As melhores peças para seu carro podem ser encontradas aqui

Http://www.Motordoctor.PT

23 maio 2017

Área de Preservação Ambiental (APA)

Trote Ecológico realizado por ambientalistas em parceria com a FAA.

Trabalho realizado por ambientalistas em 2009 , com o intuito de florestar e preservar toda a Serra dos Mascates. Com palestras nas escolas do município, caminhadas ecológicas, eventos direcionados ao meio ambiente, trilhas ecológicas, plantio com alunos e outras tantas atividades, pretendemos despertar a conscientização e a proteção da Serra dos Mascates, um patrimônio cultural e turístico de todos os Valencianos.

Abaixo matéria publicada em 2009, no site da Subsecretaria de Comunicação Social do Rio de Janeiro, mostra que a preservação é a melhor forma de de preservar o meio ambiente.

"Um trabalho para avaliar a possibilidade de se criar uma Unidade de Conservação na Serra dos Mascates, no município de Valença, começou a ser feito por uma equipe do Programa de Apoio à Criação de Unidade de Conservação Municipal (ProUC), da Superintendência de Biodiversidade da Secretaria do Ambiente. O projeto está sendo realizado numa parceria com a Associação Estadual de Municípios do Estado do Rio de Janeiro (Aemerj).

A visita ao município, na última terça-feira (14/07/2009), foi feita a convite do prefeito de Valença na época. De acordo com a avaliação preliminar dos técnicos do ProUC/Secretaria do Ambiente, a Serra dos Mascates comporta um parque e, no entorno, uma grande Área de Proteção Ambiental (APA), que se estenderia até o Parque Estadual da Serra da Concórdia, unindo vários fragmentos florestais num grande corredor ecológico, fortalecendo a gestão, na região, da Secretaria do Ambiente e do seu órgão vinculado, o Inea." 

Pena que nada foi feito até agora para tornar esse projeto uma realidade.

09 maio 2017

Captação de Recursos na Área Cultural

Uma nova oportunidade na Captação de Recursos.

Conheça as novidades da Instrução Normativa do MINC, de 20 de março de 2017, que altera diversos aspectos da Lei Rouanet. O objetivo é democratizar o acesso à Cultura fora dos grandes centros, em cidades do Norte, Nordeste e Centro Oeste, assim como a possibilidade de captar até 10% antes da aprovação do projeto.

Carga Horária: 8 horas
Dia 12/05/2017
Das 9h às 18h
São Paulo - SP

02 maio 2017

Magnólia no Quintal da Fundação Lea Pentagna

Texto: Gilberto Monteiro Presidente da Fundação Lea Pentagna.

O quintal da Casa Lea Pentagna a todos fascina. Lá estão árvores, algumas centenárias, misturadas a arbustos e flores. Seus caminhos, em terra batida e cercados de verde, são PROZAC a custo zero.

Uma das árvores é a Magnólia. Do gênero Magnólia, produz flores simples e brancas, de vinte a vinte e dois centímetros de diâmetro, de perfume suave. É originária de regiões temperadas do Hemisfério Norte. 


Normalmente eram plantadas em casas pertencentes a pessoas de recursos. Aqui em Valença elas existiam no estacionamento do Venturão e no Colégio Estadual Theodorico Fonseca (antigo Palácio do Visconde do Rio Preto). As da Casa Lea são três: duas antiqüíssimas e uma novinha, produto do esforçado cultivo do Conselheiro Luiz Francisco Moniz.

São árvores pertencentes a mesma família da tulipa e do anis- estrelado, este usado em gastronomia.


Informações:
Rua Vito Pentagna, 213
Valença (Rio de Janeiro)
Tel: 024 2453-4178
E-mail: lea.pentagna@uol.com.br

Curta a página da Fundação Lea Pentagna
Compartilhe!

Visite nosso site:
http://www.casaleapentagna.org.br/

Passo a passo de como criar uma ONG