As melhores peças para seu carro podem ser encontradas aqui

Http://www.Motordoctor.PT

21 dezembro 2008

Escolas Literárias

Esse post é uma parceria com o Projeto Livros Para Todos. Quer saber mais, visite: www.livrosparatodos.net

Cubismo

Em 1907, o pintor Pablo Picasso surpreendeu o mundo artístico com a tela Les Demoiselles d’ Avignon. Diante do espanto causado pelo diferente que havia nela, Picasso disse aos interessados: “Eu não pinto a Natureza como ela é, mas como eu a vejo”. Estava lançado o movimento cubista, cuja proposta era talhar um objeto em facetas, em pedaços geométricos, como se um pintor decompusesse uma maçã em fatias desenhadas geometricamente e as colasse em uma tela.

Na Literatura, o Cubismo manifestou-se da seguinte forma:

* Texto antidiscursivo (fora dos padrões das frases tradicionais);

* Ausência de métrica no poema e de pontuação em qualquer texto;

* Livre associação, fragmentação de imagens;

* Simultaneidade de imagens, cinematografia;

* Texto muitas vezes desenhado na página, visualizando o objeto tematizado;

* Destaque para a anedota e a sátira;

* Como exemplo de texto cubista, há, a seguir, um poema do revolucionário modernista brasileiro Oswald de Andrade.

BENGALÓ

Bicos elásticos sob o jérsei

um maxixe escorrega dos dedos

de Gilberta

janelas

sotas e ases desertam o céu das estrelas de rodagem

o piano vox-trota

domingaliza

um galo canta no território do terreiro

a campainha telefona

cretones

o cinema dos negócios

planos de comprar um forde

um piano fox-trota

janelas

bondes

Esse mesmo texto de Oswald de Andrade, em linguagem discursiva (tradicional), poderia ficar assim:

- Em Bengaló, imagens fragmentadas, díspares e planos visuais se misturam: é um fim de festa. Quando cessa o jogo do baralho, damas e cavalheiros abandonam a casa como as estrelas abandonam o céu. O ambiente respira ar de domingo, um galo canta no seu território, o telefone toca e alguém aperta a campainha. A cama é coberta com cretone, os negócios se sucedem velozes e Gilberta, ao piano, toca um maxixe. Da janela, vêem-se bondes.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Caso tenha gostado do que encontrou aqui, comente o artigo que acabou de ler.

Passo a passo de como criar uma ONG