As melhores peças para seu carro podem ser encontradas aqui

Http://www.Motordoctor.PT

16 junho 2010

O Brasil de Portinari – Exposição de Réplicas

FUNDAÇÃO LÉA PENTAGNA


PROGRAMAÇÃO DE JUNHO
  • Exposição de Telas de Cândido Portinari
Réplicas do Projeto Portinari
   
    Coordenação de Suely Regina Avellar – Rio de Janeiro

    Período: de 14 de junho a 09 de julho de 2010.

    Horários: de 09h às 11h e 30min
                   de 13h e 30min às 16h

    Para escolas: de segunda a sexta-feira – agendamento pelo telefone (24) 2453 4178

"Daqui fiquei vendo a minha terra(…) Vou pintar aquela gente com aquela roupa e com aquela cor"
 CANDIDO PORTINARI , Paris, 12 de julho de 1930

Essa foi a decisão do artista, aos 25 anos de idade. Desde então, e até o fim de sua vida, dedicou-se a cumpri-la. Pintou crianças brincando as brincadeiras daqui, trabalhadores do café e da cana, retirantes, caboclos, expressões de religiosidade, fatos históricos. Foi reconhecido como gênio em uma geração repleta de gênios – Villa-lobos, Mário de Andrade, Carlos Drummond de Andrade – que mudaram a maneira do Brasil se expressar.

As mais de 5.000 obras deixadas pelo artista formam um acervo único sobre o Brasil, disperso em coleções em mais de vinte países. Há mais de 20 anos, localizá-las, autenticá-las e registrá-las é a principal atividade do Projeto Portinari.

A Petrobrás se associou ao trabalho. Pioneirismo, criatividade, qualidade e, principalmente, brasilidade, ligam a empresa ao nosso mais importante pintor. Da parceria entre o Projeto Portinari e a Empresa nasceu, em 1997, a exposição de réplicas “O Brasil de Portinari”, que neste momento encontra-se na Fundação Cultural e Filantrópica Léa Pentagna. Além da exposição, as escolas municipais, estaduais e particulares receberam  o projeto Portinari – O bauzinho do Pintor, com a capacitação de professores para o trabalho com os alunos.

A exposição apresenta 20 réplicas de importantes obras do artista, entre elas: “Futebol”, “Denise a cavalo”, “Chorinho”, “A Primeira Missa”, “Os meninos de Brodowski”, etc - quadros que dificilmente poderiam ser apreciados pelo público em geral, pois se encontram em coleções particulares e de acesso restrito.

Esta exposição está sendo realizada através de parcerias entre a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, Secretaria Municipal de Educação, Secretaria Municipal de Assistência Social, Esporte e Lazer e a Fundação Cultural e Filantrópica Léa Pentagna.

Um comentário :

  1. Sem dúvida nenhuma Portinari é um grande artista e sempre será lembrado, é legal ver que ainda existem pessoas que gostam de cultura e não de apenas coisas que não trazem nada de bom para aprender.

    ResponderExcluir

Caso tenha gostado do que encontrou aqui, comente o artigo que acabou de ler.

Passo a passo de como criar uma ONG