As melhores peças para seu carro podem ser encontradas aqui

Http://www.Motordoctor.PT

19 julho 2009

Projeto Livro Sem Fronteiras

Um projeto que surge em Valença, visando desenvolver o incentivo a leitura, não poderia deixar de ser divulgado aqui. Espero que gostem e que esse projeto seja replicado em outros municípios. Sempre acreditei que a educação e a cultura, são os pilares de uma sociedade mais forte e cônscia de seus deveres e direitos.

O Projeto “Livro Sem Fronteiras”, com o propósito de tornar Valença a Cidade da Leitura, vem sendo viabilizado no município. De acordo com o projeto piloto, o “Livro Sem Fronteiras” será desenvolvido na Praça XV de Novembro (Jardim de Baixo), visando se estender para todas as praças do Município de Valença e, posteriormente, replicar a todos os municípios e localidades do Brasil. Em sua explanação, o idealizador Fernando Monção explicou sobre os objetivos do projeto comentando sua importância no que se refere a: viabilizar o acesso da população de Valença e demais visitantes aos diversos tipos de livros, propiciar o contato do leitor com o mundo dos livros de forma livre e gratuita, estimular a leitura, fomentar a ampliação de novos parceiros, ampliar as doações de livros e tornar a Biblioteca do Projeto Livros Sem Fronteiras um ponto turístico-cultural.

3 comentários :

  1. Oi Victor. Acho esses projetos simplesmente maravilhosos.
    Esta semana tive uma surpresa muito agradável. Em um local economicamente menos afortunado vi uma barbearia (ainda existem!) com uma pequena biblioteca, para uso dos clientes. Encantei com a iniciativa.
    ABÇão.
    MarGGa

    ResponderExcluir
  2. Bela iniciativa, o povo agradece.
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente meu e-mail e senha do blog "Aconteceu Naquela Noite" foram furtados por um Hackear de forma que não tenho mais como acessar minha conta antiga. Estou criando outro com o mesmo nome e conteúdos. Espero que compreendam o acontecido e continuem a me acompanhar. Obs: só quem perde um blog com sabe como isso é ruim afinal, acabamos por ter um certo apego todo especial por esse nosso companheiro das horas de insônia. Abraços a todos. Junia Lemos

    ResponderExcluir

Caso tenha gostado do que encontrou aqui, comente o artigo que acabou de ler.

Passo a passo de como criar uma ONG