As melhores peças para seu carro podem ser encontradas aqui

Http://www.Motordoctor.PT

03 abril 2010

Pedro Veludo Visita Valença

Semana passada, tivemos a honra de receber em nossa cidade, o meu amigo e escritor Pedro Veludo, que fez uma doação para o Projeto Livro Sem fronteiras,  de cerca de 1000 livros. Os livros são de autoria do escritor e foram doados para que sejam distribuídos em eventos do projeto. Na casa do amigo Fernando Monção, relizamos uma reunião para que o escritor conhecesse melhor o Projeto Livro sem Fronteiras e sentimos um grande interesse do autor em voltar à Valença, quando a biblioteca do projeto for inaugurada.


Pedro Veludo gostou muito do nosso município e acompanhado da sua esposa Rosângela, fez um longo passeio por nossa cidade e conheceu alguns pontos turísticos, entre eles o Balneário Ronco D'água e a tão falada Serra dos Mascates; prometendo voltar, para visitar os lugares que não teve oportunidade de conhecer agora. Na despedida tivemos mais uma longa conversa, num dos restaurantes mais aconchegantes de Valença. Agora o que nos restou foi a saudade do velho amigo, de tantas lutas nos idos dos anos 70 e o sentimento de que em breve nos veremos de novo.

3 comentários :

  1. Victor, muito legal.Gostamos muito, eu e Rô. Mais ainda de estar com vcs. Mas não demorará muito a nos vermops de novo.
    Grande e forte abraço nosso emj todos vcs.

    ResponderExcluir
  2. Tenha uma Alegre Páscoa, querido amigo, com Jesus no seu coração de ouro! Porque Páscoa não é chocolate, como bem mostra o seu lindo post. É Amor! Paz pra todos!
    Beijos!
    ***********

    Enfim, depois de tanto erro passado
    Tantas retaliações, tanto perigo
    Eis que ressurge noutro o velho amigo
    Nunca perdido, sempre reencontrado.

    É bom sentá-lo novamente ao lado
    Com olhos que contêm o olhar antigo
    Sempre comigo um pouco atribulado
    E como sempre singular amigo.

    Um bicho igual a mim, simples e humano
    Sabendo se mover e comover
    E a disfarçar com o meu próprio engano.

    O amigo: um ser que a vida não explica
    Que só se vai ao ver outro nascer
    E o espelho de minha alma multiplica....
    Soneto do Amigo

    Vinicius de Moraes*


    Renata eu e daí?

    ResponderExcluir
  3. Muito legal a atitude do escritor Pedro Veludo, assim o projeto vai em frente e sem fronteiras, muito sucesso é o meu voto.
    Abraços forte

    ResponderExcluir

Caso tenha gostado do que encontrou aqui, comente o artigo que acabou de ler.

Passo a passo de como criar uma ONG