As melhores peças para seu carro podem ser encontradas aqui

Http://www.Motordoctor.PT

08 outubro 2012

Responsabilidade Social: Projeto de Incentivo à Leitura

Senhor  Victor S. Gomez, estou lhe enviando esse Email  por que sou estudante cursando o quarto período do Curso de Letras na Univercidade, unidade do Méier .

Estou realizando um projeto sobre incentivo à leitura, e gostei muito do projeto Trupe da leitura criado pelo senhor, por isso gostaria de lhe propor um entrevista pessoal ou se possível por email.

Peço gentilmente que me mande uma resposta, pois a apresentação do meu trabalho será em breve.

ass : Patrícia Miranda


O que foi o projeto “trupe da leitura?
O Projeto Trupe da Leitura foi criado por mim, na ONG que fundei em Seropédica. A ONG CECI (Centro Cultural Criança Cidadã) tinha o objetivo de formar leitores, para que todos pudessem almejar um futuro melhor.

Como surgiu a idéia criar um projeto que incentivasse à leitura?
Havia uma carência muito grande de bibliotecas nessa região da Baixada Fluminense, como há em várias regiões de nosso país. Sentimos necessidade da criação de uma biblioteca comunitária em nossa comunidade e criamos o CECI (Centro Cultural Criança Cidadã). Desse projeto principal surgiu a Trupe da leitura, que seria o carro chefe de nossa instituição a partir de sua criação.

Sinopse do projeto, com os objetivos esperados.
O município de Seropédica localizado na Baixada Fluminense, com uma área territorial de 267 Km2 e população total de 65.020 habitantes; segundo dados do IBGE mais de 45% de sua população ativa não completaram o segundo grau. Por isso criamos o Projeto Trupe da Leitura. Acreditamos que ele se destina a desenvolver o gosto pela leitura e a disseminar a cultura entre os habitantes do município. A Trupe da Leitura é um grupo formado por adolescentes da comunidade e frequentadores de nossa instituição e está em atividade aproximadamente dois anos e seis meses. O projeto Trupe da Leitura surgiu antes de fundarmos a instituição. Esse grupo leva às escolas da rede pública e particular o contato com os livros, fazendo encenações com textos de grandes escritores e declamações de poesias, para com isso despertar nas crianças e adolescentes o gosto pela leitura. Enquanto um narrador com um livro na mão vai lendo parte de um texto, o restante apresenta um esquete dando continuidade ao texto narrado. Já foram realizadas várias apresentações nas escolas da comunidade com grande sucesso e repercussão. O Projeto Trupe da Leitura busca também a melhoria da qualidade de vida, nas comunidades de baixa renda, pretendendo tirar nossos jovens da faixa de exclusão social. Paralelamente temos o Módulo Ser Cidadão, no qual são tratadas questões como Cidadania, Sexualidade, Drogas, DSTs (AIDS), Família, Estatuto da Criança e Adolescente, etc. Além desses pontos é dada prioridade ao reforço escolar, através de aulas de português e matemática, dando ênfase principalmente ao acompanhamento da freqüência e manutenção da média escolar; visando com isso conter a crescente evasão escolar, que tira grande parte dos alunos da escola. Num município carente de recursos, e sem políticas públicas que favoreçam as crianças e adolescentes; faz se necessário à implantação de projetos socioculturais. O Projeto aposta na formação desses adolescentes; para que possam, por seus próprios esforços, lutar por uma melhor qualidade de vida e conquista de sua cidadania.

Houve patrocínio, para formulação do projeto?
Não tínhamos empresas que financiassem o projeto, apenas contávamos com nossas forças para mantê-lo. Fazíamos bingo, festas e outras atividades para a manutenção da instituição.

Qual era o perfil da clientela do projeto?
Jovens e adolescentes da comunidade, mais precisamente do bairro Parque Jacimar, Km 42 de Seropédica, RJ.


Qual a complexidade ao montar um projeto?
São várias situações difíceis, que passam, quem deseja trabalhar corretamente em nosso país, a começar pela total falta de apoio do poder público. Em cinco anos de existência o CECI (Centro Cultural Criança Cidadã) nunca recebeu apoio da prefeitura local. Nosso maior parceiro nessa época foi a Paróquia Maria Mãe da Igreja, através dos Padres Umberto e Gabriel e depois a comunidade.

Qual a metodologia utilizada durante o percurso do projeto?
Através de círculos de leitura e de técnicas teatrais, eram trabalhados os clássicos da literatura infanto-juvenil, poesias, lendas e folclore da nossa cultura. Montamos com os adolescentes esquetes teatrais e os mesmos encenavam e recitavam poesias nas escolas públicas e particulares do município, visando com esse trabalho formar multiplicadores e despertando em outros jovens o interesse pela Leitura.

A bibliografia e ou embasamento teórico.
Os livros eram escolhidos através dos jovens que frequentavam o projeto, nada era muito programado, o jovem escolhia o livro de acordo com seu gosto pela leitura.

A instalação e mobilidade dos voluntários do projeto.
Todos eram voluntários e vizinhos da instituição. A locomoção e alimentação dos jovens as escolas era por conta do projeto.

Havia treinamento para os adolescentes voluntários.
Era como se fosse um grupo de teatro, todos tinha aulas de teatro, pois o texto do livro escolhido era encenado pelos adolescentes da Trupe da leitura, como em uma apresentação teatral.

Houve apoio comunitário?
Havia o interesse da família dos jovens que acompanhavam o projeto, pois ao invés de ficarem na rua depois da aula, todos iam para a ONG, ensaiar os textos para as apresentações nas escolas. A comunidade sempre gosta quando surge um trabalho como esse, pois desenvolve no jovem a capacidade de escolha de um objetivo para seu futuro, eles deixam de ter um ou duas opções e passam a ter um leque de opções.

Existe a perspectiva de continuidade ou ampliação do projeto?
CECI (Centro Cultural Criança Cidadã) fechou suas portas há mais ou menos 1 ano, depois de sete anos de existência, se não me engano. Fui Diretor Executivo dessa instituição por 5 anos. Para mim foi a experiência mais enriquecedora da minha vida.

Quais foram às evoluções?
Os jovens que frequentavam o projeto, hoje estão no mercado de trabalho, alguns fizeram curso técnico, outros fizeram faculdade. É incrivelmente gratificante, ter hoje vários deles como amigos pessoais, é só ver no meu Facebook, alguns deles estão lá e frequentemente conversamos.

Como era feita a busca dos recursos financeiros, dos voluntários, apoio e parceria.
Acho que respondi essa pergunta acima.

Há registro ou resultados satisfatórios do projeto?
Não tenho registros dessa época, talvez encontrem com os últimos diretores da ONG, mas acho que só o fato de sabermos o retorno que esses jovens tiveram em suas vidas e o reconhecimento que eles me mandam em forma de amizade é formidável.

Hoje o senhor teria outros projetos em preparação ou vigência? E são ligados à leitura?
Participo de alguns projetos aqui em Valença, RJ, mas todos na área de meio ambiente e tenho alguns Blogs na internet onde escrevo sobre projetos sociais e meio ambiente. Mas ainda guardo saudades desse projeto e tenho certeza que se tiver possibilidade, a Trupe da Leitura vai voltar a ativa, pois é um projeto muito interessante e transformador.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Caso tenha gostado do que encontrou aqui, comente o artigo que acabou de ler.

Passo a passo de como criar uma ONG