As melhores peças para seu carro podem ser encontradas aqui

Http://www.Motordoctor.PT

30 março 2010

O que Acontece Quando Adolescentes em Abrigos Completam 18 Anos?

Tive uma boa experiência com crianças e adolescentes em situação de risco social, quando trabalhei em um abrigo da Prefeitura do Rio de Janeiro. Bom, mas não eram apenas crianças abandonadas que ficavam no abrigo, tinha até crianças que já tinham assaltado, com envolvimento com o trafico de drogas, e assim por diante. Jovens que não  tinham esse comprometimento, se viam obrigados a partilhar o mesmo espaço com os mais "experientes", digamos assim. Crianças de 6, 7 anos convivendo com jovens de 16, 17 e às vezes até alguns com mais de 18 anos, meninos e meninas, todos juntos sob o mesmo teto. Não acredito nesse tipo de abrigo, não trás benefícios para ninguém, na verdade não recuperam, apenas influenciam negativamente os mais novos. Muitos governos mantém esse tipo de projeto social por estar dentro da lei, que exige que se tenham abrigos de qualquer forma, independente do jeito que eles são administrados. Pura e simples estatística, para futuras eleições.

fonte da imagem: www.diarioinsano.com.br

Da Equipe do Portal Pró-Menino:
A adolescência é uma fase da vida bastante delicada pra todo mundo. Se isso é verdade para adolescentes que moram com suas famílias imagine aqueles que moram em abrigos.  Para estes, existe um desafio especial: a obrigatoriedade de se desligarem da instituição ao completar 18 anos. É que o “abrigo” ou “acolhimento institucional”, como passou a ser chamada no ano passado, é uma medida protetiva prevista no Estatuto da Criança e do Adolescente e que não deve valer para os maiores de 18. Leia mais...

3 comentários :

  1. Muito complicado misturar infancia com adolescencia, especialmente em situações criticas. Já não sou muito adepta de misturar filhos pequenos com maiores, só aprendem bobagens, imagine só quando são os que vivem à margem da lei...

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente com você, meu caro Victor. Esses abrigos para menores não resolvem em nada, ou seja, funciona na maioria das vezes como uma resposta de alguns Gestores mal assessorados que desejam mostrar cerviços, porém sem a preocupação na eficácia da questão.
    Para mim um bom projeto social para menores em situação risco, tem que envolver principalmente a família, abastados, ou não é sem duvida a raiz do “conflito”.

    ResponderExcluir
  3. É muito complicado mesmo misturar crianças menores com adolescentes mais velhos, porque querendo ou não, criança é um ser influenciável. Os maiores podem acabar manipulando de alguma forma os menores. Só que é difícil resolver uma situação assim, porque envolve muitos fatores, além de mexer com o psicológico do envolvidos !

    ResponderExcluir

Caso tenha gostado do que encontrou aqui, comente o artigo que acabou de ler.

Passo a passo de como criar uma ONG