As melhores peças para seu carro podem ser encontradas aqui

Http://www.Motordoctor.PT

21 agosto 2012

Sobre a Crise na Concórdia



Comentário publicado no Portal Valença RJ

Noemi Pereira

Sr Victor é realmente enorme o descaso desse governo com Valença inteira, o turismo ecológico hoje  é uma realidade muito forte no nosso país e Valença tem tudo pra despontar nesse aspecto, só discordo quando o sr. diz que Conservatória age como se não fizesse parte de Valença, trabalhei muitos anos como recreadora e guia turístico nos melhores hotéis de Conservatória e tanto eu quanto meus colegas,sempre frisamos que Conservatória é o sexto distrito do município de Valença, nem tem como ser diferente, pois dos distritos Conservatória é quem mais arrecada pra Valença, agora realmente assim como o Parque Municipal da Concórdia, pudéssemos ser independente de Valença, principalmente nesses DESGOVERNOS a que estamos submetidos seria ótimo. Hoje temos uma estrada asfaltada, com uma natureza exuberante, que liga a sede do município ao sexto distrito, que é ignorada pelos governantes, podendo levar esse turismo pra Valença. Vejo grupos de turistas indo conhecer fazendas em Vassouras e Barra do Pirai, esse turismo não poderia ir pra Valença que tem fazendas históricas maravilhosas?


Victor S. Gomez

É uma opinião pessoal minha. Só isso. Vocês tem esse senso de mostrar que Valença e Conservatória são parte de um mesmo território, mas nem todos tem, só divulgam mesmo por obrigação de endereço. Centenas de vezes eu ouvi no Rio, minha cidade natal, pessoas falando que Conservatória faz parte de Barra do Piraí, não sou eu quem fala, é o povo.

E não acho que deve ser mudado, que deve ter uma separação, acho sim que deve ter mais interesse politico, para que o turismo seja encarado com mais seriedade por nossos políticos, pois é o turismo que pode vir a ser a fonte de divisas, que dará sustentação para uma Valença melhor para todos. E cabe a nós eleitores cuidar para que as mudanças aconteçam, sem essa de ficar pulando fora do barco antes que ele afunde, “não voto em politico por que ele rouba”. Temos a melhor ferramenta para tirá-los de lá, o voto, se não for nessa geração será em outra, para isso não podemos parar, devemos trabalhar sempre a educação e a cultura para que no futuro nossos herdeiros virem de verdade essa página negra de nossa cidade e construam uma história mais decente para nossa Valença. Se eu não acreditar que o mundo pode mudar, é melhor eu pular fora dele. Abraços

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Caso tenha gostado do que encontrou aqui, comente o artigo que acabou de ler.

Passo a passo de como criar uma ONG