As melhores peças para seu carro podem ser encontradas aqui

Http://www.Motordoctor.PT

12 agosto 2018

Projeto "Valença Troca Livros"


Victor S. Gomez, que tem presenteado Valença e a representa com seus talentos, levando aos sábados, das 9h às 12 horas, para a Rua dos Mineiros, uma verdadeira Fonte do Saber, pequena no tamanho, mas grande na essência, intitulada Banca do Projeto "VALENÇA TROCA LIVROS". Ele não vende livros, troca livros, abrindo horizontes para muitas pessoas que passam no centro da cidade, com dedicação, perseverança, humildade e fé, oferecendo variados títulos de inúmeros autores locais, regionais, nacionais e internacionais. Ele oferece a sua parcela de contribuição para o crescimento da Cultura, como 'pequenas gotas de água, levadas pelo Beija-Flor'. Valença e a população precisam valorizar e participar desse trabalho voluntário! Para conhecimento público, entre vários títulos, Valença possui o de "CIDADE DA LEITURA", reconhecido por muitos artistas e intelectuais famosos e anônimos que aqui viveram no passado e continuam presentes. Victor S. Gomez é um desses impulsionadores da Cultura e do Turismo, sem esperar retorno financeiro, sentindo-se feliz, vivo, em poder realizar esta ação do bem, recebendo o reconhecimento das pessoas que param para conversar e conhecer o que acontece naquele local. Então, valorizemos o trabalho de Victor S. Gomez, pois outras cidades não possuem este Projeto. Conheçam os parceiros deste trabalho, tendo como visão de empreendedorismo e futuro de qualidade, no Banner existente na Banca do Projeto "VALENÇA TROCA LIVROS": ACIVA (Associação Comercial e Industrial de Valença), o primeiro a acreditar nesta ideia; Rotary Club de Valença (Rotary International) e Casa da Amizade de Valença; Lanchonete e Pizzaria Liang; Grupo de Escritores Flor e Poesia; JORNAL DA CIDADE (Valença e Região) www.jornaldacidade.info


Outro exemplo da importância do incentivo familiar no crescimento intelectual e cultural, é este que pudemos captar junto ao próprio escritor, autor, ator e jornalista Victor S. Gomez foi este: "O meu interesse pela leitura surgiu depois de ouvir rádio-novelas com meu pai, 'Os Dez Mandamentos', 'Jerônimo - O Herói do Sertão', e 'Direito de Nascer', bem como da infinidade de livros e revistas que meu pai me deu, e depois de ler inúmeros livros da biblioteca particular dele". Não há outra receita para se adquirir o hábito saudável e essencial da leitura, do saber, que é ler, pois não tem idade para começar, mas o bom é que seja cedo, em casa e nos bancos escolares. Dizem de forma incorreta, que o brasileiro não gosta de ler. Ao contrário, basta dar oportunidades, exemplos disto são as BIENAIS DO LIVRO, Feiras anuais em Valença, na região e pelo Brasil, e o Projeto Voluntário "VALENÇA TROCA LIVROS"

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Caso tenha gostado do que encontrou aqui, comente o artigo que acabou de ler.

Passo a passo de como criar uma ONG

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *