As melhores peças para seu carro podem ser encontradas aqui

Http://www.Motordoctor.PT

17 agosto 2009

Blog do Bem Fazer

Blog do Bem Fazer publica matéria sobre o trabalho social de Victor S. Gomez.

Eu participo! – Uma história de conquistas

By diadobemfazer

“Comecei meu trabalho no Terceiro Setor como Educador social, para a Prefeitura do Rio de Janeiro, como terceirizado, em abrigo para crianças e adolescentes em situação de risco social. Além de atendermos crianças de comunidades carentes e crianças que viviam na rua, recebíamos também crianças e adolescentes de 2ª vara (tempos atrás chamados de menor infrator). É um trabalho muito difícil, pois as condições são precárias, e o educador fica entregue a própria sorte.

Trabalhei também com um projeto do Comunidade Solidária (Projeto do Governo Federal), ai já era uma coisa particular, éramos um grupo de 6 pessoas que queríamos fazer algo e resolvemos por a mão na massa. O projeto atendia jovens de Paciência e jovens de uma instituição de recuperação de drogados. O trabalho consistia de curso de horticultura, minhocultura, alem de passeios culturais, visitas a museus, hortos, etc. Leia o restante da matéria no Blog do Bem Fazer.

5 comentários :

  1. Parabéns Victor. Seu trabalho é muito digno de receber estas homenagens.

    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Amigo, deixei o comentário lá assim:

    Eu fiquei muito feliz em ler esta matéria, porque tenho enorme admiração e prazer de acompanhar (via blogs) o trabalho do Victor. Quando vejo essas coisas eu me questiono muito. Creio que existam pessoas que se superam e existam para mostrar aos demais que tudo é possível.


    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Aê Victor.

    Tem indicação de selo lá no Woodstock, da uma passada por lá.

    Abraço

    ResponderExcluir
  4. Excelente trabalho ,parabéns um exemlpo para muitos a paz!

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pelo belo trabalho!

    Lembrei-me de palavras de Darci Ribeiro:
    Sou um homem de causas. Vivi sempre pregando, lutando, como um cruzado, pelas causas que comovem. Elas são muitas, demais: a salvação dos índios, a escolarização das crianças, a reforma agrária, o socialismo em liberdade, a universidade necessária. Na verdade, somei mais fracassos que vitórias em minhas lutas, mas isso não importa. Horrível seria ter ficado ao lado dos que venceram nessas batalhas.
    Darcy Ribeiro

    ResponderExcluir

Caso tenha gostado do que encontrou aqui, comente o artigo que acabou de ler.

Passo a passo de como criar uma ONG