização da comunidade internacional.

Estamos lançando hoje uma campanha emergencial que será entregue ao Conselho de Segurança da ONU e às principais potências mundiais, pedindo medidas para garantir o cessar-fogo imediato, atenção à escalada dessa crise humanitária e providências para que se possa chegar à paz real e duradoura na região.

Siga o link abaixo agora mesmo para assinar o abaixo-assinado emergencial e enviá-lo a todas as pessoas que você conhece:

http://www.avaaz.org/po/gaza_time_for_peace


Após oito ou mais anos de diplomacia americana e internacional sem resultados, que levaram ao dia mais sangrento de Gaza já registrado pela memória recente, precisamos levantar um protesto mundial exigindo que os líderes mundiais façam mais do que emitir declarações, para que possam garantir a paz nessa região. A ONU, a União Européia, a Liga Árabe e os EUA devem agir juntos para garantir um cessar-fogo, inclusive dando fim aos ataques de mísseis em Israel e abrindo os pontos de travessia de fronteiras para obtenção de combustíveis, alimentos, medicamentos e outras remessas de ajuda humanitária.

Com a posse do novo presidente americano em menos de um mês, surge uma oportunidade real de reviver os esforços de paz. As recentes hostilidades exigem não apenas um cessar-fogo imediato, como também um compromisso de Obama e outros líderes mundiais de que a resolução do conflito entre Israel e Palestina terá prioridade máxima em suas agendas. Diante do impacto desse conflito contínuo em todo o mundo, isso é o mínimo que devemos exigir.

Em 2006, fizemos uma mobilização pelo cessar-fogo no Líbano. Durante anos, temos trabalhado por uma paz justa e duradoura, publicando outdoors e anúncios em Israel e na Palestina. Agora, entrando no novo ano de 2009, precisamos nos mobilizar novamente para exigir a resolução pacífica e duradoura do conflito, em vez da escalada da violência.

Todos os lados do conflito continuarão a agir assim como antes se acreditarem que o mundo vai permitir que eles continuem com essa postura sem fazer nada para detê-los. Dois mil e nove será um ano em que as coisas poderão ser diferentes. Diante dessa crise e das possibilidades de um novo ano, é hora de exigir o cessar-fogo e trabalharmos juntos para finalmente dar fim a esse ciclo de violência.

Com esperança e determinação,

Brett, Ricken, Alice, Ben, Pascal, Paul, Graziela, Paula, Luis, Iain e toda a equipe da Avaaz

1 Entre as medidas adicionais possíveis estão: uma resolução formal do Conselho de Segurança em vez da emissão de uma declaração à imprensa, como a de 28 de dezembro de 2008; pressão internacional explícita nas esferas pública e privada para que as partes conflitantes acabem com as hostilidades, inclusive elaborando termos claros para a retomada das negociações (ver também este artigo em inglês: http://www.jpost.com/servlet/Satellite?cid=1230456497503&pagename=JPost/JPArticle/ShowFull; supervisão internacional da fronteira em Rafah; e, com o tempo, uma resolução detalhada do Conselho de Segurança estabelecendo os termos do direito internacional para a paz permanente entre Israel e a Palestina.

SOBRE A AVAAZ

Avaaz.org é uma organização independente sem fins lucrativos que visa garantir a representação dos valores da sociedade civil global na política internacional em questões que vão desde o aquecimento global até a guerra no Iraque e direitos humanos. Avaaz não recebe dinheiro de governos ou empresas e é composta por uma equipe global sediada em Londres, Nova York, Paris, Washington DC, Genebra e Rio de Janeiro. Avaaz significa "voz" em várias línguas européias e asiáticas. Telefone: +1 888 922 8229

17 janeiro 2009

Fechando Círculos

Sou Messiânico há 12 anos, não gosto muito de falar sobre religião, mas hoje aconteceu algo interessante. Eu sei por que é interessante e isso me basta. Todo mês tem culto mensal na minha Igreja aqui em Valença, é o culto de agradecimento por todas as graças que alcançamos no mês anterior e no inicio do culto foi lido um texto de Fernando Pessoa, Encerrando Ciclos, veja como é revigorante esse texto.

Reproduzo aqui o comentário da minha amiga Mara do blog Fazendo Estrêlas, por achar justo e correto:
Fernando Pessoa é uma das minhas paixões. Quando pela primeira vez recebi este texto, apesar de ser um bom texto, não estava à altura do gênio português, então desconfiei e fui pesquisar. Alguns sites me informaram que era do mago literário de quinta categoria Paulo Coelho. Pesquisando mais, a verdade veio á tona, o texto é da colombiana Sonia Hurtado, psicóloga e colunista do jornal El Pais, de Cali. O espertalhão do Paulo apenas fez a tradução e teve a cara de pau de assinar como se a crônica fosse dele, nada demais para aqueles que o conhecem e sabem que é um plagiador. Ele se deu mal, foi desmascarado.

Se quiser leia a reportagem da revista Época de 2005 e que trata do assunto do plágio. O link é esse:

http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EDG70729-6014,00-ALQUIMIA+LITERARIA.html

Um abraço.

fonte da imagem: chiconline.wordpress.com

Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao fim.
Se insistirmos permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver.
Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos. Não importa o nome que damos, o que importa é deixar no passado os momentos da vida que já se acabaram.
Foi despedido do trabalho?
Terminou uma relação?
Deixou a casa dos pais?
Partiu para viver em outro país?
A amizade, tão longamente cultivada, desapareceu sem explicações?
Você pode ficar muito tempo se perguntando porque isso aconteceu. Pode dizer para si mesmo que não dará mais um passo enquanto não entender as razões que levaram certas coisas, que eram tão importantes e sólidas em sua vida, serem subitamente transformadas em pó.
Mas tal atitude será um desastre imenso para todos; seus pais, sua esposa ou seu marido, seus amigos, seus filhos, seu irmão, todos estarão encerrando capítulos, virando a folha, seguindo adiante e todos sofrerão ao ver que você está parado.
Ninguém pode, ao mesmo tempo, estar no presente e no passado, nem mesmo quando tentamos entender as coisas que acontecem conosco.
O que passou não voltará, não podemos ser eternamente meninos, adolescentes tardios, filhos que se sentem culpados ou rancorosos com os pais, amantes que revivem, noite e dia, uma ligação com quem foi embora e não tem a menor intenção de voltar.
As coisas passam e o melhor que fazemos é deixar que realmente elas possam ir embora. Por isso é tão importante, por mais doloroso que seja, destruir recordações, mudar de casa, dar muitas coisas para orfanatos, vender ou doar os livros que tem.
Tudo neste mundo visível é uma manifestação do mundo invisível, do que está acontecendo em nosso coração.
... e o desfazer de certas lembranças significa também abrir espaços para que outros tomem o seu lugar.
Deixar ir embora, soltar, desprender-se. Ninguém está jogando nesta vida cartas marcadas, portanto, algumas vezes ganhamos outras perdemos.
Não espere que devolvam algo, que reconheçam o seu esforço, que descubram seu gênio, que entendam o seu amor.
Pare de ligar a sua televisão emocional e assistir sempre o mesmo programa, que mostra como você sofreu com determinada perda: isso estará apenas envenenando e nada mais.
Não há nada mais perigoso que rompimentos amorosos que não são aceitos, promessas de emprego que não tem data marcada para começar, decisões que sempre são adiadas em nome do “momento ideal”.
Antes de começar um capítulo novo é preciso terminar o antigo, diga a si mesmo que o que passou jamais voltará.
Lembre-se de que houve uma época em que podia viver sem aquilo, sem aquela pessoa. Nada é insubstituível, um hábito não é uma necessidade.
Pode parecer óbvio, pode mesmo ser difícil, mas é muito importante encerrar ciclos. Não por causa do orgulho, por incapacidade ou soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida.
Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira, deixe de ser quem era e transforme em quem é.
Torne-se uma pessoa melhor e assegura-te de que saber bem quem és tu próprio, antes de conheceres alguém e esperares que ele veja quem tu és.

E lembre-te:
“Tudo o que chega, chega sempre por alguma razão”.

16 janeiro 2009

O Passageiro

Trecho do conto "O Passageiro", do livro "Universo Interior" de Victor S. Gomez.

No ano de 2000, tive meu livro aprovado pela Editora Melhoramentos, mas nesse mesmo ano a referida editora sofreu problemas financeiros, sendo assim a publicação do meu livro foi cancelada. Publico aqui um trecho do conto que dá nome ao meu livro.


O Passageiro
Logo começou a chover, quando ele chegou à estação de trem abandonada. Era uma chuva fina dessas de inverno, que de tão persistentes parecem nunca querer parar. Estava vestido como costumava ir à missa de domingo. Usava sua melhor roupa e trazia na mão esquerda uma mala surrada de couro. Depois de subir os seis lances de escada da estação e atravessar um pequeno corredor, passou pelos guichês corroídos, antes polidas grades de bronze. Chegou à plataforma, virou à direita e sentou nos restos do último banco de madeira. Fez todo esse trajeto quase de olhos fechados. O fizera várias vezes no tempo em que trabalhava na capital e usava o trem diariamente. Agora o que sobrou da estação era muito pouco. Metade da marquise estava caída. Algumas paredes ainda teimavam em ficar de pé. Ninguém sabe por quê. Alguns móveis quebrados ainda estavam lá: pedaços de uma mesa, o encosto de uma cadeira, um arquivo empenado e sem gavetas. Pelo chão da plataforma, tufos de capim forçavam passagem pelas rachaduras. Os trilhos, enferrujados, já não tinham o brilho de quando por ali passavam as imponentes "Maria fumaças" vindas da capital para buscar os trabalhadores do interior do estado. Poucos dormentes também resistiram. A maioria havia sido roubada para servir de cerca às pequenas casas vizinhas à linha férrea. Então se tudo estava acabado o que ele fazia ali? O que ele esperava?


O livro se encontra a venda no site da Editora Patuá:
http://www.editorapatua.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=189

15 janeiro 2009

A infindável dor

fonte da imagem: emanuela.blogs.sapo.pt

Estou assim meio sem saber como escrever esse post, depois do último que escrevi. É meio complicado, pois parece que nele coloquei tudo que eu tinha para fora e agora estou meio que vazio. Logo depois publico Manoel de Barros e aí é que desapareço por completo. Tenho uma coluna chamada “Opinião”, acho que todos já notaram e nela falo sobre algumas coisas que acontecem em minha vida. Assuntos aqui de Valença, assuntos sobre política, coisas do dia a dia, coisas ruins e coisas boas, como as relações de amizade. Então ontem assisti a um filme, fui à locadora e peguei o filme, que não sinto necessidade de dizer o nome. Era um filme sobre guerra e suas razões de ser. De uma hora para outra tudo se embolou na minha cabeça. Qual dos lados tem razão? Que motivo estúpido e egoísta, coloca frente a frente, pessoas que nunca se viram, para se matarem mutuamente? Qual a finalidade disso tudo? Será uma seleção natural da espécie? Outros poucos acreditam que possa ser apenas um controle populacional provocado pela natureza. Outras guerras são tão antigas, que nos dão a impressão, que já correm nas veias de quem as faz, ou pior, já está inserida em seu código genético. Agressões gratuitas que não levam a nada. Talvez um dia tenhamos explicações mais sensatas. Talvez um dia, as trevas se dissipem por completo e a luz volte a brilhar mais forte. Como depois de um temporal de verão, quando o sol reaparece bem quente. Agora, depois disso tudo eu exclamo: O que faz mais sentido nessa vida, senão o amor!

14 janeiro 2009

Manoel de Barros

Esse post é do blog Deslimites do Ser, da amiga Raquel Mendonça. Um grande beijo para você e para o meu amigo Freed Bening.
Manoel de Barros é tudo de bom e mais um pouco, é a simplicidade que eu gostaria de ser.

"Eu tinha vontade de fazer como os dois homens que vi sentados na terra escovando osso. No começo achei que aqueles homens não batiam bem. Porque ficavam sentados na terra o dia inteiro escovando osso. Depois aprendi que aqueles homens eram arqueólogos. E que eles faziam o serviço de escovar o osso por amor. E que eles queriam encontrar nos ossos vestígios de antigas civilizações que estariam enterrados por séculos naquele chão. Logo pensei de escovar palavras. Porque eu havia lido em algum lugar que as palavras eram conchas de clamores antigos. Eu queria ir atrás dos clamores antigos que estariam guardados dentro das palavras. Eu já sabia também que as palavras possuem no corpo muitas oralidades remontadas e muitas significâncias remontadas. Eu queria então escovar as palavras para escutar o primeiro esgar de cada uma. Para escutar os primeiros sons, mesmo que ainda bígrafos. Comecei a fazer isso sentado em minha escrivaninha. Passava horas inteiras, dias inteiros fechados no quarto, trancado, a escovar palavras. Logo a turma perguntou: o que eu fazia o dia inteiro trancado naquele quarto? Eu respondi a eles, meio entresonhado, que eu estava escovando palavras. Eles acharam que eu não batia bem. Então eu joguei a escova fora."

Manoel de Barros

08 janeiro 2009

Assessor(a) de comunicação institucional/marketing Idec

O Idec está selecionando assessor/a de comunicação institucional/marketing para trabalhar em São Paulo (SP). A função do/a assessor/a de comunicação institucional/marketing é desenvolver estratégias e campanhas de marketing voltadas para captação de associados para o Idec, incluindo a criação e gerenciamento de materiais institucionais.

O cargo exige: graduação completa em Publicidade, Marketing ou área relacionada; desejável pós-graduação; experiência mínima de três anos em trabalhos na área de Marketing/ Publicidade; experiência ou conhecimento sobre organizações da sociedade civil no Brasil. Além disso, é necessário: habilidade de coordenar ações/campanhas que envolvam equipe multidisciplinar; capacidade de coordenar esforços de inovação nos produtos e serviços e nos canais de captação de associados.

Interessados/as deverão encaminhar currículo, com carta de apresentação (explicando as razões que a/o levaram a candidatar-se à vaga) e pretensão salarial, até 20 de janeiro para curriculo@idec.org.br, citando no assunto "seleção: assessor/a de comunicação institucional/marketing".

06 janeiro 2009

Selos

Quatro selos, um do final de 2008 e Três do início de 2009. o primeiro veio da amiga Serena Flor, do blog Alma Poeta, os dois outros vieram da amiga Requeri, do blog Rebloggando. O último selo chegou um pouco depois, mas resolvi postar aqui, é da Jenneffer Keffer, do blog Publicidade de Salto Alto. Beijos vocês são lindas.




05 janeiro 2009

Queimada

A queimada provoca grande prejuízo, tanto financeiro, quanto do meio ambiente. Seja ela criminosa ou acidental, devemos nos empenhar ao máximo, para conscientizarmos o maior número de pessoas possível, sobre seus malefícios. A degradação da mata e do solo é evidente logo após a queimada, tantos pelos animais mortos e também pelo solo que fica desprovido de nutrientes. A seguidas queimadas realizada na Serra dos Mascates, tem castigado bastante aquela área, que somada com as milhares realizada pelo Brasil afora, vem contribuindo em boa parte para o aumento do efeito estufa.


Com a chegada das chuvas fortes de verão, a grande quantidade de água, que desce as encostas, não encontra mais obstáculos e com isso vêm aumentando as fendas do terreno, já sem nutrientes e provocando a erosão e queda de árvores.


O Projeto SOS tem como meta o florestamento da Serra dos Mascates e de outras matas de Valença e do Estado do Rio de Janeiro. Até o momento já foram plantadas quase 300 mudas de árvores nativas da Mata Atlântica e esperamos em 2009 multilicar por 50 esse número. Esperamos com isso reverter esse quadro o mais rápido possível.

02 janeiro 2009

Jeanne Moreau

A inspiração para este post, veio de uma mensagem do Orkut, que minha amiga Priscila (pricalisb.blogspot.com) me mandou.
Nascida em Paris, França em 23 de janeiro 1928. Com formação de atriz clássica no Conservatório de Paris, filha de um barman francês e de uma bailarina britânica, a grande diva Jeanne Moreau estreou no cinema em 1948, no filme "Dernier Amour", de Jean Stelli. Logo após, atuou em diversas películas até que, em 1958, com os filmes de Louis Malle, "Ascensor para o Cadafalso" e "Os Amantes", alcançando definitivamente o estrelato; e dando início a uma brilhante carreira internacional, sendo dirigida por grandes cineastas como Malle, François Truffaut , Luís Buñuel, Michelangelo Antonioni, John Frankenheimer e Orson Welles, sem nunca deixar o teatro.

Considerada uma das melhores atrizes francesas de todos os tempos, no teatro e no cinema, atuou em mais de 120 filmes, Jeanne Moreau é também roteirista e cineasta, tendo realizado três filmes, "Lumière", em 1976, "L'Adolescente", em 1979, e "Lillian Gish", em 1983, além de ser a primeira atriz não estado-unidense a aparecer na primeira página do Time Magazine. Casada três vezes, com Jean-Louis Richard, em 1949, em seguida com Teodoro Rubanis, em 1966, e finalmente, com William Friedkin, em 1977, de quem se divorciou dois anos depois.

Filmografia:
  • Além das núvens - Par-delà les nuages, 1995
  • Amantes, Os - Les amants, 1958
  • Aquele amor - Cet amour-là, 2001
  • Ascensor para o cadafalso - Ascenseur pour l'échafaud, 1958
  • Incompreendidos, Os - Les 400 coups, 1959
  • Jules e Jim - Jules et Jim, 1961
  • Ligações amorosas, As - Les liaisons dangereuses, 1959
  • Mulher é uma mulher, Uma - Une femme est une femme, 1961
  • Nikita - La femme Nikita, 1990
  • Noite, A - La notte, 1960
  • Noiva estava de preto, A - La mariée était en noir, 1967
  • Para sempre Cinderela - Ever after, 1998
  • Processo, O - Le procès, 1963
  • Regresso, O - The proprietor, 1996
  • Rolls-Royce amarelo, O - The yellow Rolls-Royce, 1964
  • Segredos de alcova - Secrets d'alcove, 1954
  • Trem, O - The train, 1964
  • Trinta anos esta noite - Le feu follet, 1963
  • Último magnata, O - The last tycoon, 1976

01 janeiro 2009

Técnicos de Instrução Continuada (TIC)

Casa Brasil
A Casa Brasil abre processo de seleção para Técnicos de Instrução Continuada (TIC) em todas as regiões do páis. São 14 vagas para atuação nos estados de Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul, Goiás, Tocantins, Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia, Sergipe, Pernanbuco, Alagoas, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí, Maranhão, Amazonas, Amapá, Roraima, Acre, Rondônia e no Distrito Federal.
Os TICs são responsáveis pela articulação comunitária entre as unidades do projeto, formação dos agentes, acompanhamento das unidades, apoio a criação de Conselho Gestores, entre outros. Os pré-requisitos são experiências em gestão e planejamento de projetos sociais, de inclusão digital ou cultural; bom conhecimento regional e capacidade de comunicação e organizacional. O valor da bolsa do CNPq é de R$ 3.000,00, com despesas de viagens custeadas pelo Casa Brasil. O período de contratação será de fevereiro a agosto de 2009.
As inscrições já podem ser realizadas de acordo com os editais publicados no site da Casa Brasil . Os documentos estão no formato ODF (open document text), um formato aberto e público. Se você não possui o BrOffice instalado, pode encontrá-lo para download, gratuitamente na página http://www.broffice.org/download. Confira mais informações sobre os formatos abertos na Wikipédia: http://pt.wikipedia.org/wiki/ODF.
fonte: www.grupos.com.br

Lojas Renner investirá R$ 1,3 milhão em ações sociais

A Lojas Renner está disponibilizando R$ 1,3 milhão para projetos sociais que vão beneficiar a sociedade gaúcha, através da 2ª Edição da Rede Parceria Social - Lei da Solidariedade, programa de incentivo fiscal que envolve o Governo do Rio Grande do Sul, entidades sociais e a iniciativa privada.
Serão contemplados projetos que estimulam a inclusão social da mulher por meio de geração de renda e inserção no mercado de trabalho; a mobilização e incremento de ações coletivas para erradicação do Câncer de Mama; iniciativas para gerar ocupação, renda e desenvolvimento local. As inscrições estão abertas até dia 30 de janeiro, e os editais da 2ª Edição da Rede Parceria Social estão disponíveis no site www.sjds.rs.gov.br.

O orçamento detalhado total de cada projeto não poderá ex ceder a R$ 30 mil, com prazo máximo de execução de nove meses.
fonte: grupos.com.br

Passo a passo de como criar uma ONG