07 outubro 2018

Bob Dylan Nobel de Literatura 2016

Acompanho Bob Dylan há muito tempo, desde que ouvi "Blowin' In The Wind" pela primeira vez em 1969. Muitos não acreditavam nele naquela época, e para gravar seu primeiro single foi uma imensa dificuldade. Eu sempre acreditei no trabalho dele, e tive a chance de assistir um show dele na Apoteose no Rio de Janeiro. Muitos não gostaram. A voz rouca as vezes meio fraca, deixaram muitos irritados, mas o que todos queriam era aquele Bob Dylan de 1963, onde o Folk era sua marca principal, mas eu sentia que ele tinha queria trilhar outros caminhos, quem sabe da gente é a gente mesmo. E segui acompanhando seu trabalho, mesmo pelas radio que na época tocavam muito Rock, era moda naquele tempo. Eu não tinha dinheiro e só depois de muitos anos, em 1974, pude comprar um disco dele que acabara de ser lançado por aqui, "Planet Waves". Hoje ele deve estar com mais de 70 anos, e eu continuo seguindo seu trabalho, e eu acho e sempre achei que ele era um dos maiores poetas norte-americanos. Não sou fanzoca, sou um cara que admira a boa música, a boa poesia. Tenho a satisfação de saber que eu estava certo na minha admiração por ele, principalmente depois dele ter ganho o Nobel de Literatura, em 2016. Ele não foi receber o prêmio, o dinheiro deve ter sido depositado na conta dele, ele é diferente de todos, talvez não entendesse aquilo tudo, aquele lugar não é a praia dele. Victor S. Gomez


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Caso tenha gostado do que encontrou aqui, comente o artigo que acabou de ler.

Passo a passo de como criar uma ONG

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *