As melhores peças para seu carro podem ser encontradas aqui

Http://www.Motordoctor.PT

14 fevereiro 2013

Grupo Garra Suburbana

Em meio aos truculentos anos 70, em plena ditadura do General Ernesto Geisel, alguns adolescentes e jovens da zona norte carioca, formaram o grupo teatral Lagrimas de Cristal e logo depois se uniram ao Grupo Garra Suburbana, ícone da resistência cultural dos anos de intransigência e tortura no subúrbio do Rio de Janeiro.

Movidos por uma necessidade imensa de tentar modificar aquele quadro, através da arte e da cultura, esses jovens criaram um movimento cultural em Marechal Hermes, subúrbio da Central do Brasil e conseguiram a administração do Teatro Armando Gonzaga por 6 meses. Um prédio de linhas modernistas, que acompanha a arquitetura de Oscar Niemeyer.


Durante esse período, nós, integrantes do Grupo Garra Suburbana, promovemos vários eventos, shows, espetáculos teatrais e exposições de artistas plásticos e poetas.

O Grupo era eclético, vários segmentos estavam envolvidos com o grupo. Nosso principal trabalho foi a montagem da peça teatral "O Homem Que Não Dorme A trinta Anos Com Medo de Ser Assaltado", peça de criação coletiva, com direção de Marcos Borges.

Em meio a violência que reinava solta naquela período, não ficamos invisíveis a censura. A peça foi censurada em todas as alíneas, nem o título passou, mesmo assim não esmorecemos, apresentamos o trabalho mesmo censurado. Tivemos casa cheia em Marechal Hermes e no teatro da OAB no centro do Rio, com presença de vários artistas e do critico teatral Macksen Luis. Corremos um serio risco de sermos presos, pois, além disso, alguns integrantes do grupo tiveram ligações com o grupo clandestino Vanguarda Armada Revolucionária Palmares (Var-Palmares).

O trabalho foi muito aplaudido pela classe teatral, que assistiu ao espetáculo, mas não seguiu adiante pelos motivos mencionados. Marcou uma época, época de sonhos e lutas pela liberdade de um povo. Foi uma inovação a linguagem teatral criada pelo Grupo Garra Suburbana e por outros grupos que atuavam pelo subúrbio nos anos 70, entre eles o excelente Grupo Sacos e Canudos de Caxias, na Baixada Fluminense. O famoso teatro Besteirol, usado nos anos 80 pelo Grupo Asdrubal Trouxe o Trombone, tem um pouco de influencia do trabalho criado pelos grupos de teatro do subúrbio carioca.



Vale a pena lutar pelo que se acredita, mesmo que seja difícil e que vários empecilhos obstruam o caminho. Temos certeza que nosso trabalho não foi em vão e que ajudamos, na medida em que pudemos, com as transformações sociais que ocorreram naqueles anos.
Victor S. Gomez

Qualquer pessoa que se achar atingida, encontrar erros, quiser modificar esse texto ou acrescentar algo, entre em contato comigo.

Email: victorsgomez@gmail.com

9 comentários :

  1. Oi, Victor:
    Admiro as pessoas que lutam por um ideal e pela liberdade de expressão. Com certeza o trabalho de vocês não foi em vão. A censura é impiedosa e, muitas vezes (a maioria das vezes), sem noção. Mas a mensagem deixada permaneceu. Adorei o post que descreve um trecho da história do País (e registrado com fotografias! Adoro fotos).

    ResponderExcluir
  2. Oi Vitor,

    Muito obrigada por compartilhar conosco a sua história e dentro dela a nossa história.

    Deve ter sido incrível viver essa experiência.

    bjs,
    Iêda

    ResponderExcluir
  3. Nesta época natalicia, desejo um Feliz Natal recheado de momentos bons e inesqueciveis na companhia dos que mais ama. Que a alegria e a esperança se espalhe e se concretizem no coração de cada um de nós.

    http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    muito bacana a sua experiência. Parabéns pelo blog, tá bem bacana.
    Voltarei com mais tempo para viajar por estas páginas.
    []ão.

    Big Clash
    Sucesso

    ResponderExcluir
  5. Caro Victor,
    obrigado pela visita, o fuxucamarimbondo é um blog onde alimento referências músicais, é o meu modo de preservar origens, uma viagem no tempo. De vez em quando encontro pelo caminho companheiros que Têm as mesmas afinidades, etc.
    Lá sou o "Big Clash", mas no mundo real sou educador e gostaria de convidá-lo para conhecer o "CIBERHISTORIA", minha outra cria virtual.
    Segue link abaixo.
    []s.

    http://cyberhistoria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Olá Victor,
    Já postei seu pedido.
    []ão.

    ResponderExcluir
  7. Uma manifestação em prol de um tipo de liberdade nunca tem um fim do qual fica vazio ...Sempre há um reconhecimento futuro em uma certa movimentação .
    um dia vem a sensação de que o que foi feito realmente teve uma repercussão!!de fato no momento há muita divisão e forças contrarias para perceber as modificações em andamento.
    ATÉ HOJE A'' LIBERDADE'' AINDA FICA EM QUESTÃO ...MAS MUITO FOI EVOLUÍDO E É CLARO QUE SEU DEDO FEZ PARTE NESSAS ALTERAÇÕES
    OBRIGADA
    ABRAÇOS
    FABIANA BUONO

    ResponderExcluir
  8. Salve Victor, aqui é Semog. Boas recordações do Garra. Entre em contato . Abs.

    ResponderExcluir

Caso tenha gostado do que encontrou aqui, comente o artigo que acabou de ler.

Passo a passo de como criar uma ONG