As melhores peças para seu carro podem ser encontradas aqui

Http://www.Motordoctor.PT

30 agosto 2008

Projetos sociais: Modelo de estatuto para quem quer montar uma ONG. Parte 5

Como falei anteriormente, esse modelo de foi tirado do estatuto do Centro Cultural Criança Cidadã (CECI), Podendo ser feitas quaisquer modificações.

Se a ONG pleiteia conseguir a qualificação de OSCIP Organização da Sociedade Civil de interesse Público, nenhum diretor poderá ser remunerado. Caso isso aconteça a instituição perderá todas as isenções a que tem direito.


CAPITULO V
DOS ÓRGÃOS DE DIREÇÃO E ADMINISTRAÇÃO

Art. 19 - Compete ao Diretor Executivo:

I - Representar o NOME DA SUA ONG ativa ou passivamente, em juízo ou fora dele, constituído quando necessário;

II - Convocar as reuniões das assembléias;

III - Presidir ou encerrar reuniões da diretoria e exercer o desempate;

IV - Supervisionar e executar, todos os projetos e programas que o NOME DA SUA ONG estiver envolvido;

V - Contratar e eleger juntamente com a diretoria, os coordenadores dos programas a serem desenvolvidos pela entidade;

VI - Representar o NOME DA SUA ONG em reuniões, solenidades e outras atividades da entidade;

VII - Assinar cheques, balanços, todos os documentos, correspondências e recibos ;

Art. 20 - Compete ao Secretário:

I - Elaborar atas;

II - Participar de todas as reuniões;

III - Assinar todos os cheques juntamente com o Diretor Executivo.

Art. 21 - Compete ao Tesoureiro:

I - Ter sobre sua responsabilidade além da escrita da organização, todos os valores pecuniários ou não;

II - Substituir o Diretor Executivo, quando este, impedido for, por algum motivo, juntamente com o secretário;

III - Assinar todos os cheques juntamente com o Diretor Executivo.

IV - Prestar contas dos balancetes mensais na reunião da diretoria.

Art. 22 – Compete ao Diretor Comunitário

I - Estar junto à comunidade e seus problemas, trazendo para o NOME DA SUA ONG soluções que possam ser adequadas às necessidades;

II - Realizar projetos que abranjam a comunidade;

III - Estar em constante contato com a comunidade;

IV - Realizar reuniões com lideranças comunitárias.

Art. 23 – Compete ao Diretor Cultural

I - Organizar oficinas de arte, teatro e dança;

II - Manter contatos com grupos de artes;

III - Elaborar projetos

Art. 24 - Compete ao Diretor de Informática:

I - Avaliar projetos de informática;

II - Realizar cursos de informática;

III - Capacitar os jovens para que se tornem futuros instrutores.

Art 25 - Compete ao Diretor de Eventos:

I - Organizar todos os eventos do NOME DA SUA ONG;

II - Criar parcerias para futuros eventos;

III - Divulgar o nome do NOME DA SUA ONG.

Art. 26- Compete ao Diretor de Meio Ambiente:

I - Elaborar projetos;

II - Criar parcerias com instituições ligadas ao meio ambiente.

Art. 27 - Os Diretores não serão remunerados.

Art. 28 – Compete aos Coordenadores:

I - Compete aos coordenadores desenvolver os programas, no qual estão ligados;

II - Manter reuniões periódicas com o Diretor Executivo e a Diretoria;

III - Estar ligado diretamente às oficinas dos projetos, junto aos educadores e alunos.

.Art. 29- Os Coordenadores, Educadores e Instrutores poderão ser remunerados por projetos, respeitando os valores praticados pelo mercado na região onde exercem suas atividades.

Continua...

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Caso tenha gostado do que encontrou aqui, comente o artigo que acabou de ler.

Passo a passo de como criar uma ONG