Pesquisar este blog

21 janeiro 2019

O Ponto Turístico do Cruzeiro Pede Ajuda

O Cruzeiro, ponto turístico de de nossa cidade mais visitado pela população de Valença - RJ, está devastado pela ignorância e pelo descaso. 

Muitas pichações, lixo por toda parte, capim crescendo pelas brechas do concreto, foi o que a amiga Déia Sineiro encontrou por lá e fotografou. 




Pedimos a Prefeitura Municipal de Valença tome as devidas providências e faça uma limpeza geral, em um local que não é só visitado por valencianos, mas também por turistas que visitam nossa cidade. O local tem uma vista privilegiada de nossa cidade e da Serra dos Mascates. Que tal passar por lá os responsáveis pela limpeza de nossa cidade e ver como está o local. Uma visitinha da Guarda Municipal de vez em quando, também seria uma boa medida.

Muitas propagandas são feitas na TV e demais veículos de informações, mas as pessoas as ignoram, que tal fazer como n Rio de Janeiro, quando alguém é pego jogando lixo no chão a pessoa é multada em mais de cem reais?

Aguardamos que nossos Vereadores se manifestem.




20 janeiro 2019

Roteiro de Projeto Social

Parece difícil mas não impossível. Muitas pessoas conseguem levar um projeto adiante, mas isso exige muito estudo e dedicação. Pode se começar sem saber muita coisa, mas com o andar da carruagem, tudo vai se complicando, então é aí que a capacitação mostra-se necessária. Mas não desista, todos os percalços podem ser superados, com afinco e vontade de vencer.


Roteiro de projeto retirado do formulário de inscrição da Petrobras, Projeto Sou da Paz.

Apresentação

Descreva, sucintamente, os objetivos do projeto, as atividades previstas e os principais resultados quantitativos e qualitativos esperados.


Justificativa

Deve-se responder a questão: por que executar o projeto? Ressaltar os seguintes aspectos:

• o problema social que o projeto pretende solucionar ou equacionar;

• a relevância do projeto em relação aos beneficiários e sua influência sobre adolescentes e jovens;

• o impacto social previsto do projeto e as transformações positivas e duradouras esperadas;

• a área geográfica em que o projeto se insere; e

• as características demográficas, socioeconômicas, ambientais e culturais da população; e o estágio de organização e mobilização das comunidades.

Atividades Anteriores

Descreva, sucintamente, ações anteriores da Organização voltadas aos adolescentes e jovens, incluindo os principais resultados quantitativos e qualitativos obtidos. Pode-se descrever o próprio projeto em caso de sua ampliação, aperfeiçoamento e/ou replicação.


Objetivo Geral

Identifique os benefícios mais amplos que as ações do projeto deverão propiciar aos adolescentes e jovens, apontando os parâmetros cronológicos e de mensuração. Por exemplo: reduzir em 35% a morbimortalidade juvenil por causas externas, até dezembro de 2002.


Objetivos Específicos

Estes objetivos referem-se às etapas intermediárias que deverão ser cumpridas no curso do projeto. Portanto, devem estar necessariamente vinculados ao seu objetivo geral. Também devem ser específicos, viáveis, hierarquizados, mensuráveis e cronologicamente definidos. Preencha o quadro abaixo, descrevendo os objetivos específicos do projeto por ordem de importância (hierarquização); os resultados quantitativos e qualitativos esperados em cada objetivo (mensuração); as atividades que deverão ser implementadas para sua consecução; e os períodos de execução das atividades (cronologia).

Hierarquização

Enunciado do Objetivo

Resultados Esperados Metas

Atividades Principais

Períodos


Metodologia Empregada

Descreva a maneira como as atividades serão implementadas, incluindo os principais procedimentos, as técnicas e instrumentos a serem empregados. Destaque outros aspectos metodológicos importantes, como a forma de atração dos públicos beneficiários; locais de abordagem desses grupos ou de execução das ações; meios a serem utilizados na divulgação dos serviços; natureza e função dos agentes multiplicadores; e mecanismos de participação comunitária.


Avaliação Processual

Esta modalidade de avaliação refere-se à forma como o projeto se desenvolve e à eficiência dos métodos e procedimentos empregados, de modo a fazer mais com menos. Para cada atividade principal, identifique os indicadores quantitativos e qua-litativos de progresso e, ainda, os meios de verificação das informações, ou seja: onde, quando e como as informações serão coletadas e analisadas.

Nº de Atividades

Indicadores do Progresso

Meios de Verificação


Avaliação de Resultados

Esta modalidade refere-se à eficácia dos métodos e procedimentos utilizados e denota as transformações sociais geradas pelas atividades. Para cada objetivo específico, identifique os indicadores quantitativos e qualitativos dos resultados esperados, assim como os meios de verificação.

Nº do Objetivo

Indicadores de Resultados

Meios de Verificação


Avaliação de Impacto

Esta modalidade de avaliação refere-se à continuidade das transformações decorrentes das ações implementadas, ou seja, à sua efetividade. Para cada objetivo específico, identifique os indicadores quantitativos e qualitativos de impacto, assim como os meios de verificação.

Nº do Objetivo

Indicadores de Impacto

Meios de Verificação


Parcerias e Alianças

Identifique as principais parcerias ou alianças estabelecidas para a execução do projeto, incluindo os parceiros-executores, as instituições de apoio técnico, material e/ou financeiro, organizações de referência, consultorias, etc., especificando as funções de cada uma delas.

Organização

Principais Funções no Projeto


Orçamento do Projeto

Considerando as principais atividades estabelecidas em cada objetivo específico, indique o valor do investimento solicitado ao programa, assim como a contrapartida da organização e os recursos provenientes de outras fontes (se for o caso). Como contrapartida, poderão ser computados os valores estimados das instalações, materiais e equipamentos da organização, cedidos ou utilizados na implementação do projeto, assim como o valor das horas de trabalho da equipe técnica, desde que esses itens não estejam incluídos no investimento solicitado ao programa.


Nº do Objetivo




Total


Investimento Solicitado




Total


Contrapartida da Organização




Total


Outras Fontes




Total





Total

Equipe Técnica

Relacione a equipe técnica principal do projeto, incluindo a formação profissional (médico, assistente social, psicólogo, etc.), a função ou cargo (diretor, coordenador, educador, pesquisador, etc.) e o tempo que cada profissional dedica ao projeto, em número de horas semanais.

Nome

Formação

Função no Projeto

Horas Semanais


Comunicação do Projeto

Este módulo refere-se às formas e meios pelos quais o projeto dará conhecimento de suas ações aos parceiros e aliados, líderes e formadores de opinião do Terceiro Setor, autoridades governamentais, público interno e sociedade em geral. Destaque as estratégias e materiais a serem utilizados com esse objetivo, assim como os mecanismos de vinculação do projeto ao programa Petrobras Social. Não confundir com a promoção de serviços junto aos beneficiários do projeto.


Cronograma de Atividades

O cronograma é a distribuição, no tempo, das principais atividades previstas. Constitui um instrumento essencial de gestão e, por isso, deve ser elaborado com critério. Relacione as principais atividades do projeto, indicando os prazos de início e conclusão de cada etapa. Considerando o prazo de vigência do contrato de parceria (12 meses), use o mês como unidade do cronograma.

15 janeiro 2019

Como Crio uma ONG?

Todos os dias recebo uma enxurrada de e-mails pedindo informações sobre como criar uma ONG. Sempre que posso procuro responder a todos. Acho normal isso, poucas informações se conseguem na internet, e as pessoas que sabem não querem dividir seu conhecimento, algumas querem vender apostilas, outras por medo da concorrência não passam adiante o que aprenderam com muita dificuldade. Eu aprendi com muita dificuldade, e não me aborreço em repartir com os outros o pouco que sei.

Algumas pessoas que pretendem abrir uma ONG, e tocar seus projetos, não sabem como fazê-lo. Sempre posto algumas medidas que podem ser tomadas, por quem quiser iniciar um bom trabalho. Tenho certeza que algumas dúvidas se dissiparão daqui em diante, mas caso isso não aconteça, estou à disposição para ceder qualquer informação que esteja ao meu alcance. Entre em contato pelo meu e-mail: victorsgomez@gmail.com ou pelo formulário de contato do blog.

  • O ponto principal é definir quais os objetivos sua ONG vai ter. Em quais áreas ela vai atuar? Cultura, educação, saúde, meio ambiente? Decida sempre em assembléia, para que tudo fique bem claro. Discuta incansavelmente esses objetivos.
  • Convide pessoas, de preferência da comunidade, onde ficará localiza a sua ONG, para formar a diretoria da instituição. O número mínimo de pessoas para formar a diretoria é de 5, se for mais, escolha pessoas que tenham afinidade com a área social ou que já estejam engajadas em algum trabalho voluntário.
  • Tente estabelecer objetivos bem claros para a instituição, na que eu fundei trabalhávamos com a educação e cultura. Oferecíamos teatro com incentivo à leitura, aulas de informática, Pesquisas escolares, reforço escolar e palestras, etc.
  • Acho que um dos passos principais é definir o local da sede, para poder começar o trabalho. Se não tiverem um local, façam parceria com uma associação de moradores ou com alguma igreja local, eles estão sempre abertos ao dialogo e tem muita vontade de ajudar.
  • Defina o estatuto social da forma que está no modelo que postei aqui anteriormente e imprima 3 cópias de cada. Não se esqueça da participação de um advogado, para a devida analise do mesmo e para que ele rubrique todas as páginas.
  • Faça a ata de fundação de acordo com o modelo já postado aqui e também imprima 3 cópias. Não se esqueça da assinatura de todos os participantes da assembléia.
  • O estatuto deve ser discutido e aprovado em assembléia geral, anunciada largamente na comunidade, onde também deverá acontecer a eleição da diretoria da instituição. Acabado o processo de discussão e aprovação do estatuto, registre em cartório de pessoa jurídica o estatuto e a ata de fundação. È opcional, mas também recomendável, que se publique em Diário oficial o resumo do estatuto.
  • Como falei anteriormente, tente encontrar na comunidade um contador, que se identifique com as propostas da instituição, para facilitar o trabalho das contas da ONG. Logo no inicio ele terá de dar entrada no CGC (CNPJ) o cadastro do Ministério da Fazenda e alvará de funcionamento.
  • Para terminar é bom que se solicite a qualificação da ONG, como Organização da Sociedade Civil de Interesse Publico no Ministério da Justiça, o que futuramente facilitará nas parcerias com Empresas e órgãos governamentais, como prefeituras e outros.

Passo a passo de como criar uma ONG

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *