As melhores peças para seu carro podem ser encontradas aqui

Http://www.Motordoctor.PT

30 maio 2011

Dor Sem Fronteiras


Fundada em 1996 a ONG Dor Sem Fronteiras (Douleurs sans Frontières), trabalha na gestão da dor.

Ela é formada por médicos franceses, com experiência adquirida em ONGs, como Médicos Sem Fronteiras e outras. Com atividades em Angola, Camboja, Moçambique, a instituição lida com a questão da dor provocada pela guerra, tratando de problemas, como sofrimento moral e psicológico das vítimas, especialmente crianças.

A ONG vem desempenhado um papel fundamental na recuperação de pessoas atingidas por esses males.

O vídeo mostra muito bem a dor causada pela guerra.



fonte do vídeo: douleurs.org

4 comentários :

  1. Uma animação sensível, que parece retratar bem o que deve ser o horror de uma guerra: um ciclo sem fim de agressões físicas e emocionais.

    ResponderExcluir
  2. Vídeo que nos mostra o quanto a guerra pode maltratar-nos.Tanto as guerras civis,tanto a urbana que assolam as ruas de nossas cidades.

    ResponderExcluir
  3. Victor,

    O título logo chamou a minha atenção por dois pontos. Primeiro, porque tenho um blog como o nome Sem Fronteiras e segundo, porque remete-nos as ONG's RSF e MSF quase que imediatamente.

    Bem, a animação sensível e suas palavras ressaltam bem a importância das ONG's Sem Fronteiras para o planeta, principalmente em se tratando na luta pelos direitos dos africanos combalidos fisicamente, devido as atrocidades cometidas pelas guerras civis.

    Levar a bandeira desses voluntários é um gesto nobre.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. A guerra é a maior estupidez do homem, é a total falta de amor, desrespeito e insensibilidade. Sempre são inocentes, civis ou soldados, muitos obrigados a servirem, que servem de escudo para os tiranos almofadinhas.
    O que será que passa na cabecinha de alguém que nem sabe escrever ainda seu nome? Que muitas vezes nem sabe dizer mamãe e papai?
    Isso é um terror.
    A imagem cíclica, demonstra que o pavor, solidão e fim.

    ResponderExcluir

Caso tenha gostado do que encontrou aqui, comente o artigo que acabou de ler.

Passo a passo de como criar uma ONG